Rui Patrício rescindiu com o Sporting

José Sena Goulão / Lusa

Rui Patrício, guarda-redes e capitão do Sporting

Rui Patrício rescindiu unilateralmente contrato com o Sporting por justa causa, esta sexta-feira, tendo enviado a sua decisão por fax, e-mail e carta-registada.

Segundo avança o desportivo Record, o guarda-redes e capitão do Sporting, Rui Patrício, enviou esta manhã o pedido de rescisão unilateral do contrato que o liga à equipa leonina.

Segundo o Correio da Manhã (CM), o guarda-redes dos leões foi surpreendido com mudanças de última hora nas condições exigidas por Bruno de Carvalho momentos antes de assinar pelo Wolverhampton. Quando tudo já parecia ultimado para realizar a transferência, o presidente do Sporting exigiu mais 2 milhões de euros, inviabilizando o acordo realizado por ambas as partes minutos antes.

Bruno de Carvalho já tinha aprovado as condições oferecidas pelos ingleses, autorizando, inclusivamente, Rui Patrício a realizar os exames médicos necessários. A transferência tinha sido acordada em 18 milhões de euros.

As exigências de última hora que travaram a transferência levaram Rui Patrício a apresentar rescisão por justa causa, segundo o CM.

A direção do Sporting terá também desligado a máquina dos faxes de forma a não receber as rescisões dos jogadores. O CM adianta ainda que os documentos estão agora a seguir por carta registada.

Os rumores sobre possíveis rescisões no plantel do Sporting têm sido amplamente debatidos, desde o episódio de violência registado na Academia de Alcochete, no passado dia 15 de maio.

Segundo Observador, a ideia de rescisão em bloco do plantel já tinha caído, mas alguns jogadores que queriam avançar com a desvinculação ao clube colocaram o dia 15 de junho como data limite para “solucionar” o problema, que passaria sempre pela venda a outro clube. O pedido de rescisão de Rui Patrício poderá acelerar outros processo de rescisão que ainda não tinham avançado oficialmente.

Hoje mesmo, o Conselho Diretivo do Sporting comunicou a decisão substituir a Mesa da Assembleia Geral (MAG) e respetivo presidente através da criação de uma comissão transitória da MAG.

O presidente da MAG, Jaime Marta Soares, considerou que a substituição dos membros por parte do Conselho Diretivo do clube “não tem cobertura estatutária” e por isso “é ilegal”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Olá companheiros.
    Como é que é possível o nosso Sporting estar a caminho do abismo, estamos a ser levados por um louco, um maníaco, um inconsciente, um vigarista, este “homenzinho” vai ser considerado louco e não vai ser possível responsabiliza-lo por todos os danos materiais que está a causar ao nosso clube.
    As perdas vão ser irreparáveis e lá vamos de ter de voltar a adiar a conquista de títulos, tudo por causa de um louco falido que aqui nos veio parar.
    Orgãos de justiça, apelo para que destituam este inconsciente!

RESPONDER

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …

Julgamento BES. Ministério Público acredita que provas da Suíça ainda podem ser utilizadas

O jornal Público escreve este sábado que os procuradores do Ministério Público (MP) acreditam ainda ser possível utilizar os elementos solicitados nas cartas rogatórias enviadas às autoridades suíças no julgamento do caso BES. O Ministério …

Salários mais baixos podem passar a ter lay-off pago a 100%

O Governo está a estudar a possibilidade de o regime de lay-off, desenhado especificamente para o contexto da pandemia de covid-19, passar a ser pago na sua totalidade (100%) para quem tem salários mais baixos. …

Bronca na Liga. Contestação adia 5 substituições e o Marítimo recusa assinar Plano de Retoma

Após dois dias intensos de reuniões, foi aprovado o Plano de Retoma do campeonato nacional para a disputa das últimas 10 jornadas da época 2019/2020. Mas apenas 17 clubes o assinaram. O Marítimo recusou fazê-lo, …

Igreja perdeu 50 milhões de euros com a pandemia (e há dioceses em lay-off)

Ao cabo de dois meses de paragem por causa da pandemia de covid-19, as missas regressam, neste sábado, mas com regras novas para evitar a propagação do coronavírus. Uma paragem que resultou num "prejuízo" de …

Reabertura de ATL adiada para 15 de junho. Creches arrancam segunda-feira (sem apoios para os pais)

As Atividades de Tempos Livres (ATL) não integradas em estabelecimentos escolares só poderão voltar a funcionar a partir de 15 de junho, duas semanas depois daquilo que estava inicialmente previsto. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, …

Governo britânico vai continuar a pagar 80% dos salários durante mais três meses

O Governo britânico vai continuar a pagar durante mais três meses 80% do salário de trabalhadores em lay-off devido à pandemia de covid-19, e reduzir gradualmente o valor até ao fim do sistema, em outubro. O …