Sporting vs D. Chaves | O regresso do holandês voador

O Sporting regressou aos triunfos na Liga NOS, com uma vitória folgada, por 5-1, diante do Chaves, no Estádio de Alvalade.

Após mais de mês e meio sem marcar, Bas Dost rebateu todas as críticas ao apontar três dos cinco golos da sua equipa, com Acuña a fechar as contas com um bis – ele que ainda não marcara para o campeonato.

Davidson, já nos descontos, ainda conseguiu fazer o golo de honra do Chaves, que rematou muito, mas de forma pouco eficaz.

O Jogo explicado em Números

  • Entrada de “gigante” do Sporting, que chegou à vantagem logo aos seis minutos, numa entrada fulgurante de Bas Dost ao primeiro poste, dando a melhor sequência a um canto batido por Bruno Fernandes através de um cabeceamento certeiro. Os minutos iniciais ficaram marcados pelo ligeiro ascendente do Sporting (54% de posse de bola, 2-0 em remates), com a particularidade de ambas as equipas terem errado bastantes passes (78% de eficácia para os da casa, 69% para os visitantes).
  • Ainda antes do final do primeiro quarto-de-hora surgiu o 2-0, novamente com Bas Dost, a finalizar de cabeça após cruzamento de Podence, que aparecia em grande destaque no regresso à titularidade para o campeonato – algo que não acontecia desde a segunda jornada.
  • À entrada para os últimos 15 minutos da primeira parte, o Sporting era a única equipa com remates à baliza, embora o Chaves por três vezes tivesse tentado alvejar a baliza defendida por Rui Patrício. Os “leões” tinham ainda ligeira vantagem na posse de bola (53%-47%) e na eficácia na distribuição (85%-81%).
  • Aos 38 minutos, Bas Dost teve nos pés a oportunidade de fazer o 3-0, mas o “chapéu” a Ricardo Nunes saiu ao lado, acabando por desperdiçar uma soberba entrega de Podence, que igualava Bruno Fernandes em número de passes para finalização (2). Momentos depois os “leões” acabariam por ampliar a vantagem, desta vez por Acuña, que só teve de encostar depois de uma excelente combinação entre Dost e Gelson Martins.
  • Terminada a primeira parte havia a destacar o domínio da equipa do Sporting, que mostrara eficácia máxima na hora de rematar à balizar, convertendo em golo os três disparos à baliza defendida por Ricardo, que era até então o pior da noite, com 4.0 nos GoalPoint Ratings. O melhor mesmo era, sem surpresa, Bas Dost, que liderava a lista com nota 7.1, apesar de até ter falhado uma ocasião flagrante de golo. Do lado do Chaves, o destaque ia para Djavan 5.5, que contabilizava um remate enquadrado, dois dribles eficazes e três intercepções.
  • Excelente entrada do Chaves na segunda parte, a pressionar bem o adversário e a encontrar espaços que não existiram no primeiro tempo. Nos minutos iniciais, a equipa flaviense rematou por duas vezes (nenhuma delas à baliza), mas foi o Sporting que chegou ao golo, novamente por Acuña, que “fuzilou” a baliza defendida por Ricardo Nunes. Bas Dost foi quem entregou a bola ao argentino, mas mérito também para Piccini, que surgiu no meio para servir o holandês.
  • Exibição praticamente irrepreensível de Sebastián Coates que, aos 70 minutos, era o sportinguista com mais passes (52) e toques na bola (63). A isto, o defesa uruguaio somava ainda um passe para finalização, dez acções defensivas e quatro duelos ganhos.
  • Bas Dost quis provar que não há duas sem três e chegou ao “hat-trick” aos 75 minutos, com um cabeceamento à boca da baliza após um cruzamento de Piccini. O lateral italiano, que até então não fizera nenhum passe para finalização, chegava assim às duas assistências no campeonato português.
  • Já perto do apito final o Chaves conseguiu apontar o golo de honra, numa jogada individual de Davidson, a passar por dois adversários antes de fazer um chapéu a Rui Patrício. Ainda assim, nada que retira o brilho a uma exibição bastante completa da equipa leonina, que conseguiu o feito de marcar por cinco vezes nos cinco remates enquadrados que realizou.

O Homem do Jogo

Bas Dost está de volta aos golos. Mais de mês e meio depois de fazer balançar as redes contrárias pela última vez, o holandês voltou a fazer aquilo que melhor sabe, e logo por três vezes.

O avançado sportinguista marcou em três dos quatro remates que fez, e até poderia ter apontado um quarto golo, não tivesse falhado uma ocasião flagrante. Este último ponto, aliado ao facto de ter feito apenas 11 passes (sete deles certos) e de ter sido apanhado quatro vezes em fora-de-jogo, ajuda a explicar o porquê de Bas Dost ter-se ficado por 8.4 nos  GoalPoint Ratings.

Mas nem só de golos se fez a exibição do holandês: ao “hat-trick”, o goleador “leonino” somou ainda uma assistência, no único passe para finalização que fez, e quatro duelos ganhos em seis disputados.

https://twitter.com/_Goalpoint/status/922204958363090944

Jogadores em foco

  • Acuña 7.8 – O argentino rubricou a sua melhor exibição desde que chegou a Alvalade. Marcou dois golos, nos únicos remates que fez, colocou a bola na área contrária por quatro vezes – tantas quanto o número de acções defensivas que realizou.
  • Davidson 7.1 – Assinou um belo golo, já perto do fim, tendo sido o autor dos dois únicos remates enquadrados do Chaves. Foi feliz em duas das suas quatro tentativas de drible e disputou 19 duelos, vencendo nove.
  • Coates 6.5 – Excelente exibição, tanto a atacar como a defender. Ninguém fez mais passes do que ele (65) e ninguém interagiu tanto com a bola (78). Foi ainda o jogador com mais acções defensivas em campo, 12, das quais quatro foram desarmes e cinco intercepções.
  • Podence 6.3 – Brilhou no regresso à titularidade. Criou duas ocasiões flagrantes de golo, uma delas aproveitada por Bas Dost, colocou nove vezes a bola na área contrária e acertou 18 dos seus 22 passes.
  • Ricardo Nunes 4.1 – Noite para esquecer do guardião português, que sofreu cinco golos… sem sequer ter feito uma defesa. A sua única acção durante a partida foi uma saída pelo solo.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …