O segredo dos bigodes dos animais tem a forma de um S (e reside na forma como dobram)

Há muitos mamíferos que têm bigodes para sentirem o ambiente à sua volta, semelhante à sensação do tato. No entanto, os meios pelos quais os bigodes comunicam essa sensação de toque ao cérebro ainda permaneciam um pouco nublados.

Recentemente, uma equipa de cientistas descobriu que os bigodes dos mamíferos não são cobertos por sensores. Em vez disso, a deteção é feita na base do bigode, escondido dentro de um pequeno folículo.

Entrar no folículo para analisar esta transmissão biológica não é uma tarefa fácil, uma vez que é muito difícil de estudar. Uma nova investigação explora uma simulação mecânica inédita de como funciona a deteção dos bigodes.

Os cientistas combinaram algumas observações anatómicas de ratos e criaram uma simulação que mostra que a base do bigode é convertida numa forma de ‘S’ quando é tocada.

O Science Alert explica que a forma de ‘S’ empurra e puxa certas células sensoriais para comunicar ao cérebro o que está a acontecer.

(dr) Yifu Luo e Nadina Zweifel

“A parte do bigode que aciona os sensores de toque está escondida dentro do folículo, por isso é incrivelmente difícil de estudar“, disse Mitra Hartmann, professora de engenharia biomédica da Northwestern University, nos Estados Unidos. “Ao desenvolver novas simulações, podemos obter novas informações sobre processos biológicos que não podem ser medidos diretamente.”

O modelo, detalhado no artigo científico publicado na PLOS Computational Biology, é uma versão simplificada da realidade e usa apenas um conjunto limitado de dados, mas dá aos cientistas algumas dicas úteis sobre como os bigodes se acostumam a sentir um ambiente circundante.

Parte do modelo mecânico envolveu a aplicação da teoria do feixe, frequentemente usada em engenharia e geologia para descobrir como a dobra de materiais ou placas tectónicas podem interagir uns com os outros.

Neste caso, a equipa descobriu que a mudança na forma do bigode seria a mesma, independentemente de estar a ser pressionado ativamente contra algo ou passivamente tocado por um objeto, por exemplo.

“O nosso modelo demonstra consistência no perfil de deformação do bigode entre o toque passivo e o ativo”, afirmou o engenheiro mecânico Yifu Luo, da Northwestern University. Isto significa que o mesmo grupo de células sensoriais “responderá quando o bigode for desviado na mesma direção em ambas as condições”.

“O sentido do tato é incrivelmente importante para quase tudo que fazemos no mundo, mas é muito difícil estudar o toque usando as mãos. Os bigodes fornecem um modelo simplificado para entender a natureza complexa e misteriosa do toque”, disse Hartmann, que acredita que a pesquisa sobre o toque humano beneficiará com este estudo.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …