Telejornais são poucos rigorosos a noticiar violência doméstica e tendem a justificar o crime

Os telejornais são poucos rigorosos a noticiar a violência doméstica, tendendo a “justificar” este tipo de crime. Esta é a conclusão de um estudo da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) que aconselha as estações de televisão nacionais a rejeitar o sensacionalismo.

Em causa está o estudo “Representações da Violência Doméstica nos telejornais de horário nobre”, esta segunda-feira divulgado pela ERC, após uma análise nos telejornais de horário nobre da RTP1, RTP2, SIC e TVI entre 2013 e 2015, num total de 432 peças.

No documento, a ERC verificou “elementos no tratamento jornalístico da violência doméstica que revelam pouco investimento na problematização deste fenómeno social e rigor informativo, podendo simplificar as representações sobre esta temática”, informa o regulador em comunicado.

Em grande parte das notícias analisadas (45,6%), a entidade reguladora verificou “questões de falta de rigor, em virtude da identificação parcial ou da ausência total de referências a fontes de informação” e em mais de metade (52,8%) notou o “recurso sensacionalista ou a combinação de vários elementos”.

O regulador assinala que “três em cada quatro peças noticiosas (75%) relatam o ato de violência doméstica como um acontecimento isolado, estando ausentes as referências a causas estruturais e sociais da violência e suas consequências, nas diversas dimensões”.

E em 41,7% das notícias “verifica-se a presença de motivos para a ocorrência do crime ou a tentativa de os aferir, em particular quando se trata do relato de acontecimentos criminais sem a devida contextualização da informação”, observa a ERC, adiantando que os principais motivos apontados (65%) são o fim da relação e conflitos.

A quase totalidade (94,2%) das notícias analisadas no estudo refere-se a casos praticados contra as mulheres, perpetradas pelos parceiros ou ex-parceiros íntimos e um terço (30%) envolvem também menores, enquanto vítimas diretas ou colaterais.

Quanto ao tipo de informação, segundo a ERC, “sobressai a forma mais trágica do fenómeno, os homicídios (79,7%), revelando a prevalência do valor notícia crime”, seguindo-se outras formas de violência, como as agressões físicas, verbais e psicológicas.

Operadoras devem rejeitar o sensacionalismo

Por isto, o regulador dos media elaborou uma “proposta de reflexão” para serem seguidas pelos operadores de sinal aberto na cobertura deste tipo de crimes, o que passa, desde logo, por “rejeitar o sensacionalismo nas notícias sobre violência doméstica”.

Das recomendações faz também parte o investimento “no enquadramento que informe sobre a realidade da violência doméstica” e a “contextualização da notícia”.

Não limitar a representação da violência doméstica às situações de homicídio”, “destacar o que permita compreender o problema social” e “evitar relações de causalidade entre o crime de violência doméstica e as características dos envolvidos” são outros dos conselhos.

A ERC sugere ainda que a RTP1, RTP2, SIC e a TVI evitem “as referências a possíveis causas que possam justificar a agressão e simplificar o fenómeno social”, diversifiquem “as fontes contribuindo para a formação de uma opinião pública informada” e ainda que respeitem “o direito à reserva da intimidade e da vida privada e a presunção da inocência dos agressores”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A crise climática vista do Espaço. Vídeo da NASA revela degelo dos glaciares no Alasca

https://vimeo.com/379314673 Um vídeo publicado recentemente pela NASA mostra o derretimento dos glaciares do Alasca visto do Espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos. O nosso planeta está a caminhar a passos largos para uma situação …

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …