Scientific American anuncia apoio a Biden. É a primeira vez que apoia um candidato presidencial

Ao longo dos seus 175 anos de história, a Scientific American nunca tinha apoiado um candidato presidencial. Agora assume que “chegou a altura de tirar Trump (do poder) e eleger Biden, que tem um historial de seguir os dados e de ser guiado pela ciência”, dizem os editores da revista científica.

A Scientific American anunciou, na terça-feira, que apoia o democrata Joe Biden nas eleições presidenciais de Novembro nos Estados Unidos. No texto em que justificam a decisão, os editores da Scientific American começam por destacar que esta opção não foi feita “de ânimo leve”, mas garantem que este foram “obrigados a fazê-lo”.

Os editores da revista criticam a forma como o atual presidente tem lidado com a pandemia: “As provas e a ciência mostram que Donald Trump prejudicou gravemente os EUA e o seu povo – porque ele rejeita as evidências e a ciência”, acrescentando ainda que Trump teve uma “resposta desonesta” em relação à evolução do vírus“.

De acordo com o Público, a revista explica que os “ataque aos cuidados médicos e aos investigadores e agências científicas públicas” fazem com que se sintam na obrigação de apoiar o candidato democrata na corrida às presidenciais.

Segundo a publicação, Joe Biden está a “oferecer planos baseados em factos para proteger a nossa saúde, a nossa economia e o ambiente”, ao contrário de Trump, que foi alertado para a propagação da covid-19, mas “não desenvolveu uma estratégia nacional para fornecer equipamento de proteção”.

Os responsáveis da Scientific American referem outros erros no combate à pandemia nos Estados Unidos – como a não utilização de máscara em espaços públicos – indicando que se poderiam salvar cerca de 66 mil vidas até dezembro, de acordo com uma projeção da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington.

Na publicação pode ler-se que Trump “mente repetidamente ao público sobre a ameaça mortal da doença, dizendo que não era uma preocupação séria” e por equiparar a covid-19 a uma gripe. “As suas mentiras encorajaram as pessoas a envolverem-se em comportamentos de risco, espalhando ainda mais o vírus”, apontam.

Por estas razões, a revista cientifica diz que Joe Biden está “preparado com planos para controlar a covid-19, melhorar os cuidados de saúde, reduzir as emissões de carbono e restaurar o papel da ciência legítima na elaboração de políticas”.

“Embora Trump e os seus aliados tenham tentado criar obstáculos que impeçam as pessoas de votar com segurança em novembro, é crucial que os superemos e que votemos. Chegou a altura de tirar Trump (do poder) e eleger Biden, conclui a nota da Scientific American.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na Bíblia

Os textos da Bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …

Glaciar na Islândia "escondia" bombardeiro norte-americano da 2ª Guerra Mundial

Os destroços de um bombardeiro norte-americano B-17 Flying Fortress que colidiu com o glaciar Eyjafjallajökull durante a II Guerra Mundial estão gradualmente a aparecer à medida que a geleira recua devido às alterações climáticas. De acordo …

40 anos depois, assassino de John Lennon pede desculpa pelo crime "desprezível"

Mark David Chapman, o homem que assassinou John Lennon, diz que matou o ex-Beatle por "raiva e ciúmes" e pediu desculpa a Yoko Ono, 40 anos depois. Em 1980, Chapman atingiu John Lennon com quatro tiros …

Reportado o primeiro caso de parkinsonismo após infeção de covid-19

Um homem de 45 anos de Israel revelou sintomas da doença de Parkinson (parkinsonismo) logo depois de ter sido infetado com a covid-19. Tal como frisa o portal IFL Science, os vírus foram já muitas …