/

“Casa dos horrores.” Sete cães encontrados mortos em arcas congeladoras e armários em Loures

1

Oscar in the middle / Flickr

“Uma casa dos horrores”, é assim que quem participou na operação descreve o cenário. Oito cães abandonados foram encontrados numa moradia em Bucelas, Loures, na quinta-feira. Sete dos animais estavam mortos.

O IRA – Intervenção e Resgate Animal recebeu uma denúncia da situação através das redes sociais e reportou às autoridades. Segundo o Público, a Guarda Nacional Republicana (GNR) de Loures esteve no local e foi aberta uma investigação pela suspeita forte do crime contra animais de companhia.

O Canil Municipal de Loures esteve também no local e recolheu os animais. O único sobrevivente foi transportado para o Gabinete Médico-Veterinário Municipal de Loures para relatório de perícia. Depois disso, o IRA garante que irá recolher o animal.

O diário revela que um indivíduo terá abandonado os animais sem água nem comida e que os cães terão sido encontrados dentro de arcas congeladoras e de armários.

“Cães mortos dentro de arcas congeladoras na garagem, dentro dos armários dos quartos, dentro de canis no quintal. Cães que foram morrendo lentamente. Dia após dia, à fome e à sede”, detalhou a associação.

O presidente da direção do IRA referiu que os vizinhos já se queixavam do cheiro e do barulho que vinham da “casa dos horrores”, onde estavam também pertences pessoais do indivíduo que já não era visto por ali desde dezembro.

Apesar de o indivíduo já ter sido identificado pelas autoridades, não era claro o seu paradeiro. Segundo o Correio da Manhã, o suspeito entregou-se no posto de GNR de Bucelas este sábado de manhã.

A denúncia, citada pela TVI24, refere que o suspeito “residia em Bucelas onde fazia criação de raças (Bull Terriers, Bulldogs franceses, Pastores Belgas e outras). Abandonou a sua residência e deixou os animais à sua (nenhuma) sorte”.

  Liliana Malainho, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.