Justiça decide que “noiva do Daesh” pode voltar ao Reino Unido para contestar perda de nacionalidade

(dr) BBC News

Shamima Begum, a jovem britânica que fugiu para a Síria para se juntar ao Daesh

A justiça britânica decidiu, esta quinta-feira, que a britânica pode voltar ao Reino Unido para contestar a decisão que lhe retirou a nacionalidade. O Ministério do Interior já anunciou que vai recorrer.

O Tribunal de Recurso britânico decidiu, esta quinta-feira, que Shamima Begum deve ser autorizada a regressar ao Reino Unido para contestar a decisão do Ministério do Interior, que lhe retirou a nacionalidade britânica, avança o jornal The Guardian.

A jovem, agora com 20 anos, foi uma das três raparigas britânicas que, em 2015, fugiram para a Síria para se juntarem a um grupo do Daesh. Foi encontrada, quatro anos depois, grávida, num campo de refugiados no mesmo país. Os dois primeiros filhos morreram.

Confrontado com o desejo da jovem, de origem bengali, em voltar ao seu país, o Governo britânico invocou questões de segurança nacional. Ben Wallace, na altura ministro da Segurança, afirmou que não iria “pôr em perigo a vida dos britânicos para ir buscar terroristas ou ex-terroristas de um estado falhado”. Agora, a Justiça britânica intercedeu por Shamima.

“A imparcialidade e a justiça devem, tendo em conta os factos deste caso, ultrapassar as preocupações com a segurança nacional, para que seja autorizada a apresentação de um recurso”, disseram os juízes, citados pela BBC.

Os magistrados consideraram ainda que se a jovem for, de facto, um risco para a segurança do país “poderá ser presa e acusada” quando chegar ao Reino Unido, ficando detida até ao seu julgamento.

O Ministério do Interior já reagiu à decisão do tribunal, tendo considerado que foi “muito dececionante”, e que vai pedir autorização para recorrer.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Uma vergonha permitir que possa sequer por um pé na Europa. Terroristas não têm direitos, abdicaram deles quando decidiram pelo terrorismo.
    Já agora… “bangladeshi”? Que raio de palavra é esta? Se é de Bengala é bengalesa.

  2. A Justiça Britânica (a ser verdade), vem de autorizar esta anormal a por os pés em território Britânico, talvez seja para homenagear as vitimas esfaqueadas e assassinadas de outras formas em Inglaterra por estes assassinos aos quais se juntaram Estas e Outras cúmplices. Por outro lado se for para a prender e condenar, então sim deixem-a regressar, os calabouços da torre de Londres ainda devem servir para tais criaturas !

  3. Se a Justiça inglesa os tiver no sítio, não deixa entrar no país uma gaja que sabia que ia ajudar a matar inocentes cujos futuros ”maridos” degolaram e estriparam pessoas que não tinham nada a ver. Gostava que lhe fizessem o que ela ou os ‘maridos’ fizeram e, nem um passo para entrar no Reino Unido. Deixem-na estar na Síria ou no diabo que a carregue. Tão valentes quando saem e tão cobardes e pedinchões quando chegam. Rua!

RESPONDER

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …