Sal em excesso causa danos no nosso cérebro

Um estudo, recentemente publicado, revela que as nossas funções cognitivas e neurovasculares são afetadas pelo excesso de sal na comida que ingerimos.

Estudos anteriores já tinham confirmado a associação entre uma dieta rica em sal e as doenças cerebrovasculares. No entanto, não se sabia como é que este dano era provocado. Um estudo publicado esta segunda-feira na Nature Neuroscience esclarece um dos mecanismos responsáveis pelos danos cognitivos.

Ao Público, Costantino Iadecola, professor de neurologia, cientista no centro de investigação Weill Cornell Medicine, em Nova Iorque, nos EUA, e principal autor do artigo, explica que ao alimentar ratos com uma dieta com um alto teor de sal – oito a 16 vezes mais do que a dieta normal – comprometemos o cérebro a nível cognitivo.

O efeito no cérebro resulta da acumulação no intestino delgado de uma classe especial de linfócitos – os Th17. Estes linfócitos produzem grandes quantidades de um tipo especial de uma citocina, chamada IL17.

“A IL17 entra na circulação sanguínea, atua nas células endoteliais do cérebro, que ligam os vasos sanguíneos do cérebro, e reprime a produção de óxido nítrico. O óxido nítrico é fundamental para relaxar os vasos sanguíneos do cérebro e permitir que o fluxo sanguíneo seja suficiente e para ajudar os neurónios a manterem-se saudáveis”, refere o cientista.

Desta forma, avança o jornal, a perda de óxido nítrico diminui o abastecimento de sangue para o cérebro, causando uma disfunção neuronal que leva a danos na cognição. E estes efeitos nada têm a ver com o aumento da pressão sanguínea pelo que “o alto teor de sal, por si só, prejudica a função cerebral”.

Através destas experiências realizadas com ratos, os cientistas perceberam que o excesso de sal provoca, também, um défice na memória. Após 12 semanas de um dieta com alto teor de sal foi observado o dano das funções cognitivas.

Porém, a equipa constatou que quando os ratinhos regressavam a uma dieta normal, o seu desempenho voltava ao normal. Os cientistas mostraram assim que o efeito do excesso do sal pode ser reversível.

“Demorou um mês para que os ratinhos recuperassem as suas funções, depois de voltar a uma dieta normal, o que é uma boa notícia porque os efeitos parecem reversíveis, pelo menos no período de exposição que testámos”, sustenta Iadecola.

Ainda assim, a garantia de reversibilidade é frágil. “Continua por esclarecer se uma exposição mais duradoura a uma dieta com alto teor de sal pode levar a um prejuízo cognitivo permanente”, nota Costantino Iadecola.

Embora o comportamento dos ratos e dos humanos seja diferente, a extrapolação dos resultados para seres humanos pode ser feita. No entanto, resta saber de que “quantidade de sal a mais estamos a falar, durante quanto tempo e quanto tempo demoraríamos a conseguir recuperar do dado”.

“Precisámos de três meses de uma dieta com alto teor de sal para induzir danos cognitivos nos ratos. Em seres humanos, a exposição teria de ser mais longa – durante anos ou décadas – mas talvez também seja possível prejudicar a cognição com níveis mais baixos de sal na dieta”, esclarece o especialista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A primeira exolua alguma vez descoberta vai ficar escondida durante a próxima década

Uma boa exolua é difícil de encontrar e provar que a primeira lua em torno de um exoplaneta realmente existe pode levar até uma década. "Estamos a enfrentar alguns problemas difíceis em termos da confirmação da …

Por um euro, é possível comprar casa na cidade italiana do "Esplendor"

O município italiano de Sambuca, localizado na região italiana da Sicília, está a vender casas por um euro (1,14 dólares), visando travar o declínio populacional que a zona tem sofrido nos últimos anos.  A pequena cidade, cheia …

Pela felicidade dos professores, escola chinesa cria “licença do amor”

A escola secundária de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta terça-feira a "licença do amor", que visa melhorar o humor dos seus professores e, consequentemente, o trabalho que fazem com os alunos. …

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta quarta-feira nas revistas ScienceAdvances e Global …

Norte-americanos morrem mais por overdose do que por acidente de carro

Pela primeira vez na História, os norte-americanos estão mais propensos a morrer por 'overdose' de opióides do que por acidente de carro, sendo a morte devido ao consumo excessivo destas substâncias considerada uma epidemia que …

Choques elétricos e chicotadas: relatório denuncia tortura de mulheres sauditas

Um relatório da Human Rights Watch ​​​​​denuncia que a Arábia Saudita prendeu e torturou ativistas e dissidentes, nomeadamente mulheres que lutam pelos seus direitos. Segundo o "Relatório Mundial 2019" da organização não governamental Human Rights Watch …

"Robôs" podem eliminar um milhão de empregos (e criar outros tantos) até 2030

A adoção da automação em Portugal pode levar à perda de 1,1 milhões de empregos na indústria e comércio até 2030, mas criar outros tantos na saúde, assistência social, ciência, profissões técnicas e construção. Segundo um …

Hacker Rui Pinto admite ser denunciante no Football Leaks

Os advogados de Rui Pinto, o alegado 'hacker' que terá acedido ilegalmente a e-mails do Benfica, defenderam esta quinta-feira a sua conduta, por denunciar "práticas criminosas", e vão opor-se à sua extradição da Hungria, onde …

Duarte Lima recorre para plenário do Constitucional e suspende ida para a prisão

Duarte Lima recorreu esta quinta-feira para o plenário do Tribunal Constitucional (TC) evitando que comece a cumprir a pena de seis anos de prisão a que foi condenado no caso BPN/Homeland, disse à agência Lusa …

Coreia do Norte pede assinatura de tratado de paz antes de nova cimeira com EUA

A imprensa norte-coreana pediu a assinatura do tratado de paz inter-coreano, numa altura em que é esperado nos Estados Unidos um alto dirigente norte-coreano, no âmbito da preparação de uma segunda cimeira bilateral. No editorial, o …