Ter os dentes tortos contribui para a má postura e o mau equilíbrio

Há uma relação entre ter os dentes tortos e uma má postura corporal. A conclusão foi retirada por dois estudos científicos feitos na Europa que apuraram que a oclusão dentária está relacionada com o controle da postura e do equilíbrio.

A oclusão dentária é o contacto entre os dentes de cima e os de baixo quando se fecha a boca e pode envolver problemas como falhas entre os dentes, apinhamento [de dentes], mordidas cruzadas ou falta de dentes.

Vários estudos apuraram já que os problemas dentários têm consequências negativas, e agora uma pesquisa concluiu mesmo que as infecções dentárias agravam o risco de doenças cardíacas.

Agora, investigações feitas no Departamento de Psicologia da Universidade de Barcelona, em Espanha, e na Universidade de Innsbruck, na Áustria, constataram que a má oclusão dentária está também relacionada com a postura e com o equilíbrio corporais.

Os investigadores apuraram que “as alterações no alinhamento dos dentes estavam relacionadas com um controle mais fraco do equilíbrio estático“, revela o Alpha Galileo.

Os estudos permitiram ainda concluir que o equilíbrio melhorou com a correcção da má oclusão dentária e que esta tinha um maior impacto no controle da postura quando os sujeitos estavam cansados.

“Quando os sujeitos estavam cansados, os seus equilíbrios pioraram, tanto em condições estáveis como instáveis. Sob condições estáticas, o factor que teve o maior impacto no desequilíbrio foi a fadiga”, salienta a investigadora da Universidade de Barcelona, Sonia Julià-Sánchez.

“Em contraste, foi observada uma relação significativa entre a exaustão e a oclusão dentária sob condições de máxima instabilidade”, acrescenta Julià-Sánchez.

Julià-Sánchez recomenda assim, que é importante “corrigir a oclusão dentária para melhorar o controle da postura e desse modo, prevenir possíveis quedas e instabilidade devido à falta de resposta do sistema motor”.

Em artigo publicado na revista Neuroscience Letters, os investigadores salientam que a “oclusão dentária influenciou fortemente o controle do equilíbrio em situação de fadiga”, mas que a relação entre estes dois factores “continua por esclarecer”.

Vários investigadores têm-se até agora focado na relação entre o sistema estomatognático – que nos permite comer, mastigar, engolir, falar e sorrir – e o controle da postura e parece evidente que há um “elo neuro-fisiológico” entre ambos, segundo se atesta no texto de divulgação do estudo no Alpha Galileo.

“Há uma influência recíproca entre o nervo trigémeo e o núcleo vestibular – que são responsáveis pelas funções mastigatórias e pelo controle do equilíbrio, respectivamente -, bem como entre os músculos da mastigação e do pescoço”, destacam os investigadores.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Media Capital. Mário Ferreira apresenta queixa na ERC contra a Cofina

O empresário, acionista da Media Capital, entregou, esta segunda-feira, uma queixa na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) contra o grupo Cofina pelo ataque de que considera ser vítima. De acordo com Mário Ferreira, nos …

Uber vence batalha judicial e prolonga licença para operar em Londres

A Uber ganhou, esta segunda-feira, um recurso legal sobre a revogação da sua licença para operar em Londres, garantindo por enquanto a continuação da empresa num dos seus maiores mercados. De acordo com o Wall Street …

Ordenados "não podem ser cortados", diz comissário. Proposta sobre salário mínimo apresentada em outubro

O comissário europeu do Emprego e Direitos Sociais, Nicolas Schmit, reconheceu as limitações da Comissão Europeia quanto a salários, defendendo que o sistema que no qual está a trabalhar permitirá que os rendimentos aumentem na Europa. Em …

Chega quer expulsar autor de moção pela remoção de ovários a mulheres

A direção do Chega vai propor a “suspensão imediata” do militante Rui Roque que defendia a extração dos ovários numa moção de estratégia que foi rejeitada em congresso, informou esta segunda-feira o partido. Mais de uma …

Precários à espera de apoio extraordinário estão a receber multas do fisco

A Associação de Combate à Precariedade denunciou que a Autoridade Tributária (AT) está a aplicar multas de 75 euros a trabalhadores precários que ficaram sem rendimento e estão a recorrer ao novo apoio extraordinário a …

Portugal regista mais seis óbitos e 688 novos casos

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 688 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

Novo lay-off é para "aguentar o emprego e as empresas" (mas agrava cortes dos trabalhadores)

O novo regime de lay-off anunciado pelo Governo, para apoiar as empresas com "perdas mais significativas", nomeadamente na área do turismo, visa "aguentar o emprego e as empresas", segundo o ministro da Economia, Siza Vieira, …

Jornal "The Guardian" sugere que Portugal é um país racista e compara Ventura a Bolsonaro

O jornal britânico "The Guardian" noticiou, esta segunda-feira, alguns dos mais recentes acontecimentos racistas que têm ocorrido no país, afirmando no seu título que "Portugal regista um aumento da violência racista com ascensão da extrema …

Jornal Washington Post declara apoio a Biden e quer afastar "o pior presidente dos tempos modernos"

O jornal de referência Washington Post declarou esta segunda-feira o seu apoio ao candidato democrata à presidência dos EUA, Joe Biden, para derrotar o republicano Donald Trump, que considera “o pior Presidente dos tempos modernos”. No …

Portugal não recorrerá aos empréstimos do fundo de recuperação da UE

O primeiro-ministro António Costa salientou esta terça-feira que Portugal "recorrerá integralmente" aos cerca de 15,3 mil milhões de euros em subvenções que poderá receber do fundo de recuperação europeu, mas adiantou que não utilizará a …