Sacos biodegradáveis podem não ser a opção mais amiga do ambiente

Um estudo da International Marine Litter Research Unit, da Universidade de Plymouth (Inglaterra), mostra que os sacos biodegradáveis estão perfeitamente funcionais ao fim de três anos, mesmo depois de expostos a elementos naturais.

Para chegar a esta conclusão, os investigadores compararam sacos orgânicos, sacos biodegradáveis e sacos convencionais, expondo-os ao ar, a terra e a um ambiente marinho, condições a que poderiam estar sujeitos quando colocados no lixo, noticiou esta segunda-feria o Sapo.

Depois de nove meses expostos ao ar, os três materiais desintegraram-se em fragmentos.

No entanto, os sacos biodegradáveis — tal como os sacos de plástico convencionais — expostos a terra e a um ambiente marinho estavam perfeitamente funcionais ao fim de três anos, aponta o estudo, publicado no domingo na Environmental Science and Technology. Ou seja, caso precisasse deles para transportar compras poderia utilizá-los sem que se rasgassem.

O saco orgânico, por seu turno, desapareceu completamente ao fim de três meses num ambiente marinho, tendo todavia aguentado 27 meses – com alguns sinais de deterioração – no solo. Quando testado revelou-se incapaz de transportar bens sem romper.

Para os investigadores, os resultados do estudo levantam várias questões. A mais pertinente, indicam, passa por perceber se os sacos biodegradáveis têm um grau de degradação aceitável para serem uma alternativa efetivamente ecológica para os plásticos tradicionais.

“Quando vemos algo catalogado como biodegradável, assumimos automaticamente que se irá degradar mais depressa do que um saco convencional. Mas depois de três anos, a nossa investigação mostra que poderá não ser o caso”, notou Imogen Napper, investigador que comandou este estudo.

Richard Thompson, líder da International Marine Litter Research Unit, considerou que “esta investigação levanta questões sobre aquilo que o consumidor pode esperar quando vê algo catalogado como biodegradável. Os materiais [biodegradáveis] que testámos não relevaram nenhuma vantagem no contexto marinho. Preocupa-me que estes novos materiais também apresentem desafios no que diz respeito à reciclagem”.

“O nosso estudo enfatiza a necessidade de novos ‘standards’ no que concerne materiais biodegradáveis”, frisou.

Grande parte dos sacos de plástico acabam por ser alvo de uma única utilização, acabando no lixo. Segundo este estudo, estima-se que cerca de 98,6 mil milhões de sacos de plástico tenham sido colocados no mercado europeu, com um acrescento anual de 100 mil milhões a cada ano.

A “guerra ao plástico” é um dos temas prementes na União Europeia (UE). O Parlamento Europeu aprovou, a 27 de março, a nova lei comunitária que proibirá a venda de produtos de plástico de utilização única em todo o bloco a partir de 2021.

A diretiva estabelece também que os Estados-membros tomem medidas para alcançar uma redução quantitativa de outros produtos de plástico de utilização única, como recipientes para alimentos e copos de plástico para bebidas, incluindo as respetivas coberturas e tampas.

Os Estados-membros terão de assegurar a recolha seletiva de pelo menos 90% das garrafas de plástico até 2029 – estando prevista uma meta vinculativa de, pelo menos, 25% de plástico reciclado para as garrafas a partir de 2025 –, e em 2030 todas as garrafas de plástico terão de respeitar um objetivo de, pelo menos, 30% de material reciclado.

Os toalhetes húmidos (para higiene pessoal e uso doméstico) terão de ostentar uma marcação na sua embalagem para informar os consumidores da presença de plástico e dos danos causados ao ambiente se não forem deitados devidamente no lixo, o mesmo sucedendo aos produtos do tabaco que dispõem de filtros que contêm plástico.

Os produtos de plástico descartáveis e as artes de pesca abrangidos pela diretiva representam cerca de 70% do lixo marítimo.

O governo português, todavia, decidiu antecipar os prazos da UE sobre plásticos descartáveis e eliminar no segundo semestre de 2020 a colocação no mercado de produtos como palhinhas, talheres e pratos ou produtos oxodegradáveis como alguns sacos. De recordar que, em Portugal, os sacos de plástico começaram a ser cobrados em 2015.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …

Cercas sanitárias e recolher obrigatório. Governo avalia novas medidas na próxima semana

O Ministério da Saúde, liderado por Marta Temido, vai voltar a reunir na próxima semana com o Conselho Nacional de Saúde Pública (CNSP), num encontro em que serão discutidas novas medidas para travar a propagação …

Presidenciais EUA. Biden promete vacina gratuita para todos, Trump apela ao voto latino

Joe Biden e Donald Trump continuam em campanha eleitoral para a corrida à Casa Branca, numas eleições que estão agendadas para 3 de novembro. O candidato presidencial democrata Joe Biden prometeu esta sexta-feira que a vacina …

Há 72 concelhos com risco "muito elevado" de contágio. Governo esconde mapas de perigo

O Governo insiste em não divulgar os mapas de perigo com o risco de contágio por coronavírus que foram feitos por peritos da Direcção Geral de Saíde (DGS). Isto numa altura em que o Expresso …

Nuno Melo estuda candidatura à liderança do CDS

O eurodeputado Nuno Melo não excluiu uma candidatura à liderança do CDS, avança este sábado o semanário Expresso. Confrontado pelo jornal, o eurodeputado não excluiu uma eventual candidatura à liderança dos centristas, dizendo apenas que "não …