Treinador do Arsenal quer o regresso de… Wenger

Ronnie Macdonald / Flickr

O antigo treinador do Arsenal, Arsène Wenger.

Mikel Arteta ficaria encantado com a presença do francês no clube de Londres: “Tem havido comunicação”.

Arsène Wenger liderou o Arsenal durante 22 anos. Foi muito tempo como treinador de um clube, um percurso raro no futebol em qualquer país, mas o francês pode voltar em breve ao clube de Londres.

No cargo desde 1996 até 2018, Wenger levou o Arsenal à conquista de três edições da Premier League, sete Taças de Inglaterra e sete Supertaças nacionais. Ficou famosa a sua equipa dos “invencíveis”, entre 2003 e 2004; foi quase um ano e meio sem qualquer derrota na Premier League, um registo único.

Mais de três anos depois de ter deixado o clube, pode voltar em breve. A indicação – e o desejo – partiu do… actual treinador do Arsenal, Mikel Arteta.

“Ficaríamos encantados se ele estivesse próximo de nós. Tem havido comunicação. Falei com ele há poucos dias e foi mesmo muito agradável vê-lo e falar com ele. Espero que o consigamos trazer para cá“, disse o espanhol.

Arteta não divulgou que cargo está à espera de Wenger: “Não posso dizer. O que posso dizer é que eu gostaria de o ter muito mais perto. Porque acho que ele seria uma grande ajuda para o clube. Só o ambiente que ele consegue criar à volta dele, por causa do respeito, da admiração e do amor que todos aqui sentem por ele…”.

“As coisas demoram o seu tempo e ele é que tem de definir os momentos das suas escolhas”, disse Arteta, que enquanto jogador foi liderado por Wenger.

O Arsenal, que nem participa em qualquer competição europeia nesta época, ocupa o quinto lugar na Premier League.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.