“Só mais 5 minutos” de televisão é muito pior do que falta de aviso

Pixel y Dixel / Flickr

-

Um novo estudo norte-americano descobriu que as crianças reagem melhor quando a televisão ou o tablet são desligados sem qualquer aviso prévio.

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington entrevistou 28 famílias com crianças entre um e cinco anos para recolher dados sobre os hábitos dos jovens relativamente à TV – e outros ecrãs.

No decorrer do estudo foi pedido aos participantes que descrevessem como foi a interacção das crianças com dispositivos multimédia, como a TV ou tablets, durante duas semanas.

Entre outros detalhes, o estudo recolheu dados sobre quanto tempo as crianças utilizavam os aparelhos e se ficavam tristes quando se lhes pedia que os desligassem.

Os investigadores descobriram que as crianças ficaram muito mais tristes, e com mais frequência, quando os pais as avisavam, antes de desligar, de que o tempo de TV ou do jogo estava a acabar, do que quando eram desligados sem aviso prévio.

“Nós pensávamos que dar às crianças um aviso um pouco antes, para ajustar as suas expectativas, iria ajudar as coisas a correrem melhor, mas isso, na verdade, deixou-as bem pior”, explica um dos autores do estudo, Alexis Hiniker, ao jornal americano “New York Times“.

(PD/CC0) PDP / pixabat

-

Ao desligar os dispositivos sem aviso prévio, os pais podem ser melhor sucedidos a enganar as crianças

A investigadora Julie Kentz, co-autora do estudo, acredita que em vez de facilitar a transição da criança, o aviso acaba por prepará-las para lutar contra a perda imposta do tempo de entretenimento.

Segundo Hiniker, os programas ou jogos que mostram uma pré-visualização dos próximos episódios ou antecipam o que vai acontecer a seguir  tornam mais difícil para a criança afastar-se do ecrã.

Ao desligar os dispositivos sem aviso prévio, os pais podem ser melhor sucedidos a enganar as crianças – e atirar a culpa para cima da tecnologia, alegando que a bateria acabou, ou que a internet deixou de funcionar, por exemplo.

De acordo com o estudo, uma outra táctica que ajudou as crianças a não ficarem tristes foi a de agendar na sua rotina diária, como se fosse um compromisso, o tempo para jogar, ver TV ou usar tablets.

E quando o aparelho é desligado sempre num momento específico – quando o almoço está pronto, por exemplo – as crianças não argumentavam nem ficavam tão chateadas.

De qualquer forma, o importante é mesmo conseguir afastar de vez em quando as crianças dos seus ecrãs – não só faz bem à vista, como até lhes dá mais vontade de fazer o TPC.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Iniciativa Liberal pede audição urgente de Costa e Silva

O deputado único João Cotrim Figueiredo solicitou, na quarta-feira, com caráter de urgência, uma audição de António Costa Silva, defendendo que cabe aos partidos “questionar previamente” o conselheiro sobre o plano de recuperação económica. A Iniciativa …

"O vírus não existe". Em Itália, os "coletes laranja" exigem a queda do Governo (e que o país saia da UE)

Inspirados nos Coletes Amarelos franceses, nasceram os "coletes laranjas" em Itália, um movimento de contestação contra o Governo que acredita que "o vírus não existe". Apesar de ainda não ser um movimento muito grande, há já …

Época balnear arranca no sábado, mas começa mais tarde no Norte

A época balnear arranca no próximo sábado, 6 de junho, mas não em todo o país. No Norte de Portugal só começa a 27 de junho. Segundo o despacho publicado esta quinta-feira em Diário da República, …

Um terço das empresas de restauração não reabriu

Cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%, revelou a associação representativa do setor. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares …

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …