Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

António Cotrim / Lusa

Fachada do hospital de S. Francisco Xavier, Lisboa

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de ‘legionella’, garantindo que “todos os procedimentos foram implementados corretamente”.

“Todos os procedimentos foram implementados corretamente e são perfeitamente rastreáveis. Da análise efetuada não foi encontrada qualquer ação ou omissão significativa suscetível de explicar a amplitude deste fenómeno”, precisa a empresa de climatização.

A Veolia Portugal adianta que, na sequência do surto de ‘legionella’ no Hospital de São Francisco Xavier, que já provocou cinco mortos, foi aberta uma investigação interna para “uma melhor clarificação” do quadro em que ocorreu este surto.

Apesar de estar em fase de conclusão, a empresa avança com algumas das indicações preliminares, sustentando que aplica “os procedimentos de prevenção do risco de ‘legionella’ em conformidade com as regras vigentes em Portugal, com as referências internacionais e com as exigências do Grupo Veolia”.

Além desta investigação interna, a Veolia Portugal adianta que solicitou ao ISQ, “como entidade independente e credível a nível nacional e internacional”, para realizar “com efeitos imediatos” uma análise aprofundada de toda instalação, verificando o estado de condição dos equipamentos e funcionamento do sistema.

A empresa considera também que “é fundamental ter em conta que um surto de ‘legionella’ resulta de uma conjugação de vários fatores”, sendo, por isso, “essencial efetuar todas as análises e testes necessários”.

“Em 20 anos de atividade em hospitais, a Veolia Portugal nunca conheceu uma situação semelhante”, refere, sustentando que “operam especificamente na central de trigeração” do Hospital de São Francisco Xavier e que não têm atividades “de limpeza e manutenção dos edifícios hospitalares, do sistema de águas quentes sanitárias nem dos depósitos da água fria”.

Segundo o Correio da Manhã, a empresa de climatização é a grande suspeita na mira da investigação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa e da Polícia Judiciária (PJ) que, nesta fase do processo, entende que poderão ser imputados cinco crimes de homicídio negligente.

Além destes cinco, também poderão existir pelo menos 49 crimes – se alguns, por morte, não passarem a homicídio segundo o jornal – de ofensas à integridade física, simples ou grave consoante o estado de saúde dos pacientes.

O surto da bactéria infetou, até ao momento, 54 pessoas, encontrando-se atualmente cinco internadas em Unidades de Cuidados Intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …

António Costa vai responder por escrito a 100 perguntas sobre Tancos

Apesar de sempre ter defendido que o testemunho devia ser presencial, o Juiz Carlos Alexandre aceitou que António Costa possa depor por escrito sobre o caso do furto e recuperação das armas de tantos. O …

ERC regista como "publicação de informação" site de propaganda

A ERC registou o Notícias Viriato como "publicação de informação", em novembro do ano passado, quando o projeto do Medialab diz que se trata, na verdade, de um "site de propaganda". Segundo o Diário de Notícias, a …

Conselho da Europa pede que polícia portuguesa tenha mais treino sobre direitos humanos

O Conselho da Europa (CE) acredita que teria sido uma boa ideia incluir no próximo recenseamento da população portuguesa, marcado para 2021, uma questão sobre a origem étnica. A proposta chegou a ser avaliada por …