Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

António Cotrim / Lusa

Fachada do hospital de S. Francisco Xavier, Lisboa

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de ‘legionella’, garantindo que “todos os procedimentos foram implementados corretamente”.

“Todos os procedimentos foram implementados corretamente e são perfeitamente rastreáveis. Da análise efetuada não foi encontrada qualquer ação ou omissão significativa suscetível de explicar a amplitude deste fenómeno”, precisa a empresa de climatização.

A Veolia Portugal adianta que, na sequência do surto de ‘legionella’ no Hospital de São Francisco Xavier, que já provocou cinco mortos, foi aberta uma investigação interna para “uma melhor clarificação” do quadro em que ocorreu este surto.

Apesar de estar em fase de conclusão, a empresa avança com algumas das indicações preliminares, sustentando que aplica “os procedimentos de prevenção do risco de ‘legionella’ em conformidade com as regras vigentes em Portugal, com as referências internacionais e com as exigências do Grupo Veolia”.

Além desta investigação interna, a Veolia Portugal adianta que solicitou ao ISQ, “como entidade independente e credível a nível nacional e internacional”, para realizar “com efeitos imediatos” uma análise aprofundada de toda instalação, verificando o estado de condição dos equipamentos e funcionamento do sistema.

A empresa considera também que “é fundamental ter em conta que um surto de ‘legionella’ resulta de uma conjugação de vários fatores”, sendo, por isso, “essencial efetuar todas as análises e testes necessários”.

“Em 20 anos de atividade em hospitais, a Veolia Portugal nunca conheceu uma situação semelhante”, refere, sustentando que “operam especificamente na central de trigeração” do Hospital de São Francisco Xavier e que não têm atividades “de limpeza e manutenção dos edifícios hospitalares, do sistema de águas quentes sanitárias nem dos depósitos da água fria”.

Segundo o Correio da Manhã, a empresa de climatização é a grande suspeita na mira da investigação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa e da Polícia Judiciária (PJ) que, nesta fase do processo, entende que poderão ser imputados cinco crimes de homicídio negligente.

Além destes cinco, também poderão existir pelo menos 49 crimes – se alguns, por morte, não passarem a homicídio segundo o jornal – de ofensas à integridade física, simples ou grave consoante o estado de saúde dos pacientes.

O surto da bactéria infetou, até ao momento, 54 pessoas, encontrando-se atualmente cinco internadas em Unidades de Cuidados Intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Genoma do urso-das-cavernas sequenciado graças a minúsculo osso com 360 mil anos

Investigadores sequenciaram o genoma do urso-das-cavernas graças a um pequeno osso com 360 mil anos. A história evolutiva deste animal mudou drasticamente. Os ursos-das-cavernas eram enormes ursos herbívoros que vagueavam pela Europa e norte da Ásia …

Um ano após o primeiro caso, Marcelo elogia SNS, mas relembra que a pandemia ainda não acabou

Para o chefe de Estado, ao longo de 12 meses, Portugal "foi-se ajustando à pandemia, umas vezes mais proativamente outras, infelizmente, mais reativamente". Marcelo diz que "é desejável" melhorar a "capacidade de planear e antecipar …

Plano de Recuperação tem alto risco de fraude (e chovem críticas)

Um grupo de reflexão, constituído no âmbito do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), concluiu que o Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) comporta um sério risco de fraude e necessita de várias …

Moedas quer unir a direita contra Medina. Objetivo é incluir IL e Aliança na coligação PSD/CDS

Carlos Moedas está a tentar alargar a coligação PSD/CDS para construir uma frente de direita contra o socialista Fernando Medina, atual presidente da Câmara Municipal de Lisboa. O Público avança esta terça-feira que Carlos Moedas, candidato do …

Faz pequenas pausas antes de responder a uma questão? Pode parecer menos sincero

Costuma fazer pequenas pausas antes de responder a uma questão? Este comportamento pode fazer com que a resposta pareça menos sincera e confiável, de acordo com uma nova investigação da American Psychological Association. Segundo a …

Portugal entra no 12.º estado de emergência. Restrições são as mesmas dos últimos 15 dias

Portugal entrou esta terça-feira no 12.º período de estado de emergência para conter a pandemia da covid-19, mas mantendo, até 16 de março, as mesmas regras que vigoraram nos últimos 15 dias em território continental. O …

Eis o "estado redemoinho", um novo tipo de matéria que desafia as leis da Física

Uma nova investigação revelou que, no nível mais básico, o comportamento de grupo como, por exemplo, cardumes de peixes, enxames de insetos e bandos de pássaros, forma um novo tipo de matéria ativa, chamado …

Descoberto "gasoduto" espacial que alimenta uma galáxia gigante

Um recente estudo forneceu a primeira evidência direta de "gasodutos" de gás frio que alimentaram as primeiras galáxias massivas do Universo. Uma equipa de astrónomos norte-americanos, liderada pela Universidade de Iowa, observou evidências de fluxos de gás …

A icónica tapeçaria "Guernica" de Picasso foi retirada da ONU. Rockfeller pediu-a de volta

A icónica tapeçaria "Guernica", de Pablo Picasso, foi retirada do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) onde estava há mais de 30 anos. A pintura “Guernica”, considerada uma das obras-primas de Picasso …

Este robô-tartaruga não precisa de circuitos eletrónicos para andar. Basta ar

O robô macio de quatro patas, criado por uma equipa da Universidade da Califórnia, não precisa de nenhum circuito eletrónico para funcionar. Os robôs macios têm captado a atenção dos cientistas e o mais recente, criado …