Permanecer sentado muito tempo prejudica a nossa memória

Um estudo recente conclui que passar demasiado tempo sentado pode levar à perda de massa em regiões do cérebro relacionadas com a memória.

Esta não é a primeira vez que os cientistas alertam para as consequências negativas de uma vida sedentária. No entanto, desta vez, uma investigação da Universidade da Califórnia (UCLA), em Los Angeles, indica que passar muito tempo sentado pode provocar alterações numa parte do cérebro que é crítica para a formação de novas memórias.

Os investigadores centraram-se em determinar qual a relação existente entre os níveis de atividade física e o tamanho do lobo médio temporal, uma região encefálica que fica localizada na parte lateral do cérebro e é responsável pela gestão da memória.

Às 35 pessoas envolvidas neste estudo, com idades compreendidas entre os 45 e os 75 anos, os cientistas perguntaram quantas horas semanais dedicavam à prática de exercício físico e, pelo contrário, quantas horas por semana ficavam sentados no sofá, por exemplo.

Posteriormente, e através de imagens obtidas por ressonância magnética, os investigadores mediram a grossura do lobo médio temporal de cada um dos participantes.

Depois de determinar as correlações entre essas variáveis, os responsáveis pela investigação descobriram que permanecer sentado durante períodos de tempo prolongados está estreitamente relacionado com a perda de massa no lobo médio temporal.

“A perda de massa do lobo médio temporal pode ser um precursor de declínio cognitivo e demência em pessoas idosas ou de meia-idade”, explicam os autores do estudo, publicado este mês na PLOS One.

No entanto, os investigadores salientam que este este trabalho prova que passar mais horas sentado está associado a regiões cerebrais com menos massa, mas não prova que estar sentado por períodos de tempo demasiado longos provoca perda de massa nas estruturas cerebrais.

Assim, os investigadores recomendam reduzir os hábitos sedentários desta população, de modo a melhorar a saúde do cérebro e reduzir o risco de Alzheimer.

O resultado deste estudo permite concluir que o comportamento sedentário permite prever, de forma estatisticamente significativa, a perda de massa do lobo médio temporal. Além disso, manter uma atividade física, mesmo que de forma intensa, é insuficiente para recuperar os efeitos negativos do sedentarismo.

ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …