Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal.

Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika de Fernandez conheceu o homem que se viria a tornar o seu marido. Em apenas duas horas, Peter Reyn-Bardt pediu que esta se casasse com ele e a resposta foi positiva. Em quatro dias, o casal casou-se.

Poucos meses depois, o casamento acabou e Malika voltou a viajar pelo mundo. Já Reyn-Bardt permaneceu na sua casa em Cheshire, em Inglaterra.

Dois anos depois da separação, Malika desapareceu completamente e Reyn-Bardt tornou-se o principal suspeito.

Apesar das buscas na sua propriedade – que incluíram investigações no seu jardim – a polícia não conseguiu encontrar nenhuma evidência do corpo de Malika.

Assim, o caso permaneceu sem pistas durante duas décadas, altura em que um acontecimento fez com que o mistério tivesse uma estranha reviravolta: foram encontrados restos mortais dentro de um pântano perto da casa de Reyn-Bardt.

Perante o sucedido, a falta de conhecimento de Reyn-Bardt sobre turfeiras pode ter determinado a sua condenação pelo assassinato da sua ex-mulher.

Segundo o IFL Science, a turfa é criada através da decomposição de matéria orgânica, principalmente de materiais vegetais, como o musgo.

Quando o musgo esfagno, em particular, se acumula o suficiente para formar um pântano, as camadas de turfa formam ácidos que são muito bons na preservação de corpos.

Se Reyn-Bardt soubesse disso, talvez não tivesse confessado que matou a esposa quando os restos mortais foram encontrados.

Depois da cabeça de uma desconhecida ser encontrada no pântano, as autoridades forenses inicialmente acreditaram que a mulher teria entre 30 e 50 anos e, como tal, confrontaram Reyn-Bardt com as evidências, acreditando que estavam relacionadas com o desaparecimento de Malika.

Perante as evidências, Reyn-Bardt acabou por assumir que matou a ex-mulher. “Já passou tanto tempo que pensei que nunca seria descoberto”, disse à polícia durante o interrogatório.

O homem acabou por revelar que durante uma discussão com Malika, acabou por se enervar e matou-a. “Algo ferveu dentro de mim”, referiu Reyn-Bardt, que contou que quando percebeu que tinha morto a ex-mulher ficou “apavorado” e não conseguiu pensar com clareza, sendo que a única coisa que lhe veio à cabeça foi esconder o corpo.

Reyn-Bardt assumiu que desmembrou o corpo com um machado, antes de tentar queimá-la, mas como não conseguiu, levou os restos mortais para o pântano.

O caso parecia estar encerrado, mas o investigador principal, o detetive George Abbott, estava intrigado com um detalhe: se esta era a cabeça de Malika, onde estavam os outros restos mortais? Em dúvida, o investigador enviou o crânio para uma análise mais aprofundada na Universidade de Oxford, e foi aí que se descobriu que este datava da época dos romanos.

“O crânio foi preservado nas turfeiras durante mais de 16 séculos e obviamente não tem nada a ver com Malika Reyn-Bardt”, referiu o promotor Martin Thomas ao tribunal. “Porém, a ironia é esta: a sua descoberta levou diretamente à prisão do réu e à sua confissão detalhada”, acrescentou.

Quando Reyn-Bardt soube da verdadeira história por trás do crânio encontrado, tentou retirar a sua confissão, mas foi tarde demais.

Até hoje, o corpo de Malika de Fernandez ainda não foi encontrado.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Netanyahu não conseguiu formar Governo em Israel. Segue-se Lapid

Esta quarta-feira, Reuven Rivlin, Presidente de Israel, chamou Yair Lapid, líder do partido Yesh Atid, para lhe entregar a responsabilidade de formar um Governo que consiga o apoio do Knesset (Parlamento). O partido de Yair Lapid, …

Almofada de prevenção contra a pandemia. Câmara de Lisboa quer pedir 20 milhões à banca

A Câmara Municipal de Lisboa quer contrair um empréstimo de 20 milhões de euros junto do BPI, uma almofada de prevenção para fazer face às despesas correntes emergentes do combate à pandemia de covid-19. O Público …

Resort Zmar

BES, falência e um fundo abutre. Resort Zmar "deve 60 milhões de euros ao Estado"

Os proprietários das casas privadas do empreendimento turístico Zmar, na Zambujeira do Mar, em Odemira, continuam a protestar contra o alojamento de imigrantes por causa da covid-19. Isto numa altura em que se revela que …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Deputado do Bloco acusado de violência doméstica avança com queixa em tribunal

Catarina Alves, ex-namorada do deputado Luís Monteiro, acusa-o de violência doméstica. O bloquista nega as acusações e diz que vai apresentar queixa no tribunal. Luís Monteiro vai apresentar queixa contra a ex-namorada que o acusou de …

Gestão do Novo Banco vai receber bónus de 3,9 milhões em 2022

A equipa de administração do Novo Banco tem à sua espera um bónus de 3,9 milhões de euros no próximo ano. O banco registou prejuízos de 1.329 milhões de euros no ano passado. O Novo Banco …

Ainda não há planos para vacinar voluntários com AstraZeneca e J&J (nem dados sobre combinação de vacinas)

A vacinação de voluntários com menos de 60 ou 50 anos que aceitem receber as vacinas da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson ainda não tem planos ou datas para arrancar. A Comissão de vacinação …

Celebrar ou cancelar Napoleão? 200.º aniversário da morte do imperador desperta debate em França

No 200.º aniversário da morte de Napoleão Bonaparte, o presidente francês Emmanuel Macron optou por fazer o que os seus antecessores evitaram. Ao escolher colocar uma coroa de flores esta quarta-feira no túmulo de Napoleão sob …

Costa começa a namorar a esquerda. Negociações do Orçamento arrancam em julho

O Governo está a preparar-se para arrancar com as reuniões preliminares de negociação do Orçamento do Estado para 2022. O Público avança, esta quinta-feira, que os encontros formais vão ser realizados com os partidos de esquerda …

O orgulho, os milhões da Champions e (talvez) um título estão em jogo neste Clássico

O FC Porto não desiste da corrida pelo título, mas o segundo lugar é a principal luta deste Clássico. A posição dá acesso direto à Liga dos Campeões. Benfica e FC Porto defrontam-se hoje na Luz, …