Surto de legionella deixa região Norte em alerta

Janice Haney Carr / CDC

Bacterias Gram-negativas de Legionella pneumophila

Bacterias Gram-negativas de Legionella pneumophila

No último mês e meio foram registados 12 casos da doença dos Legionários em pessoas residentes na região de saúde do Norte, um número “superior ao que seria de esperar”, disse esta sexta-feira à Lusa a Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN).

Das 12 pessoas residentes na região Norte que têm a Doença dos Legionários, duas estão internadas, não há mortes a registar e a situação não é comparável ao surto de 2014 em Vila Franca de Xira.

O Jornal de Notícias faz hoje manchete com a notícia “Surto de legionela deixa Norte em alerta” e avança que foram notificados 12 casos e que as autoridades investigam o recente “aumento de doentes”.

Em declarações à Lusa feitas esta manhã, por escrito, a ARSN esclarece que entre a última semana de julho e até ao dia 3 de setembro, foram notificados 12 casos de doença dos Legionários em pessoas residentes na região de saúde do Norte.

O número é considerado, pela própria ARSN, “superior ao que seria de esperar” e, por isso, está a merecer “uma atenção especial por parte das autoridades de saúde”.

A DGS informou que a situação notificada “não é comparável ao surto que ocorreu em novembro de 2014 em Vila Franca de Xira, quer pela magnitude e gravidade, quer ainda pela expressão rápida que caracterizou a curva epidemiológica”.

No último mês e meio registaram-se 12 casos da Doença dos Legionários em pessoas residentes na região Norte de Portugal, ou seja, mais cinco pessoas do que no período homólogo de 2014.

Dos 12 casos identificados, e de acordo com a informação epidemiológica disponível, há duas pessoas que estiveram fora do país durante o período provável de ocorrência da infeção.

Os restantes dez casos com a doença dos Legionários ocorreram em pessoas residentes na região do Grande Porto.

“Até à data não se registou a ocorrência de nenhum óbito entre os doentes referidos”, assume a ARSN.

Na investigação epidemiológica que está a ser feita, designadamente a hotéis localizados na cidade do Porto, “não indica que os casos atrás referidos estejam associados à frequência de hotéis”, refere a autoridade de saúde.

“A investigação epidemiológica está a ser conduzida de forma a caracterizar os locais e os percursos que os doentes fizeram durante os 14 dias antes do início dos sintomas, de forma a orientar a investigação ambiental” e até ao momento foram efetuadas colheitas de água em alguns equipamentos localizados na região em estudo, mas os resultados preliminares são ainda negativos”.

A ARSN informa que a investigação epidemiológica e ambiental está a prosseguir com a colaboração dos serviços de saúde, designadamente hospitais e autoridades de saúde da região.

Em novembro de 2014, um surto de legionela em Vila Franca de Xira causou 12 mortes e infetou 375 pessoas com a bactéria da legionela.

De acordo com o balanço feito na altura, as vítimas mortais tinham entre 43 e 89 anos e eram nove são homens e três mulheres. A taxa de letalidade do surto foi de 3,2%.

O surto teve início a 7 de novembro e foi controlado em duas semanas.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Recurso de Sócrates distribuído a Rangel foi redigido por Fátima Galante

Um recurso de José Sócrates, no âmbito da Operação Marquês, distribuído em 2015 ao juiz Rui Rangel, foi, afinal, redigido pela desembargadora Fátima Galante, sua mulher, revela a acusação da Operação Lex. Segundo a acusação do processo …

Filme sobre Snu Abecassis e Francisco Sá Carneiro estreia na RTP1

Snu, a produção realizada por Patrícia Sequeira e lançada nos cinemas portugueses em março do ano passado, chega à RTP1, esta segunda-feira (21), às 22h30. O filme retrata a história romântica de Snu Abecassis e …

Há mais recuperados do que apontam os dados oficiais

A diretora-geral da Saúde admitiu esta segunda-feira que o número de doentes recuperados de covid-19 é superior ao apontado pelos dados oficiais, disponibilizados no boletim diário da DGS, por atrasos na notificação. “Sabemos que há mais …

E agora, o Famalicão-Benfica em versão musical

Senhoras e senhores, bem-vindos à CoronaLiga 2020/2021. Não é ao mambo número cinco. O Lou Bega não sabe o que está a dizer. Ou a cantar. David Lubega. Talvez muita gente não saiba que nasceu em …

StayAway Covid conta mais de um milhão de utilizadores

StayAway Covid, a aplicação móvel que permite rastrear as redes de contágio de covid-19, já foi descarregada por mais de um milhão de pessoas, 19 dias após o seu lançamento. O administrador do Instituto de Engenharia …

Bielorrússia. 440 pessoas detidas violentamente após se juntarem na "marcha da justiça"

Mais de 440 pessoas foram detidas no domingo em várias cidades da Bielorrússia por participarem em protestos contra o Presidente do país, Alexander Lukashenko, informou esta segunda-feira o Ministério do Interior bielorrusso. Em todo o país, …

"Sim" vence referendo para reduzir um terço dos deputados em Itália

O “sim” à redução em um terço dos deputados em Itália venceu o referendo realizado no domingo e hoje com 60% a 64% dos votos, segundo sondagens à boca das urnas citada pela agência Lusa. O …

Depois de vários boicotes à atividade de Navalny, Supremo dissolve o seu partido político

O Supremo tribunal da Rússia dissolveu hoje o partido político "A Rússia do Futuro", fundado pelo líder da oposição Alexei Navalny, hospitalizado na Alemanha após ser envenenado com o agente neurotóxico Novichok, de acordo com …

"Solução Milagrosa" também é vendida em Portugal para tratar covid-19. Infarmed avisa que é "uma lixívia"

A Solução Mineral Milagrosa, ou MMS, está também a ser vendida em Portugal como tratamento para a covid-19, tal como tem acontecido noutros países. Mas o Infarmed alerta que este produto é, basicamente, "uma lixívia" …

Carlos César defende que o próximo PR deverá ser um "contribuinte de estabilidade política"

O presidente do PS, Carlos César, disse hoje que o próximo chefe de Estado português deve ser um "contribuinte da estabilidade política", atuando "contra todos os extremismos" e valorizando as autonomias da Madeira e Açores. Carlos …