Spotify processado em mais de 1,3 mil milhões de euros devido a direitos de autor

LeWeb14 / Flickr

Daniel Ek, fundador do Spotify.

A Wixen Music Publishing alega que o Spotify disponibiliza canções que não estão devidamente licenciadas e processou o serviço de streaming musical em mais de 1,3 mil milhões de euros.

A Wixen Music Publishing, responsável pelas licenças de artistas como Neil Young, The Black Keys ou Tom Petty, processou o Spotify no valor de 1,6 mil milhões de dólares devido a infrações de direitos de compositores e editores e alega que o serviço de streaming de música disponibiliza canções que não estão devidamente licenciadas.

Na acusação lê-se que “antes do lançamento nos Estados Unidos, o Spotify tentou licenciar discos num trabalho com as editoras, mas na ânsia de querer ser o primeiro a chegar ao mercado não se esforçou o suficiente para recolher a informação necessária sobre a composição das canções”.

Em muitos casos, alega a empresa, “o Spotify falhou no licenciamento das composições incorporadas dentro de cada gravação, sem cumprir com os requisitos da Secção 115 dos Direitos de Autor”.

De acordo com o The Verge, a empresa sueca afirma que a Wixen não deu aos seus clientes o tempo suficiente para escolherem se queriam ser incluídos na ação judicial. O valor da indemnização pedida pela Wixen Music Publishing é de 1,6 mil milhões de dólares, pouco mais de 1,3 mil milhões de euros.

Mas a luta entre o Spotify e as restantes players da indústria musical não é nova.

Segundo o Observador, em maio, o Spotify tentou chegar a um acordo no valor de 43 milhões de dólares com artistas e editoras, e assinou parcerias com as três maiores empresas do setor – a Warner, a Universal e a Sony. Este ano, espera-se que a empresa sueca seja admitida em bolsa.

No mercado de streaming pago, o Spotify é o serviço líder com mais de 30 milhões de utilizadores premium, que geram cerca de dez milhões de receitas à empresa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas nazis criaram um pesticida alternativo ao DDT (que até era melhor)

Cientistas nazis criaram uma alternativa ao inseticida DDT, que alegadamente seria menos tóxica para os mamíferos e de ação mais rápida. A sua produção viria a terminar abruptamente por intervenção das forças Aliadas. O DDT é …

Operação Rota do Cabo leva à detenção de 22 pessoas

A Procuradoria-geral Distrital de Lisboa (PGDL) anunciou hoje a detenção de 22 pessoas no âmbito a operação Rota do Cabo, efetuada para desmantelar uma alegada rede criminosa de auxílio à imigração ilegal. Em comunicado, a PGDL …

Garcia de Orta. Governo admite recorrer a pediatras do privado para assegurar urgência

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos, disse que a falta de médicos pediatras nas urgências do hospital Garcia de Orta “é uma situação que não é possível resolver de um …

Cientistas descobrem um novo benefício de tomar chá

https://vimeo.com/366605754 Se já se sabia que beber chá era bom para a nossa saúde, uma nova investigação vem confirmar ainda mais essa ideia. Cientistas encontraram no chá um novo benefício para o nosso cérebro. Várias investigações apontam …

Governo da Escócia quer novo referendo sobre independência em 2020

A ministra principal da Escócia e líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP), Nicola Sturgeon, afirmou esta terça-feira que quer um novo referendo sobre a independência em 2020 e abrir negociações com Londres até ao fim …

As bactérias contradizem Darwin: a mais apta não sobrevive

Uma recente investigação levada a cabo pela Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, revela que, no que diz respeito às bactérias, a "sobrevivência das mais cooperativas" excede a "sobrevivência das mais fortes". As bactérias são capazes de …

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …