Nova teoria de cientista britânico indica que a pandemia chegou do Espaço

IRRI Images / Flickr

O cientista britânico Chandra Wickramasinghe criou uma nova teoria, no qual indica que o novo coronavírus chegou à Terra através de um meteorito que caiu na China a 11 de outubro de 2019..

Num artigo publicado recentemente na Advances in Genetics, Wickramasinghe e alguns colegas defenderam que a rápida disseminação da doença em Wuhan e o surgimento de casos longe da região eram explicados por uma espécie de contágio através do espaço e não da forma convencional com a passagem do vírus dos animais para humanos.

Em artigos anteriores, já tinha defendido que a pandemia da gripe de 1918 e o surto de Sars (epidemia de síndrome respiratória aguda grave), em 2002, também teriam tido origem no espaço, noticiou na quarta-feria o Diário de Notícias.

De acordo com o jornal diário, esta é assim mais uma teoria da conspiração sobre o coronavírus. Uma das mais mediáticas está associada a Bill Gates, fundador da Microsoft, que num vídeo de 2015 previu que o maior risco para a humanidade seria um vírus altamente contagioso. Outra está relacionada com a tecnologia 5G.

Nascido no Sri Lanka em 1939, Wickramasinghe foi discípulo de Fred Hoyle, outro cientista que se destacou pelos seus estudos e teorias estranhas. Durante vários anos foi professor de Matemáticas Aplicadas e Astronomia na Universidade de Cardiff e tem mais de 70 artigos publicados na Nature.

ZAP //

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

    • Claro que veio do espaço………………entre EUA e a China…………..e de avião, entretanto alguns “cairam” em França, Espanha, Italia, etc…………..o problema foi quando o dito avião regressou aos EUA e todo ele estava contaminado………………………..quem não os conhecer que os compre!

  1. O “artigo científico” é ridículo, são tudo argumentos circunstanciais sem provas concretas. Inacreditável como a revista em questão, que até é conceituada, publicou isto. Os revisores deviam estar distraídos ou se calhar fumaram uma granda broca. Numa altura em que a ciência está sob ataque de todo o tipo de gente ignorante (Trumps, Bolsonaros, terraplanistas, etc), não há margem para idiotices destas. Dia muito triste para a ciência e para o conhecimento baseado na evidência.

    • Jovem se pesquisares um pouco podes comprovar que as notícias da altura davam conta que o SARS em 1918 começou praticamente ao mesmo tempo em dois pontos do planeta, penso que em Boston nos EUA, a algures na Índia com 2 dias de desfasamento. Chegaram a essa conclusão após a pandemia, o que mediante a incapacidade do vírus andar tantos KM e da ainda menor mobilidade das pessoas na altura, a hipótese dos meteoritos é mesmo válida neste tipo de situações.

      • És doido? Não sabes que a análise do genoma viral (ADN ou RNA) o correlaciona com outros vírus existentes, que um “ADN”, ou lá o que fosse, de origem não terrestre teria que ser algo completamente diferente de tudo o que existe na terra, dado o facto de ter uma evolução completamente independente? É esta educação “a lá Google” que leva á disseminação das ridículas teorias da conspiração. Inacreditável…

      • Jovem, estou a falar de ciência e não de teorias da conspiração sem sentido, infelizmente alimentadas por este tipo de artigos pseudo-científicos. A ciência baseia-se em factos, e o facto é que nunca foi encontrado qualquer DNA, nem RNA, nem vírus, nem nada minimamente parecido em qualquer asteróide, cometa ou pedra vinda do espaço. Nunca. Portanto tentar justificar o COVID com algo que nunca se viu e do qual não existe qualquer prova, é no mínimo, patético.

      • No início das notícias sobre a pandemia e a forma como foi noticiado a sua propagação, eu e o meu filho (que não temos estudos nenhuns académicos elevados nem científicos), já defendemos esta hipótese a medida como o vírus foi chegando à todos habitantes da terra. Eu não sou fanática, mas tenho uma visão ampliada pelas teorias apresentadas desde o meu tempo de estudante de física ou química no básico. Se vivemos neste mundo, e com melhores condições, devemos grande parte aos chamados, loucos cientistas. Por isso acredito francamente nesta hipótese.

        • Pode acreditar no que quiser, está no seu direito. Compreenda é que não existem quaisquer provas que assim seja. E assim sendo não estamos a falar de ciência nem de cientistas, loucos ou não. A ciência baseia-se na evidência. Cumprimentos.

    • Calma, calma……………..para mim isto não passa de uma opinião “encomendada” por “aqueles” que desde á vários anos “avisavam” que o bicho vinha aí………………á até um que se descuidou e disse que o Trump ia ter uma surpresa a meio do seu mandato…………recorda-se???……………o mal dos “espertos” é pensarem que os outros são parvos!

  2. Ele deve estar com medo de que a China pare de vender espelhos e outras porcarias que não conseguem mais fabricar. Ai para aliviar a culpa da irresponsabilidade chinesa ou da muito provável origem em experiências para uso militar daquele país agora diz que veio do espaço.

  3. No início das notícias sobre a pandemia e a forma como foi noticiado a sua propagação, eu e o meu filho (que não temos estudos nenhuns académicos elevados nem científicos), já defendemos esta hipótese a medida como o vírus foi chegando à todos habitantes da terra. Eu não sou fanática, mas tenho uma visão ampliada pelas teorias apresentadas desde o meu tempo de estudante de física ou química no básico. Se vivemos neste mundo, e com melhores condições, devemos grande parte aos chamados, loucos cientistas. Por isso acredito francamente nesta hipótese.

  4. Isto é tudo treta! O vírus foi criado pelos chinas em laboratório e o antídoto também, fizeram aquele sarrabulho todo em wuhan para espalhar o criatura pelo mundo, deixaram morrer uns quantos chinocas que têm lá a mais para não dar nas vistas e de seguida aplicaram o antídoto aos outros, tanto é que nesta altura do campeonato já lá se realizam festivais com, milhares sem máscara e tudo ao molhe sem medo nenhum… está na cara, n’é?
    “Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos, diz que o novo coronavírus foi “criado num laboratório militar” controlado pelo Partido Comunista Chinês. “O mercado de Wuhan foi apenas usado como um isco, uma distração”, garantiu”

  5. Calma, calma……………..para mim isto não passa de uma opinião “encomendada” por “aqueles” que desde á vários anos “avisavam” que o bicho vinha aí………………á até um que se descuidou e disse que o Trump ia ter uma surpresa a meio do seu mandato…………recorda-se???……………o mal dos “espertos” é pensarem que os outros são parvos!

  6. Acredito plenamente, quem controla os macissos é sucessivos lançamentos de satélites lançados pelos países licenciados para esse fim? Se um satélite for carregado de vírus e libertar doses entre espaços, ao entrar na atmosfera terrestre e cor o ar (brisa ou vento) o vírus é empurrado não reconhecendo fronteiras. Portanto: quem o apanhar é dono dele.

  7. Não me admira mesmo NADA!
    Há muito que se sabe e já foi provado e comprovado que vírus, bactérias e outros seres unicelulares conseguem sobreviver no Espaço, como no exterior de naves, da Estação Espacial, etc, pelo que no interior de um meteorito aínda mais capazes seriam, visto estarem “abrigados” do “vácuo”, podendo até estar no interior de bolhas de gêlo de água e/ou outros gases.
    E não se pense que é a única doença/vírus sobre a(o) qual se suspeite e/ou teorize sobre isto, porque vai bem atrás no tempo, até à Gripe Espanhola (que surgiu simultaneamente em vários pontos diametralmente opostos do Globo e sem a “Globlização Imediata” dos tempos actuais, pelo que e para quem esteja minimamente informado sobre o que é a Teoria da Pan-Espérmia, não deixa de fazer sentido, o que, todavia, não quer dizer que seja verdadeiro, porque Possibilidade é uma coisa e Verdade é outra…!

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …