Sul-africano cruza o Atlântico com um remo sobre uma prancha adaptada

(dr) Chris Bertish

Chris Bertish cruza o Atlântico

Chris Bertish cruza o Atlântico

Chama Chris Bertish, tem 42 anos e acabou de fazer história: cruzou sozinho o oceano Atlântico numa prancha de stand-up paddle adaptada.

O sul-africano Chris Bertish completou a proeza esta quinta-feira, depois de passar 93 dias em mar aberto, percorrendo 4,5 mil milhas náuticas (cerca de 7,5 mil quilómetros) com a ajuda de uma prancha e um remo.

A viagem começou no dia 6 de dezembro do ano passado, quando Bertish deixou o porto de Agadir, no Marrocos. A sua localização foi monitorizada por satélite durante toda a travessia, que incluiu uma passagem nas margens das Ilhas Canárias espanholas antes de entrar no Atlântico.

Na manhã desta quinta-feira, Bertish avistou terra firme e desembarcou na Ilha de Antígua, do país caribenho Antígua e Barbuda.

No trajecto, Bertish bateu um novo recorde: o de maior distância percorrida por uma pessoa sem ajuda em mar aberto – 71,96 milhas (cerca de 115 quilómetros).

Conhecido por surfar ondas gigantes, Chris Bertish pratica a modalidade de travessia em stand-up paddle, em que o atleta rema de pé sobre uma prancha.

“Quanto mais tempo puder passar no oceano, não importa em que modalidade, melhor. Sou um homem da água e o oceano é a minha inspiração. É onde eu realmente me sinto vivo, à vontade, feliz, e livre”, diz.

Bertish usou uma prancha com um pequeno compartimento na parte da frente, onde podia abrigar-se para descansar, nos momentos de mau tempo, e à noite. A prancha foi projetada sob medida para ajudar o sul-africano a manter a direcção, apesar das altas ondas do mar aberto.

A prancha tem dois painéis solares que abastecem o equipamento eletrónico que permitiu a Bertish usar o GPS, além de um rádio, um telefone via satélite, um computador, um radar e alguns outros dispositivos.

Este equipamento permitiu a Bertish partilhar no Facebook várias fotos da sua jornada, durante a qual houve dias de sol e dias de tempestade, navios e até um tubarão.

Chris Bertish na sua prancha

Chris Bertish na sua prancha

Bertish tinha também um compartimento para armazenar água e comida, além de suprimentos de emergência, que lhe permitiram sobreviver mais de 50 dias em alto-mar. Em várias ocasiões, as condições meteorológicas obrigaram-no a retroceder, mas Bertish nunca desistiu.

A viagem também serviu para que o sul-africano ganhasse 400 mil dólares em patrocínios, que serão destinados a instituições de caridade, conforme explica no seu site. Bertish espera construir cinco escolas na África do Sul, criar um fundo para alimentar crianças e outro fundo para custear cirurgias infantis de lábio leporino.

// BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Estados Unidos filtram imigrantes que possam ser um "fardo" para o país

Os imigrantes que optem por residir permanentemente nos EUA, mas que o Governo considere que são um encargo para as finanças públicas, podem ver negado o seu visto, de acordo com uma lei que entra …

"A solução única é apoiar a minha candidatura". CDS e Chega reúnem-se para falar sobre as presidenciais

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, vai reunir-se na quinta-feira com o deputado e líder do Chega, André Ventura, na Assembleia da República. A reunião "de cortesia" foi pedida pelo CDS, para "apresentação de …

Gordura à volta dos vasos sanguíneos pode ajudar a mantê-los saudáveis

A gordura encontrada à volta das artérias pode ajudar a manter os vasos sanguíneos saudáveis, ajudando a reduzir a tensão deles quando esticam. A gordura à volta das artérias, conhecida como tecido adiposo perivascular, pode …

Sporting disposto a pagar 5 milhões ao Sp. Braga por Rúben Amorim

O Sporting estará decidido a "roubar" o treinador Rúben Amorim ao Sporting de Braga. E para isso poderá pagar cinco milhões de euros, incluindo jogadores nas negociações, segundo a CMTV. O percurso vitorioso do Sp. Braga …

Rui Pinto apresenta queixa contra Portugal na União Europeia

A defesa de Rui Pinto, criador do Football Leaks, anunciou esta segunda-feira que vai apresentar uma queixa contra Portugal na União Europeia, alegando que as regras europeias de extradição do seu constituinte não foram respeitadas. “Houve …

Português infetado com coronavírus no Japão já foi transferido para o hospital

O português infetado com o coronavírus Covid-19 num navio de cruzeiros no Japão foi esta terça-feira transferido para um hospital na cidade de Okazaki. A mulher de Adriano Maranhão afirmou à agência Lusa que tinha acabado …

Cientistas descobrem novo estado eletrónico da matéria

Uma equipa de cientistas norte-americanos observou um novo estado da matéria, que mostra que os eletrões podem unir-se de maneira semelhante à forma como os quarks se combinam para formar neutrões e protões. Normalmente, os eletrões …

"Célula de combustível reversa" converte resíduos de carbono em produtos valiosos

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciou o desenvolvimento de um eletrolisador capaz de produzir produtos químicos valiosos a partir de CO2 e eletricidade limpa com uma velocidade 10 vezes superior …

Descobertas da missão Juno alimentam mistério da água em Júpiter

A missão Juno da NASA forneceu os seus primeiros resultados científicos sobre a quantidade de água na atmosfera de Júpiter. Publicados recentemente na revista científica especializada Nature Astronomy, os resultados da Juno estimam que, no …

Os humanos podem descender de marcianos antigos, diz Bill Nye

Bill Nye defendeu recentemente que é importante continuar a financiar a agência espacial norte-americana, especialmente se as missões levadas a cabo pela NASA no futuro ajudarem a responder a uma questão há anos tira o …