Somague confirma despedimento coletivo de 300 trabalhadores

A construtura Somague confirmou, esta terça-feira, que vai avançar com um despedimento coletivo de 300 trabalhadores, para tornar a empresa competitiva, motivada pelas dificuldades em Angola e no Brasil, principais mercados internacionais onde opera.

“A atividade da Somague tem vindo a sofrer uma continuada e significativa quebra. Em 2015 iniciou-se um processo de reestruturação que agora se conclui e que será o último, tendo sido estruturado com a finalidade de tornar a empresa de novo competitiva no mercado”, esclareceu a construtora, em resposta enviada à Lusa.

Já hoje o presidente do Sindicato da Construção, Albano Ribeiro, tinha afirmado que a Somague se preparava para avançar com um despedimento coletivo de cerca de 200 trabalhadores, o segundo em menos de dois anos.

“Em menos de dois anos a Somague recorreu a despedimentos coletivos. Primeiro em 2015 e agora quer despedir mais 200 trabalhadores, do total de 800 funcionários da construtora”, indicou.

A empresa explica que “o despedimento coletivo é o mecanismo previsto pela lei portuguesa para processos de reestruturação de pessoal”, sublinhando que “o recurso a esta forma de cessação dos contratos de trabalho dos colaboradores afetados supõe uma garantia legal para os trabalhadores” no que respeita “a garantir a consistência e tratar com igualdade todos os trabalhadores”, manter o direito pelos direitos laborais e garantir o acesso ao subsídio de desemprego.

O dirigente sindical já tinha referido que a construtora avançou para este despedimento por causa de uma redução “na carteira de encomendas das obras”.

Para o representante dos trabalhadores, esta situação não se justifica, uma vez que “hoje a situação económica do país é mais saudável”, em parte, “devido ao contributo do setor da construção”.

“Neste momento se avançarem todas as infraestruturas para as quais a Somague está vocacionada, Portugal não tem trabalhadores suficientes e, por isso, terá que recorrer a mão-de-obra estrangeira”, vincou.

“Queremos que a administração diga se os despedimentos vão parar por aqui ou se vão continuar”, concluiu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estes mafiosos da Samague, com a “ajuda” do então presidente da Câmara de Barcelos – Fernando Reis (e de outros municípios onde aconteceu o mesmo), fizeram contratos completamente fraudulentos com os municípios, onde defraudaram completamente o município/interesse publico, e, mesmo com essas burlas (e com a água paga a peso do ouro), não conseguiram manter a empresa viável?!
    Cadeia ainda é pouco para estes bandidos incompetentes que nem para roubar servem!!

RESPONDER

Trump cancela visita à Dinamarca por Gronelândia não estar à venda

Donald Trump cancelou a visita que tinha agendada à Dinamarca depois de a primeira-ministra dinamarquesa se ter recusado a vender a Gronelândia aos Estados Unidos. Apesar de ter admitido anteriormente que a sua visita à Dinamarca …

Supremo Tribunal recusa recurso de George Pell. Cardeal continua a cumprir pena de prisão por abuso de menores

O Supremo Tribunal do estado australiano de Victoria decidiu recusar o recurso que foi interposto pelos advogados do cardeal australiano George Pell contra a sua condenação a seis anos de prisão por pedofilia. De acordo com …

Já sabemos como era o rosto de Hilda, uma das druidas mais antigas da Escócia

Uma estudante da Universidade de Dundee, na Escócia, revelou o rosto de um dos druidas mais antigos do país através de uma reconstrução 3D super detalhada. Hilda foi uma mulher druida que viveu durante a Idade …

Refugiados vindos da Turquia já chegaram a Portugal

Um grupo de 16 refugiados chegou na tarde desta terça-feira a Portugal proveniente de Istambul, na Turquia, ao abrigo do Programa Voluntário de Reinstalação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), anunciou …

Militares na reserva e reforma fazem queixa-crime contra Gomes Cravinho

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, foi alvo de uma queixa-crime junto da Procuradoria-Geral da República (PGR) pela alegada prática do crime de ofensa a organismo serviço ou pessoa coletiva. A notícia é avançada pelo …

SEF recorre ao Ministério Público por suspeita de venda de vagas de atendimento

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) apresentou uma participação ao Ministério Público, por indícios de crime de auxílio à imigração ilegal, devido à alegada venda de vagas de atendimento em portais de anúncios classificados. A …

Cientistas desmascaram teoria comum sobre canhotos

Desde sempre houve muitas alegações sobre o que significa ser canhoto e se muda o tipo de pessoa que alguém é — mas a verdade é quase um enigma. Mitos sobre a lateralidade aparecem ano após …

Arranca a greve na Ryanair. Empresa não descarta atrasos ou mudanças de voos

Os tripulantes da Ryanair começam esta quarta-feira uma greve de cinco dias, até domingo, convocada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) e que conta com serviços mínimos decretados pelo Governo. Nesta …

O navio Open Arms já atracou em Lampedusa

O navio Open Arms chegou ao porto da ilha de Lampedusa por volta da meia-noite, hora italiana, depois do procurador de Agrigento, Luigi Patronaggio, ter ordenado a apreensão do navio e o desembarque imediato dos …

Fernando Haddad condenado a quatro anos e meio de prisão

O ex-prefeito de São Paulo e antigo candidato às Presidenciais brasileiras foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, por recursos financeiros não declarados durante a eleição municipal de 2012. Fernando …