Salah quer estar nos Jogos Olímpicos (mas não vai estar)

Peter Powell / EPA

Liverpool rejeitou a cedência do egípcio, apesar da insistência do selecionador e da federação do Egito. Clubes não são obrigados a permitir a participação de um futebolista nos Jogos Olímpicos.

Mohamed Salah queria participar nos Jogos Olímpicos deste ano mas não vai estar em Tóquio. O avançado seria a “estrela” do Egito no torneio masculino de futebol mas o Liverpool não permitiu a saída do futebolista para os encontros da seleção egípcia.

Ao contrário do que acontece em jogos de Europeus e Mundiais (e nas respetivas fases de qualificação), os clubes não são obrigados a ceder os seus futebolistas para os Jogos Olímpicos, porque este torneio não aparece no calendário oficial da FIFA. Aliás, só jogadores sub-23 entram nos Jogos Olímpicos, com cada seleção a poder convocar três atletas que tenham mais de 23 anos.

Salah seria uma das três exceções na seleção do Egito mas o Liverpool não gostou da ideia: “Tentei muitas, muitas vezes falar com o Liverpool. A federação egípcia também, mas eles recusaram completamente, lamentou o selecionador egípcio, ao portal inglês Anfield Watch.

Shawky Gharib confirmou que Salah quer estar no maior evento desportivo do mundo: “Ele falou comigo e eu fiz o meu melhor para o poder convocar. Salah era um jogador chave nos meus planos para os Jogos Olímpicos. Mas o clube recusou, temos de seguir em frente”.

O presidente da federação local, Ahmed Megahed, disse que a federação começou a falar com o Liverpool há muito tempo: “Soubemos que o Salah queria jogar, mas a postura do Liverpool não foi muito clara. Em junho soube que eles não iriam deixar o Salah estar nos Jogos Olímpicos. De qualquer forma, respeitamos a decisão do Liverpool“.

O Egito vai estar no Grupo C do torneio masculino de futebol dos Jogos Olímpicos. Espanha, Argentina e Austrália serão os adversários dos africanos.

Portugal não conseguiu a qualificação, ao contrário do que aconteceu em 2016, no Rio de Janeiro.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.