Trump soma nova derrota na decisão de acabar com transexuais nas Forças Armadas

Chip Somodevilla / EPA

O presidente dos EUA, Donald Trump

A decisão do Presidente norte-americano de acabar com a presença de transexuais nas Forças Armadas sofreu um novo revés na terça-feira depois de, pela segunda vez, um juiz decidir contra a aplicação da normativa proposta pelo Pentágono.

Um juiz do Estado de Maryland, Marvin Garbis, bloqueou a aplicação daquelas normas, estimando que estão a ter “consequências dolorosas” em alguns militares.

No passado mês de agosto, Donald Trump anunciou a elaboração de uma nova normativa com o objetivo de impedir a presença de transexuais nas Forças Armadas, que deveria entrar em vigor no início de 2018.

Para gerir a situação até à entrada da nova diretiva, Trump encarregou o secretário da Defesa, James Mattis, de adotar regras provisórias, que estão a ser aplicadas desde setembro.

Estas regras determinam a suspensão do recrutamento de transexuais e proíbem as operações de mudanças de sexo, a partir de 22 de março de 2018, com a exceção de serem “necessárias” para a saúde do indivíduo.

São precisamente estes os pontos que o juiz critica, ao considerar que aprofundam “o estigma de serem inerentemente inapropriados” que pesa sobre estes militares e que ameaçam a sua colocação em alguns “destinos a longo prazo”.

A decisão do magistrado do Maryland é a segunda derrota judicial de Trump depois de, em final de outubro, uma juíza federal do Distrito de Columbia ter bloqueado parte da normativa por a considerar inconstitucional.

O número de transexuais que servem nas Forças Armadas norte-americanas oscilava em 2016 entre 1.300 e 6.600 de um total de 1,3 milhões de militares, segundo um levantamento encomendado pelo Pentágono.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A equipa ZAP devia ter vergonha da sua falta de respeito permanente perante a imagem de um presidente de uma nação estrangeira eleito sob um regime democrático! Gostam de escolher fotos depreciativas? Gostam de fazer justiça pelas próprias mãos… em desrespeito pelos valores democráticos? Gostam de mostrar nessas atitudes que são piores que aqueles que procuram vexar? … Que vergonha! … Há mesmo quem não saiba usar as liberdades conquistadas e defendidas pelos demais… Que pequenez!
    Tenham lá a coragem de publicar este comentário!

    • Caro leitor,
      O ZAP publicou até agora 647 notícias sobre Donald Trump, ilustradas por 147 fotografias diferentes.
      Esta notícia foi ilustrada com uma das fotos que usamos ocasionalmente. É uma foto, não é um quadro nem uma caricatura, nem passou pelo Photoshop, nem foi o ZAP que instruiu Donald Trump a fazer esta pose para a fotografia.
      Além disso, é efectivamente incontornável que o presidente Donald Trump deu origem a nada menos que 647 notícias. Como meio de comunicação cuja actividade é publicar notícias, estamos muito felizes com a eleição do presidente Trump. Se Hillary Clinton tivesse sido eleita, provavelmente teríamos dado muito menos notícias sobre o que teria feito ou dito nos últimos meses.
      Portanto, entenda por favor que não é o ZAP que pede ao presidente Trump que diga as coisas que diz, e que faça as coisas que faz. Apenas nos limitamos a relatá-las.
      Assim, pedimos-lhe que não dispare
      sobre o mensageiro.
      Até porque há quem ache precisamente que a recente moda de estar constantemente a disparar sobre o mensageiro não é próprio de um regime democrático, é fazer “justiça” com as próprias mãos, é um desrespeito pelos valores democráticos, e é a verdadeira ameaça às liberdades conquistadas e defendidas pelos demais.

      • De facto eu tenho visto a ZAP publicar quase todas as semanas notícias em que É referido Donald Trump… e o que eu noto, é que as fotos são com muitíssima frequência, desfavoráveis. É certo e sabido que qualquer jornalista consegue apanhar um político a espirrar, bocejar, ou noutra pose caricata… é certo também que as fotos caricatas chamam mais à atenção… o que já não é certo é que de milhares de fotos que existem da pessoa se escolham sempre fotos caricatas…

        Nada disse sobre as notícias, ou o seu teor… mas nisso também notei uma tendência para o negativo ao invés do positivo… uma tendência para a não neutralidade perante factos…

        Enfim… a minha opinião está expressa… se em consciência se se considerarem isentos e neutros e que a minha opinião é a abusiva… então sou eu a pedir desculpa…

  2. Pesquise:
    Project Veritas
    Anon Q, MegaAnon

    Veja o porquê de tanta azia dos “anti-Trump”. O ódio que existe por parte de certas pessoas é desconcertante!Há que agradecer aos media por manipularem muito bem a opinião pública, aqueles que não sabem pensar por si próprios.
    Há muito “fumo e espelhos” para mascarar a realidade das coisas.

    Drain the Swamp!

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …