Três mil pessoas nas Bahamas evacuam casas por causa de furacão Dorian

Dan Anderson / EPA

O Governo das Bahamas pediu neste sábado a centenas de pessoas para evacuarem as suas casas, nas zonas baixas das ilhas, disponibilizando abrigos, quando o furacão Dorian se aproxima como tempestade de categoria 4 (numa escala de 5).

As autoridades das Bahamas dizem que duas a três mil pessoas que vivem em pequenas enseadas nas ilhas devem evacuar as suas casas e pedem a sua saída rápida, para não colocarem em risco as suas vidas e as das equipas de resgate.

O furacão aproxima-se hoje das Bahamas, na América Central, numa rota que se deverá encaminhar para o estado da Florida, na costa leste dos Estados Unidos, onde deverá chegar no domingo, onde o Centro Nacional de Furacões dos EUA a descreve como “extremamente perigoso”.

O furacão “pode ter resultados desastrosos para as ilhas”, disse Kwasi Thompson, ministro de Estado das Bahamas. O Governo está a montar abrigos, em igrejas e escolas, que estão a ser abertos ao longo do dia.

No início deste sábado, o Dorian estava localizado a cerca de 600 quilómetros a leste das Bahamas, com ventos que atingem os 230 quilómetros por hora.

Supermercados e postos de gasolina estiveram lotados, nas últimas horas, enquanto a população se abastecia de água e comida enlatada, deixando prateleiras vazias em vários estabelecimentos.

Filas longas saíam de alguns postos de gasolina e supermercados em Grand Bahama na sexta-feira, quando as pessoas estocavam água e comida enlatada, levando a prateleiras vazias em alguns locais.

Cassandra Hepburn, uma moradora, disse que todos estavam a correr para fazer os preparativos finais. “Nunca estamos verdadeiramente preparados para um furacão”, disse Cassandra Hepburn.

Stephen Russell, diretor da Agência Nacional de Emergências das ilhas, recordou que os furacões de categoria 4 atingiram as Bahamas em três anos consecutivos recentes: Joaquin em 2015, Matthew em 2016 e Irma em 2017, causando danos estimados em cerca de 60 milhões de euros.

O Estado da Geórgia declarou esta sexta-feira o estado de emergência para uma parte do seu território devido ao furacão Dorian.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, cancelou a sua visita à Polónia, devido ao furacão Dorian. O Presidente admitiu que a força do furacão possa obrigar a evacuar localidades no sudeste do país.

“Tudo indica que será um monstro absoluto. Estamos prontos. Temos os melhores profissionais do mundo a postos, e eles vão ajudar-nos. Já estamos a enviar alimentos e água, mas é possível que a população venha a ser evacuada. Vamos ver o que acontece. Estamos à espera”, declarou.

E sublinhou: “É praticamente certo que vai atingir o centro, o que não é bom. Os ventos estão a ganhar força a um ritmo avassalador, parece que vamos ter ventos extremamente fortes”.

“Estamos prontos, e esperamos que a sorte nos proteja, mas tudo indica que está a evoluir em sentido único desta vez, e tudo indica que vai ser muito mau e gigantesco”, acrescentou Donald Trump.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Erro clínico. Centenas de hóspedes em quarentena em hotel da Austrália vão ter de fazer teste ao VIH

Centenas de pessoas que estiveram em quarentena no hotel Victoria, na Austrália, vão ter de fazer o teste de doenças transmitidas pelo sangue, incluindo VIH, devido a um erro dos profissionais de saúde daquele local …

Forças Armadas dos EUA estão a adquirir coletes à prova de bala adaptados para mulheres

As Forças Armadas dos EUA estão a dar grandes passos no que diz respeito à igualdade de género. A instituição está a começar a mudar os seus coletes à prova de bala, de forma a …

Abstenção do PCP no OE2021? É um excelente indicador, diz Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou um “excelente indicador” o PCP ter anunciado a abstenção no Orçamento do Estado de 2021 (OE2021) e resultado de um entendimento “para ter um bom orçamento para o próximo ano”. “É …

Egito abre restaurante com vista de luxo para as pirâmides de Gizé

O Egito inaugurou um novo restaurante com vista panorâmica para as pirâmides. O investimento faz parte de uma tentativa de reavivar o turismo no país. O Egito revelou novas instalações para os visitantes no planalto nas …

Novo recorde. Portugal regista mais 3.669 casos de covid-19

Portugal regista este sábado 3.669 novos casos de infeção com o novo coronavírus, responsável pela covid-19, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 21 mortes relacionadas com a covid-19, segundo …

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …