Texas autoriza armas nos campus das universidades

Lei que permite levar armas para as universidades públicas do estado norte-americano do Texas entrou em vigor na segunda-feira, no 50.º aniversário do massacre que causou 14 mortos no campus da capital estatal, Austin.

A lei, conhecida como “campus carry”, permite que aqueles que tenham uma autorização de porte de arma concedida pelo estado — que exclui os menores de 21 anos — possam levá-las para a maioria das instalações universitárias.

O “campus carry” entrou em vigor apenas para as universidades públicas do Texas, enquanto as instituições privadas, com liberdade para decidir se implementam ou não a norma, optaram por não o fazer.

A maior instituição pública e prestigiada do estado, a Universidade do Texas, em Austin, foi o maior foco de oposição à norma.

A medida será aplicada apesar da oposição do reitor e do presidente da universidade e da maior parte da comunidade universitária.

“Não acho que as armas pertençam à Universidade. Tomar esta decisão foi o maior desafio da minha vida”, afirmou, há uns meses, o presidente da UT, Greg Fenves.

Os defensores da lei defendem que a presença de pessoas armadas permitirá salvar vidas em caso de tiroteio, enquanto os detratores dizem que é uma bomba relógio e que a presença de alunos armados não fomenta o espírito de debate universitário.

Catorze pessoas morreram a 1 de agosto de 1966 no massacre da Universidade do Texas, em Austin, naquele que foi considerado o primeiro tiroteio em massa num campus universitário norte-americano.

O homicida, Charles Whitman, foi um estudante e antigo militar com problemas psicológicos que antes de abrir fogo na universidade matou a mãe e a mulher.

O Texas é o oitavo estado norte-americano que implementa uma lei deste tipo, depois do Oregon, Idaho, Utah, Colorado, Wisconsin, Kansas e Mississípi.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nova morte, saqueamentos e protestos. Minneapolis vive caos após homicídio de George Floyd

Um homem foi encontrado morto a tiro, na madrugada de hoje, suspeito de ter sido vítima dos protestos, em Minneapolis, contra a morte de um homem negro sob custódia policial. Durante a noite de quarta-feira, milhares …

Filho de Deeney tem problemas respiratórios. Jogador foi alvo de abusos por recusar treinar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, revelou que tem sido alvo de abusos e comentários depreciativos, por ter recusado voltar aos treinos, face aos problemas respiratórios do seu filho. “Vi comentários em relação ao meu …

Parlamento aprova alargamento de apoios a todos os sócios-gerentes afetados pela pandemia

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um texto final que alarga os apoios no âmbito do `layoff´ aos sócios-gerentes das micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia covid-19, independentemente do volume de faturação. Com …

Pandemia de covid-19 alimenta corrupção na América Latina

A propagação da Covid-19 na América Latina está a alimentar a corrupção nos vários países que a integram, que vai desde a inflação dos preços a situações de aproveitamento económico e de ligações entre políticos …

Mais de 500 católicos portugueses contra proibição de comunhão na boca

Mais de 500 católicos portugueses, entre leigos e sacerdotes, apelaram à Conferência Episcopal Portuguesa para revogar a proibição de os fiéis receberem a comunhão na boca, por causa da pandemia de covid-19, informou na quarta-feira …

Adeptos recusam devolução dos bilhetes. Bayern distribui dinheiro por clubes amadores

Os adeptos do Bayern renunciaram ao direito de serem reembolsados pelos bilhetes comprados para os jogos até ao final da temporada. O clube decidiu distribuir o dinheiro pelos emblemas amadores da região da Baviera. Tal como …

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …

Tesla baixa preço de quase todos os modelos nos Estados Unidos

A empresa de carros elétricos Tesla baixou o preço dos Modelos 3, S e X no mercado norte-americano, visando estimular as vendas que estão em declínio durante a pandemia, avança a agência Reuters. O semanário …

Assessor de Boris cometeu infração ao confinamento, conclui polícia

A polícia britânica concluiu que Dominic Cummings, assessor do primeiro-ministro, Boris Johnson, cometeu uma violação "menor" das regras de confinamento introduzidas para combater o novo coronavírus, mas não pretende abrir um processo. Cummings admitiu ter conduzido …

Infarmed suspende hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19

O Infarmed suspendeu o uso de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19. Para além da OMS, outros países já tomaram a mesma decisão que Portugal. A decisão vem no mesmo sentido da Organização Mundial de …