Testes ao coronavírus assinados por uma pessoa morta

Robin Van Lonkhuijsen / EPA

Um clube do Brasil terá adulterado dois exames à covid-19. Polícia investiga e responsabilidade será de uma empresa externa, contratada em setembro.

O Mesquita Futebol Clube é um emblema modesto do Brasil mas está a aparecer nas notícias por causa de testes ao coronavírus. A polícia está a apurar se houve adulteração de dois exames realizados em janeiro.

De acordo com a Globo, estão a ser investigados testes realizados a um jogador e a um elemento da estrutura do clube. Os dois exames tiveram lugar no dia 7 de janeiro mas há suspeitas de fraude.

Desde logo, porque a assinatura nos dois testes é de uma mulher que realmente foi coordenadora de um laboratório de análises, mas que morreu no dia 26 de dezembro do ano passado.

Além disso, o número do pedido, único para cada teste realizado, é o mesmo nestes dois casos. O sistema nunca cria o mesmo número para dois testes, esclarece o diretor-técnico do laboratório. Ainda por cima, o número do pedido que aparece nos testes já tinha sido criado no dia 17 de dezembro, três semanas antes da realização destes dois exames.

O mesmo responsável reparou noutros pormenores estranhos: “O ‘coronavírus’ no exame falso, por exemplo, estava escrito separado, e nós escrevemos junto. ‘Liberação’ estava com letra minúscula, e nós usamos letra maiúscula…”.

A denúncia foi feita pelo presidente do próprio clube. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro confirmou a suspeita de fraude e aí o assunto passou a ser tratado pela Polícia Civil local e pela Delegacia de Defraudações, enquanto já foi aberto um inquérito por parte do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro.

Em setembro do ano passado, o Mesquita Futebol Clube contratou uma empresa para esta gerir todos os assuntos relacionados com o futebol. Por isso, a gestão de todos os processos envolvendo jogadores, incluindo testes ao coronavírus, não passava pela direção do emblema carioca.

Perder por não ter equipamentos

O Mesquita tem atravessado dificuldades financeiras e desportivas. Na Série B2 do Campeonato Carioca, que terminou há menos de um mês, o clube não venceu qualquer jogo, em 15 tentativas. Entre as 13 derrotas, perdeu uma partida por 9-2, outra por 8-0 e outra por 9-0. Ficou no último lugar e desceu de divisão.

Mas o destaque da sua participação na terceira divisão carioca foi outro: no dia 28 de dezembro, os jogadores do Mesquita Futebol Clube estiveram no estádio mas nem entraram em campo porque não havia equipamentos. Aparentemente, alguém se esqueceu de levar a roupa oficial do clube e a equipa perdeu por 3-0 contra o Bela Vista, oficialmente devido a falta de comparência.

Nuno Teixeira Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bactérias benéficas do leite materno mudam ao longo do tempo

De acordo com um novo estudo, a mistura de bactérias benéficas transmitidas pelo leite materno muda significativamente com o tempo. Este pode atuar como uma injeção de reforço diário para a imunidade e metabolismo infantil. Os …

Quando um tigre vale mais morto do que vivo: A sórdida realidade das quintas de procriação

Em alguns países asiáticos, quintas de procriação de tigres exploram até ao tutano o valor económico do animal, submetendo-o a condições de vida degradantes. Tigres já foram puderam ser encontrados em grande parte da Ásia, do …

Ana Estrada Ugarte. Em decisão histórica, Peru abre as portas à eutanásia

Numa decisão histórica esta quinta-feira, o 11.º Tribunal Constitucional do Superior Tribunal de Justiça de Lima, no Peru, ordenou ao Ministério da Saúde do país que respeitasse a vontade de Ana Estrada Ugarte de acabar …

Árbitros estrangeiros na próxima época? APAF recusa "atestado de incompetência"

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) tem a certeza de que o Conselho de Arbitragem (CA) não irá passar um "atestado de incompetência" aos árbitros portugueses, chamando estrangeiros para encontros de Ligas nacionais. Segundo …

Depois do desconforto que a série causou na Família Real, Harry defende "The Crown"

Durante uma entrevista a James Corden, para o programa americano The Late Late Show, o príncipe Harry defendeu a série The Crown da Netflix, explicando que embora não seja “estritamente precisa”, retrata a pressão da …

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …