Putin avisa: Se os Estados Unidos construírem mísseis proibidos, a Rússia fará o mesmo

Konstantin Zavrajin / Kremlin / Sputnik / EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O Presidente russo, Vladimir Putin, avisou esta quinta-feira os Estados Unidos de que, se os norte-americanos começarem a desenvolver mísseis banidos por tratados internacionais, a Rússia fará o mesmo.

As declarações de Putin às agências noticiosas russas acontecem um dia depois de o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, ter anunciado em Washington que as obrigações dos norte-americanos perante o Tratado de Forças Nucleares Intermediárias (INF) ficam suspensas em 60 dias.

O presidente Donald Trump anunciou no início do ano que iria romper o INF, acusando a Rússia e a China – que não é signatária do tratado – de sistemáticas violações.



O Presidente russo sempre negou essa acusação e respondeu esta quinta-feira que a decisão dos EUA de abandonar o INF significa, na realidade, que os norte-americanos pretendem desenvolver os mísseis banidos pelo tratado. E, nesse caso, avisa Vladimir Putin: “Faremos o mesmo”.

Em declarações ao jornalistas nesta quarta-feira, o general Valery Gerasimov, chefe do Estado-Maior das Forças Armadas russas, citado pelo Boston Globe, advertiu sobre uma iminente resposta russa, dizendo que os alvos imediatos da Rússia seriam os países que hospedam os mísseis de alcance intermédio dos Estados Unidos.

Assinado em 1987 entre os Estados Unidos e a União Soviética, o tratado INF foi muito elogiado por representar uma importante salvaguarda para a segurança global, uma vez que foram eliminados os mísseis balístico de menor alcance que levaram apenas alguns minutos para atingir os seus alvos. A remoção destas armas permitiria, em teoria, ter mais tempo para a tomada de decisões num caso de ataque. Além disso, o acordo estabeleceu que os países podiam inspecionar as bases militares do outro Estado.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …