Santa Clara 0-5 Benfica | Lisboetas arrasam em 45 minutos

Eduardo Costa / Lusa

Após uma primeira parte a roçar o medíocre, em que houve mérito do Santa Clara na forma como soube pressionar e comandar o meio-campo – pecando apenas na finalização – e falta de soluções do Benfica em fugir às constantes teias do adversário, a “águia” de Lisboa, qual Fénix, marcou no único remate enquadrado que fez nos primeiros 48’ e ganhou balanço para uma segunda parte demolidora.

Os “encarnados” surgiram mais acutilantes e aproveitaram a preceito as ocasiões criadas. Fizeram mais quatro tentos e até poderiam ter dado outra expressão ao “score” final.

Ao cabo de cinco jornadas, os homens de JJ lideram o campeonato com 15 pontos e ficarão à espera de ver o desfecho do “clássico” de Alvalade. Por sua vez, os açorianos, que ainda não tinham perdido em casa esta temporada em todas as provas, caíram com estrondo e somaram o terceiro desaire nesta edição da Liga Bwin.

Contra a corrente, o Benfica marcou: Grimaldo fez a assistência e Rodrigo Pinho – que já tinha feito o único remate das “águias” lisboetas até então – atirou e abriu a contagem a três minutos do descanso.

A partir do minuto 20, os anfitriões começaram a mandar no encontro face à superioridade exercida na zona central do meio-campo, onde Anderson Carvalho, Morita e Lincoln levavam a melhor sobre Weigl e João Mário, estiveram próximos de marcar em três ocasiões: Cryzan aos 25’, Lincoln em duas ocasiões (30’ e 40’) e ainda viram Vlachodimos travar Mansur aos 27 minutos – ficou a dúvida se o grego deveria ou não ser expulso.

Os comandados de Daniel Ramos jogavam mais e melhor, mas quem tinha a vantagem no marcador eram os lisboetas. Rodrigo Pinho, autor de dois remates, um golo, quatro faltas sofridas e quatro passes aproximativos recebidos, era o elemento com melhor rating – 6.4 – ao cabo dos primeiros 48 minutos de jogo.

O que terá dito JJ aos seus jogadores ao intervalo? Não sabemos, a verdade é que o sermão resultou na perfeição. A equipa surgiu revigorada, denotou um melhor posicionamento, foi mais lesta a contornar a pressão contrária e, voraz, aproveitou o espaço concedido nas costas para dinamitar a teia açoriana.

Após Rodrigo Pinho, que saiu ao intervalo, Darwin bisou, Rafa assinou um golaço e Yaremchuk fez o 0-5 final. Nos nove encontros oficiais realizados até ao momento, o Benfica somou oito vitórias e um empate (ante o PSV).

Melhor em Campo

Darwin Núñez está de volta à competição, após prolongada lesão, e parece estar a aproveitar as oportunidades. Se na primeira parte foi dos poucos a tentar agitar o encontro do lado “encarnado”, surgindo descaído sobre o corredor esquerdo, na segunda foi uma espécie de flecha que cilindrou a defensiva açoriana.

Aos 53 minutos não tremeu e fez o 2-0. Nove minutos depois bisou num lance em que contou com a ajuda involuntária de Boateng.

Saiu aos 63 minutos com a missão cumprida, fruto dois remates, dois golos, oito passes aproximativos recebidos, cinco acções com a bola na área contrária, quatro faltas sofridas, acertando ainda quatro dos cinco dribles que arriscou.

Destaques do Santa Clara

Lincoln 5.8 – Foi a melhor unidade dos açorianos: aos 30 minutos viu a bola embater com estrondo na barra e. aos 40, Vlachodimos voou e negou-lhe a festa. Ao todo realizou três remates, um passe para finalização e recuperou cinco passes aproximativos.

Luiz Phellype 5.4 – Reforço sonante, teve 31 minutos para mostrar serviço, com um remate que Vlachodimos defendeu para canto. Levou a melhor em metade dos quatro duelos aéreos ofensivos em que interveio (2).

Destaques do Benfica

Grimaldo 7.5 – A três minutos do intervalo abriu o caminho para o tento de Rodrigo Pinho. Com mais liberdade para atacar na segunda parte, ofereceu o 0-5 a Yaremchuk. Além das duas assistências – Expected Assists (xA) de 1,1 -, foi responsável por quatro passes para finalização, nove passes valiosos, nove aproximativos, quatro super aproximativos e três conduções aproximativas.

Rafa 7.0 – Foi determinante para a melhoria de produção da equipa nos últimos 47 minutos. Com liberdade total de movimentos, surgiu diversas vezes no corredor central, onde fez estragos. O golaço que apontou é disso exemplo. Ao todo, fez três remates, recebeu seis passes aproximativos e foi 100% eficaz nos três dribles tentados.

Vertonghen 6.8 – Foi o patrão da defesa. Aos 20 minutos fez um corte crucial, recuperou a posse em seis ocasiões, fez dois desarmes, três intercepções e seis alívios.

Morato 6.7 – Mais uma “performance” segura do jovem central, que se destacou no capítulo do passe – sete aproximativos e sete longos certos em 11 tentados -, fez seis alívios, dois remates bloqueados e foi o elemento em campo com mais acções com o esférico: 100.

Lucas Veríssimo 6.7 – Do Brasil para São Miguel. Sai de cena com uma assistência, quatro recuperações da posse, quatro alívios e dois remates bloqueados.

Vlachodimos 6.7 – Gritou presente quando a equipa esteve encostada “às cordas” – finalizou o duelo com cinco intervenções, duas a remates no interior da área “encarnada”. Fica ainda ligado ao lance mais discutido, aos 27 minutos, com Mansur.

Weigl 6.6 – Ofereceu o 0-3 a Rafa e soube dar critério às movimentações da equipa, e também melhorou após o intervalo. Realce, igualmente, para as quatro variações de flanco, cinco intercepções e cinco acções defensivas no meio-campo contrário.

Rodrigo Pinho 6.4 – Ficou no banco ao descanso por opção do treinador, mas nos 47 minutos em que actuou foi a melhor unidade em campo, com dois remates, um golo, oito acções com a bola na área contrária, quatro faltas sofridas. Foi inteligente nos movimentos, surgindo muitas vezes no espaço entre linhas.

Yaremchuk 6.1 – Vinte e sete em jogo, um remate, um golo e dois passes valiosos.

Everton 6.0 – Sem brilho na primeira metade, ressurgiu com outra vitalidade, lançou Darwin com uma assistência para o 0-2 e deixou pinceladas do jogador que brilhou no Grémio e na selecção do Brasil. A rever, os cinco desarmes sofridos.

Lázaro 4.9 – Fez os primeiros 19 minutos com as cores das “águias”: contabilizou 18 acções com a bola, um passe valioso, duas recuperações da posse e teve uma eficácia de 92% no capítulo do passe (12 certos em 13 tentados).

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Santa Clara 0-5 Benfica | Lisboetas arrasam em 45 minutos

Após uma primeira parte a roçar o medíocre, em que houve mérito do Santa Clara na forma como soube pressionar e comandar o meio-campo – pecando apenas na finalização – e falta de soluções do …

Milhares de pessoas nas ruas de Barcelona pela independência da Catalunha

Milhares de pessoas participam hoje na manifestação pela independência da Catalunha, em Barcelona, que marca o regresso das mobilizações de rua interrompidas em 2020 pela pandemia, embora com menor afluência do que nos anos anteriores. A …

"Desistente". Simone Biles defende-se das críticas (e anuncia uma tour)

Simone Biles anunciou esta quinta-feira a tour Gold Over America, que junta várias campeãs olímpicas. Uns dias antes, a atleta defendeu-se das criticas por se ter retirado da competição por equipas dos Jogos Olímpicos Tóquio …

Justiça francesa acusa ex-ministra da Saúde pela gestão da covid-19

A justiça francesa acusou esta sexta-feira a ex-ministra da Saúde Agnès Buzyn de "colocar em risco a vida de outras pessoas" durante sua gestão da pandemia da covid-19, indicou o procurador-geral do Tribunal de Justiça …

A lenda está de volta a Manchester. Ronaldo estreia-se com bis, Bruno marca

Cristiano Ronaldo estreou-se (de novo) este sábado com a camisola do Manchester United na partida com o Newcastle, em jogo da Premier League. E o regresso a Old Trafford não podia ter corrido melhor ao …

Portugal com 10 mortes, 1.223 novas infeções e menos 17 internamentos

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 1.223 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e 10 mortes atribuídas à covid-19, com nova redução nos internamentos em enfermaria e aumento nos cuidados intensivos. De acordo com o …

Rainha de Inglaterra apoia o movimento "Black Lives Matter"

A Rainha Isabel II e toda a Família Real Britânica apoiam o movimento "Black Lives Matter". A garantia é dada por Ken Olisa, o primeiro sargento afro-descendente condecorado com a Ordem do Império Britânico de …

11 de setembro de 2001: Como aconteceu

Um trovão num céu que parecia apenas azul. No dia 11 de setembro de 2001, ataques antes impensáveis atingiram os Estados Unidos, país que acreditava ser intocável depois de vencer a Guerra Fria, e destruíram …

Loucura na Premier League na (segunda) estreia de Ronaldo no United. Só Guardiola está farto

Hoje é dia de Cristiano Ronaldo. O português faz a sua segunda estreia, neste sábado, com a camisola do Manchester United na partida com o Newcastle, em jogo da Premier League. E só se fala …

ADSE aumentou preços no Algarve para evitar partos em Espanha. Agora, vai mudá-los em todo o país

O conflito com os prestadores de serviços de saúde que têm convenções com a ADSE, no âmbito das novas tabelas de preços, foi motivado pelo aumento dos pagamentos pelos partos no Algarve. É o que …