Os humanos do Neolítico não tinham réguas, por isso usaram “tambores” para construir o Stonehenge

Um conjunto único de cilindros de giz conhecidos como os “Tambores de Folkton” poderiam ter sido projetados como “unidades métricas” pré-históricas e usado na construção de monumentos como o Stonehenge.

Os tambores têm cerca de cinco mil anos e foram encontrados em sítios arqueológicos da Grã-Bretanha mas, até recentemente, a função destes artefactos era desconhecida.

Mike Parker Pearson, do Instituto de Arqueologia da Universidade de Londres, autor de uma nova investigação, explica num comunicado: “Durante quase 150 anos, os tambores de Folkton foram vistos como artefactos bonitos, mas insondáveis. Um novo entendimento de que os seus elementos de tamanho e design podem, de facto, ter aplicações para a construção de monumentos tem implicações interessantes para o conhecimento da sociedade neolítica.

O estudo, publicado na revista British Journal for History of Mathematics a 15 de dezembro, demonstrou que ao enrolar uma corda um número fixo de vezes em torno de cada tambor, pode-se obter uma unidade padrão de comprimento.

Esta unidade de comprimento parece ter sido usada na construção de grandes círculos de pedra e madeira, incluindo o Stonehenge. Os tambores de medição são objetos raros e enigmáticos que foram esculpidos em blocos de giz sólido por pessoas que viveram nas primeiras comunidades agrícolas na Grã-Bretanha durante o período neolítico até há cinco mil anos.

Três destes tambores foram descobertas em 1889 perto de Folkton, em Yorkshire, enquanto o quarto foi encontrado um século depois, perto de Lavant, no oeste de Sussex.

Os tambores parecem ter sido criados numa série de tamanhos cuidadosamente graduados, de modo que a circunferência de cada tambor possa ser usada para medir uma proporção fixa de um comprimento padrão de 3,22 metros. Uma corda deste comprimento envolve exatamente dez vezes a circunferência do menor tambor e exatamente nove, oito ou sete vezes ao redor de cada sequência de tambores maiores.

Estudos anteriores mostraram que múltiplos da medida padrão de 3,22 metros foram usados para estabelecer os diâmetros de grandes aterros circulares e os seus círculos de pedra e madeira no Stonehenge.

O desenho regular de monumentos rituais grandes e complexos, como o Stonehenge, implica que as obras fossem cuidadosamente examinadas e as dimensões exigidas das grandes pedras pudessem ser transferidas para pedreiras, localizadas a uma distância de até 260 quilómetros.

Os cilindros de medição teriam fornecido um método preciso e portátil para garantir que as pedras tinham o tamanho correto e que os monumentos de desenho semelhante fossem construídos em lugares separados.

Andrew Chamberlain, da Universidade de Manchester e co-autor do trabalho, disse: “Giz não é o material mais adequado para a fabricação de equipamentos de medição e acredita-se que os tambores podem ser réplicas dos padrões originais. No entanto, a madeira não é preservada na maioria dos sítios arqueológicos do Neolítico e os dispositivos de medição de madeira não foram encontrados na Grã-Bretanha pré-histórica”

“A existência destes dispositivos de medição implica, portanto, um conhecimento avançado em geometria pré-histórica e nas propriedades matemáticas dos círculos”, conclui Chamberlain.

PARTILHAR

RESPONDER

A "maglia rosa" de João Almeida caiu, mas o mundo do ciclismo rende-se ao português

Na etapa rainha do Giro, João Almeida perdeu a camisola rosa ao fim de 15 dias. O português mereceu o respeito do mundo ciclismo, chovendo elogios à sua prestação. João Almeida já não é o líder …

"Inverno escuro", negócios de família e o apelo aos "swing states". Assim foi o último debate presidencial

Os candidatos à presidência dos Estados Unidos encontraram-se pela última vez antes das eleições, em Nashville, Tennessee, mas desta vez num tom onde não prevaleceram os gritos e os insultos. Contudo, os ataques foram duros …

Casos diários podem duplicar até ao Natal devido ao efeito "cascata"

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes prevê que o número de infeções diárias em Portugal duplique em dois meses. O problema é o efeito "cascata" que escapou à atenção da saúde pública. A situação epidemiológica em Portugal …

Baixar o IRC "não é a melhor forma de apoiar as empresas"

Pedro Siza Vieira, ministro da Economia e Transição Digital, defendeu esta quinta-feira que a inclusão de medidas para a redução do IRC na proposta do OE2021 não traria vantagem para os negócios mais penalizados pela …

Piqué acusado de traição. Renovou contrato no dia em que criticou o presidente pela redução salarial

Piqué renovou contrato com o FC Barcelona no mesmo dia em que assinou uma carta em que os jogadores criticam o presidente do clube pela redução salarial que quer impor. A tensão entre a direção do …

Jogo das negociações ganha mais um capítulo. BE pediu ao Governo mais detalhes sobre as propostas

O Bloco de Esquerda ouviu as propostas do Governo, mas querem ir mais além com um compromisso concreto, de modo a conhecer a "dimensão real" da aplicação das medidas. O Bloco de Esquerda ouviu o Governo, …

Jornal espanhol ABC pede desculpas a jogador do Barcelona. Ansu Fati comparado com um "vendedor de rua negro"

O Barcelona entrou na fase de grupos da Champions com uma goleada por 5-1 frente ao Ferencvaros, numa partida em que o jornal ABC terá tecido comentários racistas. A publicação espanhola pediu, entretanto, desculpas a …

Referendo à eutanásia é votado esta sexta-feira, mas está condenado ao fracasso

O referendo à eutanásia será votado esta sexta-feira no Parlamento. Só o CDS-PP e a Iniciativa Liberal foram a favor da iniciativa popular.  Esta quinta-feira realizou-se, na Assembleia da República, o debate da resolução para um …

Misterioso morador voltou a habitar uma vila fantasma na Escócia (enterrada em areia)

Uma equipa de arqueólogos descobriu novos detalhes sobre uma pequena vila na Escócia, que foi abandonada depois de ter sido "enterrada" na areia, há mais de 300 anos. As mudanças climáticas durante a Pequena Idade do …

Ana Gomes sobe, Marcelo cai (mas pode ser reeleito à primeira volta)

Uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e Correio da Manhã revela que a candidata presidencial Ana Gomes sobe nas intenções de voto. Marcelo Rebelo de Sousa está em queda, mas ainda pode …