Ligado a ventilador e sem falar, Salman Rushdie pode perder olho após ataque

2

Asia Society / Flickr

O escritor britânico, Salman Rushdie

O escritor britânico Salman Rushdie está ligado a um ventilador e pode perder um olho, após ter sido esfaqueado  em Nova Iorque. Tem também o fígado “danificado”, “os nervos do seu braço foram cortados” e não consegue falar. O agressor foi identificado como Hadi Matar de 24 anos.

Salman Rushdie está ligado a um ventilador e está incapaz de falar, como avança a BBC, depois de ter sido esfaqueado durante um evento em Nova Iorque, nesta sexta-feira, 12 de Agosto.

“As notícias não são boas”, revela o agente do escritor, Andrew Wylie, salientando que “Salman provavelmente perderá um olho“. “Os nervos do seu braço foram cortados e o seu fígado foi esfaqueado e danificado”, acrescenta o agente em conferência de imprensa.

O escritor de 75 anos é o autor de “Os Versículos Satânicos”, obra pela qual foi condenado à morte pelo Irão do líder religioso Ayatollah Khomeini.

Há 33 anos, Khomeini emitiu uma ‘fatwa’ (decreto da lei islâmica) contra o escritor. O Irão ofereceu então uma recompensa de três milhões de dólares a qualquer pessoa que assassinasse Rushdie.

O escritor chegou a viver em paradeiro desconhecido, sob segurança.

O Governo do Irão há muito que se distanciou do decreto de Khomeini, mas o sentimento anti-Rushdie permanece. Em 2012, uma fundação religiosa iraniana aumentou a recompensa pelo assassinato de Rushdie para 3,3 milhões de dólares.

Na altura, Rushdie desvalorizou a ameaça, dizendo que não havia “nenhuma prova” de que houvesse alguém interessado na recompensa.

Há cerca de 20 anos, Salman Rushdie fixou-se na cidade de Nova Iorque e ia fazer uma intervenção na Instituição Chautauqua, um centro cultural situado no Oeste do Estado de Nova Iorque, antes de ter sido alvo do ataque.

Agressor identificado como Hadi Matar de 24 anos

A polícia norte-americana já identificou o alegado agressor do escritor britânico, identificando-o como Hadi Matar, de 24 anos. Será de Fairview, em New Jersey, no mesmo estado de Nova Iorque.

O suspeito está sob custódia judicial, mas, para já, não se conhecem mais detalhes sobre o caso, designadamente quanto ao motivo da agressão.

Um porta-voz da polícia revelou aos jornalistas que Hadi Matar deu a Rushdie, pelo menos, uma facada no pescoço e outra no abdómen. Mas alguns media indicam que o escritor terá sido atacado com mais de 10 golpes.

Imprensa do Irão aplaude o ataque

O principal diário ultraconservador do Irão, Kayhan, veio felicitar o homem que apunhalou Salman Rushdie.

Bravo a este homem corajoso e consciente do seu dever que atacou o apóstata e vicioso Salman Rushdie”, escreve o jornal, cujo director é nomeado pelo líder supremo do Irão, o ayatollah Ali Khamenei.

Beijemos a mão daquele que rasgou o pescoço do inimigo de Deus com uma faca”, acrescenta o diário.

Todos os meios de comunicação iranianos descrevem Rushdie como um “apóstata”, com exceção do Etemad, um jornal reformista. O diário estatal Irão refere que “o pescoço do diabo” foi “golpeado por uma navalha”.

As autoridades iranianas ainda não comentaram oficialmente a tentativa de assassinato do escritor.

“Não derramarei lágrimas por um escritor que denuncia os muçulmanos e o Islão com infinito ódio e desprezo”, escreve o conselheiro da equipa de negociação nuclear, Mohammad Marandi, numa publicação no Twitter. “Rushdie é um peão do império a posar como romancista pós-colonial”, acrescenta.

Autor de cerca de duas dezenas de títulos, Rushdie recebeu o Prémio Booker em 1981 por “Os Filhos da Meia-Noite”. Foi também distinguido com o Booker of Bookers (1993) e com o Best of the Booker (2008).

“O Último Suspiro do Mouro” valeu-lhe o Prémio Withbread (1995) e o Prémio Literatura da União Europeia (1996).

Em Portugal, Salman Rushdie é publicado pela Dom Quixote.

  ZAP // Lusa

2 Comments

    • Mas ….Pense bem ! ….desde que o Mundo é Mundo sempre assim foi , e não tenho esperança nenhuma que isso mude ! …Pois está nos genes da nossa “predadora raça” !

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.