Rovisco Duarte barrou PJ durante 5 horas após recuperação das armas de Tancos

(dr) presidencia.pt

O ex-Chefe do Estado-Maior do Exército, General Rovisco Duarte.

O ex-Chefe de Estado-Maior do Exército, general Rovisco Duarte, proibiu a entrada da Polícia Judiciária na base de Santa Margarida, no dia em que apareceram as armas roubadas em Tancos. Os inspectores só conseguiram entrar no campo militar após cerca de cinco horas à espera.

Este dado é avançado pelo jornal Expresso que salienta que Rovisco Duarte, que nesta semana se demitiu do cargo de Chefe de Estado-Maior do Exército (CEME), deu ordens para que a Polícia Judiciária (PJ) só entrasse com um mandado judicial no Campo Militar de Santa Margarida (CMSM), onde estavam guardadas as armas roubadas em Tancos, após terem sido encontradas na Chamusca.

A informação consta do documento entregue no Ministério Público (MP) pelo ex-chefe de gabinete de Azeredo Lopes, que se demitiu do cargo de ministro da Defesa. O “memorando” entregue pelo tenente-general Martins Pereira inclui uma “fita de tempo” que “descreve os passos da recuperação das armas”, de acordo com o que apurou também o Diário de Notícias (DN).

Martins Pereira recebeu esse “memorando” do então director da Polícia Judiciária Militar (PJM), o coronel Luís Vieira, e do ex-porta-voz dessa força policial, o major Vasco Brazão, ambos envolvidos na investigação judicial ao processo de recuperação das armas.

O documento divulgará a verdade do que aconteceu, incluindo, nomeadamente, “a condição, alegadamente imposta por um dos presumíveis autores do assalto”, de que a PJ deveria “ser afastada” do processo de entrega das armas, como cita o DN.

Na “fita de tempo” dos acontecimentos, está inscrito que o próprio general Rovisco Duarte proibiu a entrada dos inspectores da PJ no CMSM, quando estes quiseram averiguar as armas que tinham sido recuperadas.

A PJM resgatou o material de guerra roubado em Tancos na madrugada de 18 de Outubro, mas só informou o Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) e a PJ desse facto por volta das 10 da manhã desse dia, como constata o Expresso.

Quando os agentes da Unidade Nacional de Contra-Terrorismo (UNCT) da PJ chegaram a Santa Margarida, para ver as armas recuperadas, foram proibidos de entrar e só o conseguiram fazer cerca de cinco horas depois, quando o comandante do Campo Militar recebeu um despacho judicial.

O gabinete de Rovisco Duarte, quando ainda estava em funções como CEME, negou este dado, garantindo ao Expresso que o general “não teve interferência sobre esta questão”.

O que é certo é que o episódio contribuiu para agravar as suspeitas quanto à actuação dos militares neste processo. Essas suspeitas confirmaram-se depois, com uma chamada anónima apontando para a encenação preparada pela PJM, em conjugação com o suspeito do assalto, para a recuperação das armas.

PSD estranha “dissonância de explicações”

Entretanto, o PSD critica a forma como Rovisco Duarte se demitiu, nomeadamente a “dissonância de explicações” que apresentou.

“O CEME alegou aos órgãos de soberania que saía por razões de natureza pessoal e disse aos seus pares do Exército que saía por razões de natureza política“, frisa o líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, considerando que “este é um facto da maior gravidade”, conforme declarações citadas pelo Correio da Manhã.

O PSD equaciona, assim, chamar ao Parlamento o novo ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, para dar explicações, prometendo ir “até às últimas consequências” no caso de Tancos, como nota Negrão.

João Gomes Cravinho designou, entretanto, o tenente-general José Nunes da Fonseca como novo CEME. A escolha deverá agora ser formalmente aprovada e anunciada pelo Presidente da República.

  ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. O exercito português atravessa uma das crises mais profundas de sempre. Se houvesse um conflito (oxalá que não) estes militares de comando sentiriam na pele os efeitos da sua fraqueza dirigente, que é por demais evidente. Que pena e que apreensão, num país que sempre se pautou pela grandeza dos seus militares.

  2. Pois é…
    O caso de Tancos (diria TAMANCOS) tem muito que se lhe diga.
    Não sei quais as responsabilidades do ex- Ministro da Defesa (que, de qualquer modo, andou mal…).
    Sei que a hierarquia está QUASE TODA metida na trapalhada.
    Acusarem o Ministro da Defesa de ser responsável pelos actos dos militares é
    IGNORÂNCIA, DESONESTIDADE OU AS DUAS COISAS.
    Trata – se de crimes que envolvem vários graus da hierarquia…
    Não é de uma compra de feijão ou de cintos…, LOGO, a hierarquia, COMO SE VÊ, JÁ VAI NO CHEFE DO ESTADO MAIOR DO EXÉRCITO.
    NESSA CADEIA HIERÁRQUICA SEGUE – SE O COMANDANTE CHEFE DAS FORÇAS ARMADA E……..O PR (NÃO É ELE O SUPREMO COMANDANTE DAS FORÇAS ARMADAS?) PORQUE É QUE JULGAM QUE, AO CONTRÁRIO DOS INCÊNDIOS EM QUE METEU O BEDELHO EM TUDO E FEZ ATÉ UMA SACANICE AO PM, AGORA ESTÁ CALADO E DEIXA CAIR O MINISTRO QUE NÃO COMANDA NNNNNNAAAAAADDDDDDAAAAA NAS FORÇAS ARMADAS…PORQUE NÃO VAI O PR TIRAR SELFIES PARA TANCOS, CHAMUSCA, LOULÉ, ETC?????!!!!

  3. O país está a ficar nas mãos de gente que de importantes têm os títulos de doutores ou galões de generais mas que na prática grande parte deles são uns analfabetos no conhecimento da vida, arrogam-se em poderosos atrás de tais títulos como se fossem donos disto tudo, meninos mimados em jovens onde nunca lhes foi exigido qualquer esforço e alguns deles sobem na vida há custa de subornos e compadrios, triste ver o país caminhar no caminho da corrupção, mais parece um país sul-americano.

RESPONDER

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …