Com o pretexto de paz, “senhor da guerra” vai ganhando poder na República Centro-Africana

O “senhor da guerra” Ali Darassa foi pago pelo presidente da República Centro-Africana e já influenciou a demissão de um ministro numa tentativa de manter a paz no país.

A República Centro-Africana é um país atormentado por instabilidade social, política e económica. No ano passado, foi emitido um decreto presidencial que nomeou líderes dos 14 grupos armados que controlam a maior parte do país como conselheiros do governo. O acordo de paz foi uma solução de último recurso para evitar o pior.

Enquanto alguns líderes rebeldes permaneceram no governo, outros renegaram desde então. Ali Darassa, líder do grupo União para a Paz na República Centro-Africana (UPC), é um destes últimos. De acordo com o OZY, o “senhor da guerra” está novamente a ser cortejado pelo governo, tenta desesperadamente manter a paz a todo o custo.

Para tal, o presidente do país enviou um avião privado para trazer Ali Darassa à capital, deu-lhe algum dinheiro e demitiu um ministro a mando do líder rebelde.

A UPC de Darassa, que controla o centro do país, trava atualmente uma guerra sangrenta contra a Frente Popular para o Renascimento da República Centro-Africana, um grupo político-militar fundado em 2014 após a implosão da Seleka.

Numa altura em que o jihadismo ganha força na região, Ali Darassa está a envolver-se com o governo para lhe conferir legitimidade para levar a cabo as suas ações. Há quem acredite que o líder da UPC pode ser um forte candidato nas próximas eleições do país.

A insatisfação de alguns grupos rebeldes com o acordo de paz pode representar um problema, salienta a analista política Hans De Marie Heungoup. “A maioria dos grupos armados não gosta do presidente Touadera, mas desgostam ainda mais da oposição. Mesmo que grupos armados quisessem atrapalhar diretamente as eleições, agora duvido que possam. Foram consideravelmente enfraquecidos nos últimos nove meses”, explicou a especialista.

Em contrapartida, a influência de Darassa vai crescendo e o “senhor da guerra” africano pode usá-la para os seus mais mundanos propósitos.

Apesar de ser rico em minerais e outros recursos, tais como reservas de urânio, petróleo, ouro, diamantes, madeira e energia hidroelétrica, bem como quantidades significativas de terras aráveis, a República Centro-Africana está entre os dez países mais pobres do mundo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …

Governo da Guiné Equatorial demitiu-se em bloco

O Governo da Guiné Equatorial, liderado pelo primeiro-ministro Francisco Pascual Obama Asue, apresentou a sua demissão em bloco. Em declarações aos jornalistas, o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo em funções, Eugenio Nze Obiang, explicou …

PSP apresenta queixa contra jornal Público por causa de cartoon no "Inimigo Público"

A PSP anunciou esta sexta-feira que vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, “aparentemente relacionado com uma ação com conotação …