Saraivaleaks: livro com revelações sexuais de políticos já está a causar polémica

(td)(dr) Gradiva / record.pt

O jornalista José António Saraiva, ex-director dos semanários Expresso e Sol, actualmente cronista no jornal desportivo Record

“O livro proibido”, como já é conhecido, ainda não chegou às bancas, mas já está a causar polémica. A obra de José António Saraiva contém revelações de cariz sexual sobre políticos e ninguém parece perceber como é que Passos Coelho aceitou apresentá-la.

“Eu e os políticos”, o livro de 264 páginas da autoria de José António Saraiva, ex-director dos semanários Expresso e Sol, conta histórias íntimas de 42 figuras públicas portuguesas.

O livro inclui “revelações sobre orientação sexual, infertilidade, ódios de estimação, intrigas, insultos e jogos de bastidor”, adianta a revista Visão.

A publicação já fala em “Saraivaleaks” para realçar o impacto que o livro, que só vai ser apresentado a 26 de Setembro próximo e por Passos Coelho, já está a causar na sociedade e na política portuguesas.

O JN sustenta mesmo que o facto de Passos Coelho ter aceite apresentar a obraincomodou vários dirigentes do PSD e do CDS, que não compreendem a decisão”.

Alegada foto de Portas “vestido de mulher”

Um dos capítulos do livro será dedicado a Paulo Portas, com o Correio da Manhã a revelar que José António Saraiva escreve que tem “uma foto de Portas, de há 10 ou 15 anos, vestido de mulher, aplaudido por homens com aspecto horrível”.

O CM ainda refere que o jornalista também salienta uma alegada conversa que terá tido com o já falecido Miguel Portas, sublinhando que lhe disse, “com um ar perfeitamente natural” e sem lhe “pedir segredo”, que “o irmão nunca seria líder do CDS.

O Paulo é homossexual e teme que, com a exposição que o cargo lhe daria, isso pudesse vir a público”, explica.

Um dos vice-presidentes da bancada parlamentar do PSD, que não é identificado, revela ao JN que “não se entende” como é que Passos Coelho, que também é visado no livro, embora num “tom elogioso”, segundo o jornal, aceitou apresentar o livro.

“Mas o próprio também não sabia no que se estava a meter ou que se falava de Paulo Portas nesses termos. Assumiu esse compromisso com o autor”, refere esse vice-presidente social-democrata.

Já um líder do CDS, também não identificado, sustenta no JN que a obra “é uma coisa suja” e que “associar-se a ela, deixa-me sem palavras”.

Eu e os políticos de José António SaraivaO ex-ministro do PSD Nuno Morais Sarmento, igualmente referido no livro, assume no JN que não compreende a decisão de Passos, salientando que “ele não costuma ser um homem incauto”.

“Fico muito surpreendido que uma pessoa com este currículo no jornalismo decida terminar a sua carreira com um livro de mexericos. Não se compreende”, diz ainda Morais Sarmento.

“Episódios relevantes para a história”

O autor justifica-se, em declarações ao Observador, salientando que o livro “descreve muitos episódios relevantes para a história dos últimos 40 anos, contados pelos próprios protagonistas”.

José António Saraiva também refere que “ninguém leu [a obra] até ser entregue ao editor”.

“Nem a minha mulher. Se lesse, não me deixava publicar”, realça o ex-director dos semanários Expresso e Sol.

O Correio da Manhã afiança que “Eu e os políticos” contém informações de “diários” que o ex-director do Sol “fez ao longo dos anos, com notas de conversas em almoços, jantares e de telefonemas”.

O “bom malandro” Santana Lopes e as fotos de Fernanda Câncio

Santana Lopes é um dos visados no livro, onde segundo o JN é descrito como o “bom malandro”.

Saraiva conta que o actual presidente da Santa Casa da Misericórdia lhe contou que “namoriscou, no Algarve, uma hospedeira de 18 anos” e que terminou a relação com Cinha Jardim por esta “acreditar em bruxas”.

O CM revela que o livro conta que um namorado de Fernanda Câncio, jornalista que namorou com José Sócrates, “tinha espalhadas pela casa fotografias em que mantinham relações sexuais”.

A mesma Fernanda Câncio é uma das personalidades que se manifestou contra o que chama de “o crime de José António Saraiva”, num artigo de opinião no Diário de Notícias.

“Nunca antes, à excepção de um episódio com imagens vídeo de sexo dadas à estampa há 30 anos, se foi tão longe na deliberação da devassa gratuita da intimidade, sem outro objectivo que não o de devassar, ferir e lucrar com isso”, escreve Câncio.

E “se de cama falar com o José António Saraiva, depois não se queixe”, sublinha Elisabete Azevedo-Harman no Público.

Nem Carlos César, presidente do PS, resistiu a falar do assunto.

Durante a sessão de abertura da conferência intitulada “Desigualdade, território e políticas públicas” que assinala a rentrée política dos socialistas, referindo-se ao “livro sobre mexericos” que será “afanosamente apadrinhado pelo líder do PSD”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. Não entendo como ainda ha gente que está chocada por o Passos Coelho ter apresentado o livrinho que deve ser uma javardice. Está no ambiente dele, e talvez ganhe uma comissãozinha das vendas que são promissoras e um prato cheio para a mentalidade tuga, que adora estes petiscos.

    • Sera que o Janeka sabe a parvoíce que diz ? Javardice são estes paneleiros esconderem a sua sexualidade. Se o escritor a despe e mostra acho muito bem. Têm vergonha ??? Não fizessem ! O Passos Coelho é amigo do homem e pelos vistos deve ser pintado no livro como machão por isso esta pura e simplesmente a marombar-se para o que diz de outros. Que portas é bicha já toda a gente sabe á muito tempo.

      • Interessa-lhe mto a vida sexual de cada um? Que tem você com o que fazem? Você não tem tb as suas taras, as suas manias? Todos têm e acho que a vida dos outros só a eles diz respeito. Não percebo pq essa indignação, como se isso afetasse em alguma coisa a sua vida. Duvido que ele saiba o que se passa na vida sexual de todos os políticos, como se eles andassem a publicar aos 4 ventos, os seus hábitos. Que desilusão este jornalistazeco, pois não lhe posso dar outro nome, com um livro destes. É mto bem feito que lhe ponham processos em cima e ele tenha que indemnizar essa gente toda.

  2. Nunca tive uma opinião negativa sobre este individuo. Esteve duas decadas no “Expresso” e sempre o achei uma pessoa sensata e com uma linha editorial, a exemplo do que ainda acontece, equilibrada e pautada pelo bom senso e imparcialidade.
    Acho este episódio degradante, que mancha a imagem que construiu. Já no semanário “Sol” foi evidente uma mudança, menos isento e imparcial, com uma linha editorial tendenciosa que nunca me agradou.
    Agora, como “cereja em cima do bolo”, surge com esta “obra” que o mancha em definitivo, no meu ponto de vista. Como já aqui foi dito, cheira a desespero. O mais incrível é que, se o teor fôr com base no que se diz, considero-o lixo, mas certamente irá ter vendas significativas. O desejo mesquinho deste povo por tudo o que é “escarafunchar” na vida alheia, ainda para mais, na vida de figuras publicas, vai render-lhe umas valentes vendas. Veremos se isto não servirá também de “argumentos” na politica sórdida.

    • Eu duvido que quem tenha hábitos de leitura se interesse por uma porcaria dessas. Até pq eu não acredito que ele tenha escrito 264 páginas sobre as vidas sexuais dos politicos… Mas pode-lhe trazer grandes problemas… Talvez perca mais dinheiro com a publicação do livro do que ganhe. Se fosse comigo, processava-o. A vida de cada um, só a si lhe diz respeito e a vida intima então é secreta. Ou o desespero por dinheiro é grande e pode ficar queimado com esse desespero, ou então enlouqueceu…

      • Cara Assunção

        Concordo com a sua opinião mas, observe a sociedade. Este “estilinho cusco” está na génese deste povo. Eu, sinceramente, acho que o homem vai fartar-se de vender esta “linda obra”.
        Não entendo, o que é que acrescenta algo à nossa felicidade saber se o politico x ou y tem um caso, se é homossexual, se tem amantes, aspectos que se situam apenas na esfera privada dos próprios (excepto alguns aspectos que, embora na esfera pessoal, possam pôr em causa a conciência de decisões tomadas no expetro politico que nos afectem a todos). Pessoalmente, interesso-me mais por obras que proporcionem uma visão abrangente do Mundo em que vivemos, do ambiente, das politicas, da atuação dos politicos relativamente a tudo o que sejam medidas que adoptam e que a nós contribuintes, nos digam directamente respeito, etc.

        • Tem razão, mas ele vai brincar com o fogo e vai arder. Ele vai-se meter com quem tem dinheiro, poder e amigos e vão expoliá-lo. Põem-lhe processos em cima e ele vai ver se tiver que indemnizar por difamação ou devassa da vida privada. Eu não sei a aquem ele se refere, até pq nem a mulher dele sabe, pelo que ele escreveu, mas há que pensar que essas pessoas são casadas, têm filhos, netos, têm as suas vidas familiares normais e que isso pode trazer terramotos à vida de cada um. Dp eu não vejo interesse na vida dos outros, sejam politicos ou não e mto menos na sua sexualidade… até pq o livro deve ter mtas mentiras. Um livro com 264 páginas? Como é que ele ficou sabendo da vida intima de tanta gente? Por mim, nem dado o queria.

  3. Bom dia,
    Não interessa quem escreve ou apresenta.
    A ser verdade as histórias importa uma vez mais reflectir sobre a N/ politica que de série e honesta pouco ou nada tem.
    Os políticos não fazem politica por paixão ou dedicação mas apenas e só para seu uso-fruto pessoal e de um vasto conjunto de amigos e poderes instalados em que tudo vale. O carácter e o amor à causa politica “já eram”…

  4. Está nas bancas sim senhor! Leiam antes d dizer asneiras ou ignorem porque o livro não tem nada de novo! O livro já foi editado e li-o este fim de semana. Definitivamente NINGUÉM LEU O LIVRO, Nenhum jornalista em vários artigos que já li, nem nenhum destes “comentadores” que por aqui passam todos os dias se deram ao trabalho de o ler. Não é nada de especial, nem revela pormenores da vida sexual de políticos, apenas tem 1 (UM!) parágrafo em que faz referência a uma conversa tida com o irmão de um politico sobre a sua sexualidade – APENAS! O livro são apenas memórias de alguém que conhece bem a podridão dos políticos, nada que o cidadão comum não conheça ou pelo menos deveria saber… para não ser constantemente enganado! Acho que isto é mais marketing que outra coisa, assim o livro vai vender bem!!! À custa de BANANAS com a maioria deste comentadores de algibeira. Eu não o comprei, emprestaram-mo, lê-se rápido.

  5. O livro não foi apresentado, nem a mulher do autor o leu, senão não o deixava apresentar, ninguém o leu, comenta por alto o que escreveu em 264 páginas sobre a vida intima de cada pessoa, não interessa quem, só que são pessoas conhecidas, caso contrário não interessariam a ninguém. Toda a gente tem as suas taras, as suas manias, os seus desejos, os seus sonhos escondidos e as pessoas conhecidas são seres humanos, tal como toda a gente. Acho de mto mau gosto uma pessoa que eu tinha por séria publicar coisas intimas da vida dos outros. Está a publicar a privacidade de cada um, para com isso ganhar dinheiro… forma mto porca de ganhar dinheiro às custas da intimidade dos outros. A mim, digo já que não me interessa ler coisas sobre a vida dos outros e para mais mto provavelmente são mentiras. Eu não sei quem faz parte dessa porcaria desse livro, pq só se referiu ao Portas. Politicas à parte, não acredito que Miguel Portas tivesse dito que Paulo Portas nunca iria ficar à frente do CDS por ser homossexual… em 1º lugar, não sei se é, ou não, nunca vi, mas se é… é assunto que só a ele diz respeito, em 2º lugar admiro-me e não acredito que o Miguel tenha dito isso do irmão, até pq eles eram mto unidos. Uma vez vi uma entrevista com a mãe, onde ela disse que nunca falavam de politica e que eram os melhores amigos. O Miguel confessar a um jornalista, uma coisa tão intima do irmão, mesmo que fosse verdade? Não acredito. E como se viu, o Paulo esteve mtos anos à frente do CDS. Duvido que esse livro vá vender alguma coisa de jeito, pq quem se interessa por esses enrolos, não tem hábitos de leitura e quem é leitor diário, não se interessa minimamente por isso. Qtas mentiras estarão escritas nessas 264 páginas? Não tinha o Saraiva por quadrilheiro, parecendo as mulheres de idade nas terras pequenas qdo se juntam, a falar da vida dos outros…, é o chamado jornal da soalheira. E qtos darão entre 13 e 20€ que é o preço médio dos livros? A mim, nem que me o dessem de oferta, o aceitava. O que interessa a vida dos outros? Se cada um olhasse mais para a sua vida e a da sua familia, talvez fizesse melhor. É mto bem feito se for processado por calunias, ou por devassa da vida alheia que tenha que pagar balúrdios aos visados… seria o que eu faria.

  6. Ora depois de termos inaugurado o jornalismo tipo “cano de esgoto” com o “correio da manhã” que apesar de tudo já existe em toda a europa e que inclui escutas telefónicas ilegais de conversas privadas agora chegamos a outro tipo de Jornalista.
    Porque quer arrecadar umas croas – falta de dinheiro para o bife? este senhor resolve mandar a ética para as urtigas e pelo visto era capaz de vender o pai, a mãe, a mulher ou os filhos desde que isso lhe desse dinheiro.
    Inaugura-se o jornalista cloaca. Para quem não se lembra do que isto é, eu lembro:
    Cavidade das aves onde sai o intestino, o aparelho urinário, o esperma e os ovos.
    Em bom português explicito: canal por onde sai onde sai a merda e mijo. Pelos vistos novo instrumento inovador de jornalista ou jornalistas sd a moda pegar.
    O nosso ex 1ª parece quero alinhar. Já deu conta que já não 1ª? será que o meio é apelativo?

  7. A sexualidade dos políticos não interessa aos portugueses? Não é importante para o bom funcionamento da democracia? Até onde pode chegar tanta ignorância?
    Então os desvios sexuais de governantes e outras importantes figuras do Estado, das forças de segurança e de informações não podem ser utilizados como meio de chantagem? E também os juízes. Se acham que não, conhecem pouco da história do mundo, da história da Máfia, das metodologias da CIA ou de outros serviços secretos de todo o mundo. Alguém que ocupe altos cargos e ao mesmo tempo tenha comportamentos sexuais desviantes é alguém fragilizado e como tal, não deve estar nesse cargo. Quem ocupar esses cargos não pode dar hipóteses de ser manipulado e chantageado por essa via. O indivíduo A, alta figura do Estado não pode ser Ministro ou juiz durante o dia e travesti à noite. Ou ter amantes, porque ninguém tem nada a ver com isso. Claro que o funcionamento da Democracia tem a ver com isso e não pode ser posto em causa porque o indivíduo A ou B fez o que não devia. Por outro lado, se engana a esposa ou o marido, por exemplo, também pode enganar outros no exercício do seu cargos (bem, isso é o que já todos os políticos fazem). Mas não é uma pessoa com qualidades morais acima de qualquer suspeita.
    Com isto, saúdo o livro e espero que se torne um sucesso de vendas e que sirva para moralizar uma classe em geral corrupta e imoral, que não devia merecer a confiança dos portugueses.

    • Pois, mas esse interesse ao qual vc se refere para uso chantagista já é coisa de mau caracter. É coisa de pessoas sem escrupulos… usarem a vida intima das pessoas para as obrigarem a fazer o que os maus caracteres dos chantagista querem. Isso é crime, sabia?

    • Caro senhor, não sei se tem a noção que o comentário que fez roça a xenofobia.
      Genericamente, percebo a sua ideia. Sendo certo que o ideal seria que todas as pessoas que governam o Mundo ou que têm funções de decisão nas sociedades e nos mais variados setores ( Justiça por exemplo ) deveriam ser “puras” e duma isenção e seridade moral e ética absolutas. Acontece que não é assim porque, não sei se sabia mas, 79% da população mundial apresenta disturbios comportamentas
      e psicologicos, as chamadas “taras”. Não vale a pena tentar fingir, pois o que estou a dizer é um dado real. Cruzamo-nos todos os dias com pessoas, aparentemente normais mas, muitas delas são, por exemplo, psicopatas, tem consciencia dos atos mas não revelam qualquer emoção e, quando o revelam, fazem-no duma forma artificial com vista a satisfazer um qualquer interesse que tenham. Há muita gente assim na politica, nas empresas, etc.
      Tudo o que lhe acabei de dizer, desmonta a sua tese, porquê? Porque sabendo que uma esmagadora maioria das pessoas tem as suas “taras” , “pancadas”, etc, o “livro” não vai trazer novidade, o que vai é pôr a nu, de forma absolutamente gratuita e leviana, aspectos pessoais que só aos prórios dizem respeito, no que classifico de uma devassa pessoal inqualificável dos visados.

      • Caro senhor, tenho noção de tudo o que escreveu, mas acho que há outras formas de lidar com as situações sem ser a chantageá-las com a sua vida sexual, intima ou pessoal. Se tem amantes ou não… Há pessoas que são uns canalhas, bem o sabemos, mas têm familia, filhos, netos que irão sofrer com esse primor desse livro publicado. Aproveitar-se de factos secretos que ouviu ou que lhe contaram da vida de cada um, confiando nele, é da pior espécie. E não sou senhor… sou senhora. Bem haja e bom fim de semana.

        • Cara senhora Assunção Palma

          Creio que este seu comentário não era dirigido a mim. Se foi, então posso concluir que não percebeu o que eu disse. O meu comentário foi em resposta ao outro comentador (Joel), pois penso ter sido muita clara a minha posição sobre este assunto que, de resto, está em linha com a sua. Também não me identifico com este pseudo livro e critico-o, já o disse aqui.
          Quanto a ser senhora, eu sei que é. Por isso mesmo quando escrevi “caro senhor” estava a dirigir-me ao senhor “Joel” e não a criticá-la a si.
          Bem haja. Cumprimentos

RESPONDER

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …