Supernanny: pais de duas famílias revogaram o consentimento que tinham assinado

(dr) SIC

Programa Supernanny da SIC

Começou esta terça-feira o julgamento da ação sobre a suspensão que envolve o programa Supernanny. A sessão ficou marcada pela revogação do consentimento de uma família e de um dos pais face ao contrato estabelecido com a SIC.

Em representação dos menores, o Ministério Público convocou três famílias: duas delas correspondentes aos programas já emitidos e uma terceira de um programa que já estaria gravado.

O grande foco do julgamento foram duas famílias e um dos pais, pertencente a uma família composta por três figuras parentais, que terão revogado o consentimento que assinaram com a SIC respeitante à transmissão do programa. O pai da menina que aparece no primeiro episódio havia revogado o que assinou com a produtora.

De acordo com o Observador, o julgamento começou com a SIC a contestar a legitimidade do Ministério Público estar em representação dos menores, tendo os trabalhos sido interrompidos durante uma hora, para que o MP apresentasse a devida resposta.

Segundo o advogado da estação televisiva, Tiago Félix da Costa, a participação do MP enquanto representante das crianças cessa a partir do momento em que estão nomeados advogados que representam os pais das mesmas.

Depois da suspensão de uma hora, a procuradora do MP respondeu que existe um quadro legal nacional que sustenta a sua participação na defesa do superior interesse da criança. Além disso, sustentou que não poderiam ser os defensores dos pais a assegurar este desígnio quando foram os próprios a permitir a violação dos direitos das crianças, avança o Jornal de Notícias.

O MP informou ainda que duas famílias não aceitaram a intervenção da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ), “instituições oficiais não judiciárias com autonomia funcional”, motivo pelo qual o processo remeterá agora para o Ministério Público.

Ao todo, serão ouvidas mais de uma dezena de testemunhas no julgamento da ação sobre a suspensão que envolve o polémico programa emitido pela SIC.

O tribunal limitou um máximo de cinco testemunhas a todas as partes envolvidas, sendo elas Rosário Farmhouse, presidente da CNPDPCJ, o psicólogo clínico Eduardo Sá, Regina Tavares da Silva, presidente do Comité Nacional da Unicef, Cristina Ponte, professora associada na Universidade Nova, na área das Ciências da Comunicação, e a psicóloga Rute Agulhas, membro da Ordem dos Psicólogos.

A SIC considerou “não existir fundamento legal para limitar o rol de testemunhas”, já que no seu entender coloca em causa o seu “direito ao contraditório”.

A estação identificou como testemunhas a psicóloga e apresentadora do programa em questão Teresa Paula Marques, Pedro Cardoso, Edward Levan, da Warner Bros., e Luís Proença, da direção de programas.

Entre as testemunhas da Warner estão os psicólogos Cristina Valente, que participou no debate da SIC sobre o SuperNanny, e o psicólogo Quintino Aires.

As testemunhas do Ministério Público foram ouvidas esta terça-feira, enquanto que as testemunhas da SIC e da Warner serão ouvidas no próximo dia 2 de março.

Além disso, a SIC requereu ainda que as escolas, frequentadas pelas crianças em causa, cedessem ao tribunal informação relativa ao desempenho dos menores e ao bem-estar em ambiente escolar, anterior e posterior à exibição do programa.

Segundo o Público, o Ministério Público entende que os representantes legais das crianças que participaram no programa “lesaram o direito de personalidade” dos filhos, justificando assim uma ação do MP em nome das crianças.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, o universo pode ser 2 mil milhões de anos mais novo do que pensávamos

Novos cálculos sugerem que o universo pode ser dois mil milhões de anos mais novo do que aquilo que se pensava. Contudo, é difícil saber com exatidão a sua verdadeira idade. Os cientistas calculam a idade …

O maior vulcão de uma lua de Júpiter pode estar prestes a entrar em erupção

O maior vulcão de Io, uma das quatro grandes luas de Júpiter, pode estar prestes a explodir. Décadas de observação mostram um ciclo periódico nas erupções deste vulcão. De acordo com o Science Alert, o vulcão …

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …