Testes ao VIH passam a entrar nas análises de rotina

Marcelo Camargo / ABr

-

Os testes à infeção por VIH vão passar a fazer parte das análises de rotina pedidas pelos médicos, de acordo com a informação publicada esta segunda-feira no Diário de Notícias. A generalização do teste faz parte da nova norma para o diagnóstico e rastreio da doença, que já foi concluída pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e que será publicada em breve.

A presidente da Liga Portuguesa Contra a SIDA, Maria Eugénia Saraiva, considera que a inclusão dos testes à infeção VIH nas análises de rotina pedidas pelos médicos é “uma mais-valia” e vai ajudar no rastreio precoce da doença.

“Os testes são uma mais-valia para todos (…) desde que não seja obrigatório, isto porque a obrigação implica também uma preocupação para todos nós quando se trata de uma situação que leva à discriminação e ao estigma”, salientou, em declarações à agência Lusa.

No entender de Maria Eugénia Saraiva, o importante é a população fazer testes o mais cedo possível.

“Quanto mais cedo fizermos o teste mais cedo e mais facilmente saberemos o estado serológico e o tratamento será mais efetivo. O que se está a passar agora é que muitas pessoas chegam ao hospital já tarde, com infeção e depois o tratamento não é o mais eficaz, já é tarde”, disse.

O doente será sempre informado de que lhe vai ser pedida a análise e pode sempre recusar. Até aqui o doente tinha de autorizar por escrito ou oralmente que a queria fazer, refere o jornal, citando a DGS.

“É importante fazer o teste. O importante é sabermos se estamos infetados, se estamos a infetar o outro. Esta tem sido a estratégia da Liga e por isso adotámos desde 2012 a unidade móvel de rastreios que tem vindo a fazer testes, não só ao VIH, mas também às hepatites víricas e doenças sexualmente transmissíveis junto de populações mais vulneráveis em Lisboa, Loures e Odivelas”, disse a presidente da Liga.

Maria Eugénia Saraiva contou que tem havido uma grande adesão e procura do teste na carrinha, que tenta abranger toda a população.

“Ainda há muito a fazer é um caminho longo a percorrer. É importante perceber e nunca é demais repetir que esta doença pode atingir tudo e todos e que temos de prevenir, de perceber o nosso estado de saúde. Temos de passar a mensagem aos nossos jovens de que não existe vacina, não existe cura, só tratamento”, concluiu.

O Dia Mundial da Luta Contra a SIDA assinala-se hoje com várias iniciativas, pelo país, para lembrar uma doença que, desde 1985, afetou mais de 47 mil pessoas em Portugal.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Microsoft quer usar a inteligência artificial para salvar a nossa história

https://vimeo.com/349508365 Muitas pessoas olham para a tecnologia como a ameaça que vai condenar a nossa espécie, mas a Microsoft planeia agora usar inteligência artificial para preservar a nossa cultura, linguagem e história. O projeto "AI for Good", …

Uber cobrou 100 vezes mais a passageiros nos Estados Unidos

Vários passageiros da Uber nos Estados Unidos denunciaram que a empresa lhes cobrou 100 vezes mais do que o preço inicialmente apresentado na aplicação, noticia a BBC. A Uber já reagiu, dizendo que o problema …

Barbie alia-se à ESA para mostrar que as mulheres também podem ser astronautas

A Barbie e a Agência Espacial Europeia (ESA) deram as mãos para incentivar as crianças a tornarem-se na próxima geração de astronautas, engenheiras e cientistas espaciais, realçando as conquistas da única astronauta viva da Europa, …

Filho de Júlio Iglesias e portuguesa querem a sua parte da herança, que pode chegar aos 30 milhões

Agora que foi reconhecido, pelo tribunal, como filho de Júlio Iglesias, Javier Sánchez quer ter direito à sua parte da herança - 30 milhões de euros - e a uma indemnização por danos morais. Segundo divulgou …

Na terceira semana de julho contam-se cisnes no rio Tamisa (e é um assunto real)

Há vários séculos que contar cisnes no rio Tamisa é um assunto sério e real. Swan upping é o nome desta tradição que conta com a participação da coroa britânica. A tradição manda: na terceira semana …

Ciborgues vão dominar a Terra até ao final do século XXI, diz cientista

A ideia de que as máquinas com inteligência artificial irão coexistir, dominar ou até mesmo destruir a humanidade tem ganho destaque na ficção científica. Esta ideia está presente e tem ganho grande popularidade como, por exemplo, …

Concorrência acusa associações de anunciantes e de agências de publicidade de violarem regras de mercado

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou a Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) e a Associação Portuguesa de Agências de Publicidade, Comunicação e Marketing (APAP) "de limitarem o normal funcionamento do mercado ao estipularem uma regra …

Vídeo raro mostra últimos índios isolados da Amazónia para evitar um genocídio

Imagens da tribo isolada Awá, que não mantém contacto com o exterior e que está ameaçada pelo avanço dos madeireiros, na Amazónia, foram divulgadas pela organização não-governamental (ONG) Survival International como uma forma de alerta …

KLM citou estudo sobre lugares onde é mais provável sobreviver

Citando um estudo da Time, a companhia aérea KLM escreveu que "a taxa de mortalidade para os assentos no meio do avião é maior" e foi muito criticada. Após a polémica recente em que a tripulação …

Elefantes são os nossos aliados na luta contra as alterações climáticas

Os elefantes-da-floresta desempenham um papel importantíssimo na luta contra as alterações climáticas, nomeadamente no armazenamento de carbono. No entanto, a espécie está em vias de extinção. Isto de acordo com um novo estudo publicado esta segunda-feira …