As sementes do dente-de-leão são ótimos objetos voadores (e a Ciência descobriu porquê)

Uma equipa de cientistas estudou a ligação entre o número de cerdas em sementes de dente-de-leão e a capacidade dessas sementes viajarem longas distâncias de maneira estável.

As sementes de dente-de-leão conseguem viajar vários quilómetros antes de pousar e essa habilidade torna-as particularmente eficientes. No ano passado, cientistas da Universidade de Edimburgo propuseram-se a analisar mais de perto estas sementes.

A equipa descobriu que, à medida que as sementes flutuam no ar, um anel estável e separado de fluido circulante – chamado anel vórtice – forma-se sobre o pappus das sementes (a coleção em forma de disco de cerdas brancas que funciona como uma espécie de para-quedas), mantendo as sementes lá no alto.

Recentemente, cientistas da École polytechnique fédérale de Lausanne (EPFL), na Suíça, em parceria com cientistas da Universidade de Pisa, na Itália, e da Universidade de Twente, na Holanda, levaram esta investigação ainda mais longe.

De acordo com o Tech Explorist, os cientistas criaram um modelo matemático capaz de simular a dinâmica de fluxo ao redor do pappus à medida que o dente-de-leão se move pelo ar, imitando o anel de vórtice. Através da análise de como as sementes resistem a pequenas turbulências, a equipa conseguiu descobrir que o número de cerdas assume um papel significativo.

O principal autor do artigo científico, Giuseppe Ledda, afirmou que as cerdas têm um papel crucial na estabilidade do voo. “O nosso modelo calculou que o número máximo de cerdas para um voo estável ronda em torno de 100 e, surpreendentemente, é o número de cerdas que as sementes de dente-de-leão contém naturalmente.

Para que um objeto consiga voar a longas distâncias são precisos dois fatores: a trajetória precisa de ser a mais estável possível e o seu arrasto (a força que o ar exerce sobre o objeto na direção oposta do movimento) tem que ser significativa.

Ledda explicou que ter cerca de 100 cerdas otimiza ambos os fatores: se fossem mais, o anel de vórtice seria demasiado grande e criaria arrasto, mas geraria simultaneamente um voo muito instável; se fossem menos, o anel de vórtice seria muito pequeno, o que criaria boa estabilidade, mas não o suficiente.

Este processo de modelagem dos mecanismos que ocorrem na natureza forma a base de um campo conhecido como biomimética. Simone Camarri, outra investigadora que participou no estudo, afirmou que esta investigação poderia ir mais além, nomeadamente analisar de que forma a porosidade de um objeto afeta a sua propulsão e a sua estabilidade.

Estas descobertas podem ter aplicações úteis em objetos projetados para funcionar como um pára-quedas. Os resultados foram publicados no início do mês de julho na Physical Review Letters.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Imperador japonês paga 25 milhões de dólares por ritual secreto para dormir com deusa

Este ritual de sucessão do Imperador Naruhito aconteceu na quinta-feira e envolve dormir com uma deusa do Sol. O templo é construído para o efeito e é destruído depois. O ritual japonês altamente secreto conhecido como …

Para entrar nesta praia italiana, vai ser preciso pagar (e nem todos podem entrar)

Aos pés de uma antiga aldeia de pescadores, La Pelosa é uma atração turística muito célebre. Por isso, a autarquia decidiu tomar medidas para a proteger. A famosa praia tem sido uma vítima da erosão natural …

Laurent Simons será o mais novo licenciado do mundo. Tem 9 anos

O belga Laurent Simons tem apenas 9 anos e estás prestes a bater um recorde: em dezembro, deverá tornar-se o mais novo licenciado do mundo. O "menino prodígio", tal como é apontado pelos média internacionais, ingressou …

Preços dos passes Navegante ficam iguais em 2020

Os preços dos passes Navegante vão manter-se iguais em 2020, no âmbito da estratégia de “promoção da utilização dos transportes públicos coletivos”, anunciou esta sexta-feira a Área Metropolitana de Lisboa (AML). “A Área Metropolitana de Lisboa …

Os burros-táxi de Espanha vão ter horários de trabalho, estábulos novos e deixar de carregar turistas de 80 quilos

Os burros táxis são uma atração turística de Mijas, província de Málaga, no sul de Espanha. Agora foram definidas novas regras que têm em conta os direitos e o bem-estar dos animais. O serviço funciona como …

Vai ser preciso "ser-se rico" para visitar a famosa Ilha de Komodo

Em breve, os turistas que queiram visitar a Ilha de Komodo, o famoso lar de mais de 5.000 dragões de Komodo, terão de ser ricos. O aviso é do Governo local indonésio, que chegou mesmo …

Sócrates saúda saída da prisão de Lula. "Sei que estás em festa, pá"

O antigo primeiro-ministro José Sócrates, acusado de corrupção, considerou que a saída da prisão de Lula da Silva representou uma "reentrada no mundo" do ex-chefe de Estado brasileiro, acontecimento em relação ao qual o PS, …

Ministra da Justiça visitou mãe que abandonou bebé no lixo

A mãe que abandonou o bebé no caixote do lixo em Lisboa está bem de saúde e a receber apoio psicológico, constatou a ministra da Justiça, que esta sexta-feira visitou a jovem na cadeia de …

Ex-embaixadora dos EUA na Ucrânia acusa Trump de intimidação

Marie Yovanovitch, antiga embaixadora dos Estados Unidos na Ucrânia, denunciou esta sexta-feira a existência de uma campanha para a descredibilizar levada a cabo por Donald Trump com ajuda de ucranianos, no inquérito para a destituição …

Subida do Salário Mínimo Nacional vai aumentar as propinas

A subida do Salário Mínimo Nacional para os 635 euros em 2020, vai ter influência em valores a pagar ou a receber, nomeadamente nas propinas mínimas do Ensino Superior público e nos tectos do Fundo …