“Devem ter cuidado”. Trump acusa Google de só mostrar notícias de esquerda

Gage Skidmore / Flickr

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

O Presidente norte-americano advertiu a gigante tecnológica Google e as redes sociais Twitter e Facebook para o que ele ser considera uma falta de imparcialidade, sugerindo-lhes que “devem ter cuidado”.

Google, Twitter e Facebook navegam realmente em águas muito agitadas e devem ter cuidado”, declarou o Presidente a partir da Sala Oval. “É injusto para uma grande parte da população. Vocês não podem fazer isso às pessoas, não podem!”, repetiu Donald Trump, depois de um encontro com o presidente da FIFA, Gianni Infantino.

“Nós recebemos milhares e milhares de queixas“, disse ainda o chefe de Estado norte-americano, sem fornecer mais pormenores.

Na madrugada desta quarta-feira, o 45.º Presidente dos EUA começou a atacar violentamente a Google, escrevendo na sua conta do Twitter que os resultados do motor de busca eram “fraudulentos”.

“Os resultados para ‘Trump News’ mostram apenas pontos de vista/notícias dos media que fazem ‘fake news’. Noutras palavras, eles têm aquilo manipulado, contra mim e contra outros, para que quase todas as histórias e notícias sejam más. A falsa CNN é proeminente. Os media republicanos/conservadores e justos são silenciados. Ilegal?”.

“96% dos resultados para ‘Trump News’ são dos media nacionais de esquerda, isto é muito perigoso. A Google e outras estão a suprimir vozes conservadoras e a esconder informação e notícias que são boas. Eles estão a controlar o que podemos e o que não podemos ver. Esta é uma situação muito séria – que será endereçada”, garantiu.

O principal assessor económico de Trump, Larry Kudlow, já antecipou que o Governo está a analisar se as buscas da gigante norte-americana “devem ser reguladas”, sem oferecer mais detalhes sobre o assunto.

Entretanto, as acusações do Presidente dos EUA já foram firmemente desmentidas pela Google, que rejeitou qualquer “manipulação política”.

“As buscas não são usadas para marcar uma agenda política e não damos preferência a nenhuma ideologia política, e nunca ordenamos os resultados de buscas para manipular opiniões políticas”, afirmou a empresa em comunicado.

A empresa, com sede em Mountain View, na Califórnia, destaca ainda que “todos os anos” realiza “centenas de melhorias” nos seus algoritmos para garantir que estes “revelam conteúdo de alta qualidade em resposta às solicitações dos utilizadores”.

ZAP // Lusa / EFE

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este tipo está paranóico! Já se sabia que ela era da extrema-direita, capitalista até à medula, mas os últimos acontecimentos vindos dele, quer escritos, quer orais, são de uma pessoa que se encontra num estado neurológico incompatível com o cargo que desempenha. Infelizmente existem muitos como ele que o apoiam…

      • Tem mesmo. Não disse mentira nenhuma.
        Agora aprenderam esta, já não se pode ter pensamento crítico, se não se está de acordo com a esquerda, é-se logo rotulado de extrema direita… que palhaçada descomunal!
        Só não vê quem não quer.

RESPONDER

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …

Antes da invasão ao Capitólio, Bannon ajudou a planear estratégia para "matar a presidência de Biden no berço"

O estrategista-chefe da campanha de Donald Trump, Steve Bannon, revelou que falou com o ex-Presidente antes da invasão ao Capitólio, a 06 de janeiro, discutindo as condições para "matar a presidência de [Joe] Biden no …