Tarefas escolares sobrecarregaram 64% dos pais confinados

Uma investigação realizada em Portugal, Espanha e França para conhecer os padrões e hábitos dos alunos durante o confinamento forçado pela pandemia de covid-19 revelou que 64% dos pais ficaram sobrecarregados com as tarefas escolares.

Investigadores das universidades Nova de Lisboa, Granada (Espanha) e Lille (França) e do instituto espanhol de Saúde Carlos III analisaram as rotinas e a convivência de alunos entre os 3 e os 16 anos e respetivas famílias durante o primeiro confinamento causado pela pandemia, que começou nestes três países há quase um ano.

Através de um inquérito ‘online’ no qual participaram quase 3.900 agregados familiares dos três países, o projeto ‘Covideducasa’, ainda em curso, procura conhecer o impacto do confinamento e do ensino não presencial nas famílias portuguesas, espanholas e francesas, a maioria da classe média.

A investigadora da Faculdade de Ciências Políticas e Sociologia da Universidade de Granada María Dolores Martín-Lagos disse à agência espanhola EFE que o estudo analisou a atenção das famílias aos filhos, o peso das tarefas escolares destes, o acesso à tecnologia e as orientações das famílias, com coincidências e diferenças entre países.

Entre as conclusões do estudo, María Dolores Martín-Lagos destaca que, mesmo em lares onde ambos os pais trabalharam ou estiveram em teletrabalho durante o confinamento, a mãe desempenha um papel mais importante nas tarefas.

A maioria dos progenitores reconheceu o planeamento correto das atividades por parte da escola, apesar de mais de 64% dos entrevistados reconhecerem ter vivenciado momentos de stress para ajudar nas tarefas.

Nestes casos, 46,7% dos pais apontaram a falta de tempo para ajudar os filhos e 20% a falta de paciência, sendo que algumas famílias indicaram não possuir os conhecimentos necessários para o fazer.

“Apesar das críticas no momento do confinamento, as famílias entenderam que, embora houvesse tensão, estavam bem e todos tinham de se adaptar em conjunto” aos perigos decorrentes da pandemia, pelo que não se registou “crítica excessiva”, adiantou a investigadora.

Durante o último trimestre do último ano letivo, sem aulas presenciais nos três países, quase três em cada 10 pais viram os filhos calmos e organizados, uma percentagem um pouco mais elevada em Portugal (31%) e em França (28%) do que em Espanha (21%).

Os progenitores salientaram “a preocupação com o excesso no uso de tecnologia, considerado um dos principais problemas pelos pais, principalmente nas casas que não tinham regras muito rígidas de horários” neste âmbito, adiantou.

Segundo o estudo, 44% dos pais acreditam que os filhos utilizam muito o telemóvel e 76% dos entrevistados nos três países referem também muitas horas de videojogos, o que também aumentou durante o confinamento.

Por outro lado, o trabalho corroborou a diminuição das atividades extracurriculares após o confinamento, principalmente desportivas, que caíram quase para metade, e o agravamento dos hábitos alimentares, que fez com que quatro em cada 10 menores engordassem.

O estudo revela ainda que a rotina também piorou com o confinamento em metade das casas (51%) e afetou o bem-estar emocional dos alunos, com 20% dos pais espanhóis e 15% franceses a revelarem que viram os seus filhos mais tristes. Em Portugal, esta evolução emocional negativa foi notada em quase 33% dos casos.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Quem sabe, talvez muitos pais estejam a aprender que gerar filhos não é a mesma coisa que adquirir um animal doméstico e que na maior parte do dia os entregam ao cuidado de “tratadores” nos infantários, creches e escolas.

RESPONDER

Advogado das famílias das vítimas do Meco diz que universidades não devem ser desresponsabilizadas

O advogado das famílias dos seis jovens que morreram na praia do Meco em 2013 defendeu esta sexta-feira que as universidades “não devem ser desresponsabilizadas só por chutarem os alunos para a rua para fazerem …

Pontapés, murros e chicoteamento. Mais 4 instrutores dos Comandos acusados de agressões

Mais quatro instrutores dos Comandos foram acusados de abuso de autoridade por ofensas à integridade física. Os dois sargentos e dois cabos estão no total acusados de 14 crimes de abusos de autoridade por ofensas …

Já foi o "Dono de Lisboa Toda". Agora complica vida a Medina (e embaraça Costa)

A "Operação Olissipus" tem o arquitecto Manuel Salgado, ex-vereador da Câmara de Lisboa e primo de Ricardo Salgado, no centro de uma teia de suspeitas. Na antecipação das autárquicas deste ano, o processo complica a …

Vacinação alargada a diabéticos, obesos e doentes oncológicos. Portugal vai dar vacina da Johnson

Marta Temido, ministra da saúde, Graça Freitas, directora-geral da Saúde, e Gouveia e Melo, coordenador da Task Force de Vacinação, fazem o balanço da primeira fase de vacinação contra a Covid-19 em Portugal, revelando mudanças …

Barcelona quer convencer Messi a ficar (e Grimaldo pode ser um trunfo)

Para convencer Messi a ficar no clube, o Barcelona quer recuperar antigos jogadores. Álex Grimaldo e Thiago Alcântara são as escolhas de Joan Laporta. O presidente do Barcelona, Joan Laporta, está interessado em recuperar alguns dos …

"O maçon nasceu para não confessar que era maçon". Grão-mestre avisa que membros vão desobedecer à lei

Esta terça-feira, na Comissão de Transparência e Estatuto dos Deputados, o grão-mestre do Grande Oriente Lusitano avisou que nenhum maçon irá cumprir uma lei que os obrigue a declarar se são ou não elementos da …

“As vacinas não têm nacionalidade”. Costa pressiona avaliação da Sputnik V

O primeiro-ministro atacou as políticas de fecho de fronteiras para impedir a saída de vacinas e as "guerras nacionais" em função do país de origem dessas vacinas, defendendo em contrapartida mais prevenção e regulação global. Esta …

Já há dois clubes interessados em José Mourinho

Celtic e Valência estão a sondar a possível contratação de José Mourinho, que rescindiu contrato com o Tottenham esta segunda-feira. José Mourinho ainda há pouco tempo rescindiu contrato com o Tottenham, mas já há clubes interessados …

TAP vai ter de dispensar ainda mais trabalhadores, revela secretário de Estado Santos Mendes

A TAP não tem mais meios disponíveis para ajudar a Groundforce, pelo que existe a "possibilidade" de os trabalhadores ficarem sem os salários de maio. Em entrevista ao Tudo é Economia, da RTP3, Hugo Santos Mendes, …

PSD reúne-se com generais contra a lei do Governo para reforma das Forças Armadas

Os sociais-democratas vão receber os mais altos representantes dos oficiais generais na reserva que têm criticado publicamente a proposta de lei do governo para reformar o comando superior das Forças Armadas que visa reforçar o …