Toys’R’Us deixa de vender bonecos do “traficante de Breaking Bad”

change.org

-

A fabricante de brinquedos norte-americana Toys ‘R’ Us anunciou esta quarta-feira que retirou das prateleiras os bonecos da série televisiva “Breaking Bad”, depois de uma reclamação de uma cliente de que a loja vendia produtos relacionados com droga.

“Digamos apenas que as personagens estão de folga, por tempo indeterminado“, anunciou a cadeia de lojas de brinquedos em comunicado, citado pelo Telegraph.

Enorme sucesso da televisão, a premiada série “Breaking Bad” tem como protagonista o professor de química Walter White, interpretado por Bryan Cranston, que deixa o emprego para se tornar traficante de droga.

A rede Toys ‘R’ Us recebeu duras críticas depois de Susan Schrivjer, uma mãe residente em Fort Myers, na Flórida, ter lançado uma petição online que foi assinada por mais de 9.000 pessoas, para que a loja deixasse de vender os brinquedos.

Segundo Schrivjer, a decisão da Toys ‘R’ Us de vender os bonecos seria “um perigoso desvio de sua filosofia de defesa da família”.

Uma pesquisa de “breaking bad” na loja online Toys ‘R’ Us não apresenta já nenhum resultado relacionado com os bonecos de Walter White, que custavam 20.99 dólares – cerca de 15 euros.

Entretanto, Bryan Cranston não deixou de comentar o assunto no seu Twitter.

O actor está tão furioso com a petição das mães da Flórida contra o seu boneco, que vai queimar a sua boneca “mãe da Flórida” em protesto.

AJB, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"A situação está caótica": Hospital de Penafiel com vários profissionais infetados

Colaboradores de vários grupos profissionais do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, em Penafiel, estão infetados com o novo coronavírus, disse esta terça-feira a administração daquela unidade, sem precisar o número de casos. "Tal como em …

"Santo Graal". Cientistas criam o primeiro supercondutor a temperatura ambiente do mundo

Uma equipa de físicos criou o primeiro material capaz de supercondutividade em temperatura ambiente, desenvolvendo um processo que pode ajudar a "quebrar barreiras e abrir a porta a muitas potenciais aplicações". Desde a sua descoberta, há …

Planetas parecidos com a Terra costumam ter "guarda-costas"

Um grupo internacional de astrónomos, liderado por Martin Schlecker do Instituto Max Planck para Astronomia, descobriu que o arranjo de planetas rochosos, gasosos e gelados nos sistemas planetários aparentemente não é aleatório e depende apenas …

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …