Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só “âncora”

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado para contornar esse problema, pois permite que vários barcos partilhem uma mesma “âncora”.

Projetado por uma empresa francesa com o mesmo nome, o Seafloat incorpora plataformas de atracação flutuantes, nas quais vários barcos se prendem da mesma forma que fariam numa doca em terra.

De acordo com o NewAtlas, cada plataforma é mantida no lugar por um único módulo, que funciona de forma um pouco diferente da configuração tradicional de uma corrente e âncora.

A base submersa do módulo é uma grande estrutura de aço em forma de X, que fica deitada de costas imediatamente adjacente ao fundo do mar. O módulo não fica contra a areia, uma vez que é mantido um pouco acima por uma série de estacas.

A conexão dessa base à plataforma é uma estrutura vertical semelhante a um pistão, cujas duas extremidades giram 360 graus em relação à parte superior da base e à parte inferior da plataforma.

À medida que a maré move a plataforma para cima e para baixo, para frente e para trás, o eixo do pistão move-se para dentro e para fora do corpo principal conforme o movimento das ondas. Isto mantém a plataforma mais ou menos no mesmo local, além de evitar que seja puxada para debaixo de água. Além disso, ao contrário de uma corrente de âncora, o “pistão” facilita a paragem da plataforma.

Os planos exigem que vários tipos de plataformas sejam fabricados. Isso inclui unidades de ancoragem retas que acomodam de três a 16 lanchas ou iates; unidades de mergulho com vestiários; unidades de heliporto; ou unidades multiusos nas quais lojas, restaurantes ou estações de serviço poderão ser construídas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …