Rússia expulsa cinco diplomatas portugueses

5

Governo português lamentou decisão, que surge como retaliação à expulsão de 10 diplomatas russos de Portugal após o início da invasão à Ucrânia.

A Rússia deu esta manhã ordem de expulsão a cinco diplomatas da embaixada portuguesa, que terão de abandonar o país dentro do prazo de 14 dias. A informação foi transmitida pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros que, em comunicado, explicou que a “embaixadora de Portugal em Moscovo foi esta manhã chamada ao Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa, onde foi informada da decisão.

“O Governo português repudia a decisão das autoridades russas, que não tem qualquer justificação que não seja a simples retaliação. Ao contrário dos funcionários russos expulsos de Portugal, estes funcionários nacionais levavam a cabo atividades estritamente diplomáticas, em absoluta conformidade com a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas”, pode ler-se.

Tal como nota o jornal Público, a expulsão era já esperada pelas autoridades portuguesas, já que nas últimas horas o mesmo aconteceu com representantes de países como a Espanha, Itália, Finlândia e França. As medidas são vistas como retaliação pelas tomadas pelos países europeus logo após a invasão à Ucrânia — no caso de Espanha e Itália, o número de diplomatas expulsos é semelhante.

Ainda ontem, fonte do MNE português avançou ao mesmo jornal que a decisão deveria estar “iminente“.

  ZAP //

5 Comments

  1. Nós todos sabemos, Raul.
    “…Tal como nota o jornal Público, a expulsão era já esperada pelas autoridades portuguesas…”

  2. Sim, expulsou. E então?
    Sendo esta uma represália por Portugal estar, do ponto de vista diplomático, a agir dentro daquilo que é exigível (na condenação da invasão, na aplicação de sanções, no apoio ao povo ucraniano, no envio de ajuda, etc.) o surpreendente seria não haver este tipo de consequências. Não vejo aí qualquer problema. Pelo contrário. É a derradeira prova que estamos do lado certo da História.

  3. O que eu não percebo é o porquê desses diplomatas ainda não terem saído da russia por livre e espontânea vontade há muito tempo!!!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.