Ronaldo queria deixar o Real já em 2017 (e poderia ter rumado a Milão)

Alessandro Di Marco / EPA

Cristiano Ronaldo, que este verão deixou o Real Madrid para rumar à Juventus, queria já ter deixado o clube espanhol em 2017. Na altura, a mudança foi também equacionada para o futebol italiano, mas para Milão e não para Turim.

Em declarações ao Sole24Ore, o antigo diretor geral do Milan, Marco Fassone, revelou que o clube tentou contratar o internacional português já em 2017. Yonghong Li, o então proprietário do Milan, acreditava que a contratação de Cristiano Ronaldo seria uma boa forma de promover o clube na China.

“O senhor Li queria o Cristiano na equipa porque acreditava que teria uma grande repercussão no mercado chinês. E o Ronaldo já queria sair do Real Madrid em 2017”, afirmou Marco Fassone.

O antigo dos rossoneri revelou ainda que em Julho desse ano chegaram mesmo a reunir  com o empresário Jorge Mendes para perceber os custos e a disponibilidade do jogador, mas a contratação de Ronaldo era um “sonho” difícil de concretizar.

Convenci-o a desistir do sonho: Ronaldo era muito caro”, disse Marco Fasson.

Apesar de não ter conseguido contratar Ronaldo, o AC Milan acabou por investir quase 200 milhões de euros no mercado de transferências de verão nesse ano, tal como recorda o Diário de Notícias. Leonardo Bonucci (42 milhões de euros à Juventus), André Silva (38M ao FC Porto), Andrea Conti (24M à Atalanta), Hakan Çalhanoglu (21,3M ao Leverkusen), Lucas Biglia (19,2 M à Lazio), Mateo Musacchio (18M ao Villarreal) e Ricardo Rodríguez (15M ao Wolfsburgo).

A saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus foi confirmada no início de julho deste ano, depois de de nove temporadas com a camisola do Real ao peito. O internacional português foi contratado por 120 milhões de euros, durante quatro temporadas, com um salário de 30 milhões de euros por ano.

A Juve é o quarto clube na carreira sénio de CR7, depois de Sporting (2002/03), Manchester United (2003/04 a 2008/09) e Real Madrid (2009/10 a 2017/18).

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …

NASA apresenta "mapa do tesouro" para encontrar água em Marte

Uma equipa de cientistas da NASA elaborou um mapa da água congelada que existe em Marte e que se acredita estar a apenas 2,5 centímetros abaixo da superfície do Planeta Vermelho - isto é, à …

Já se sabe como é que planetas florescem a partir de pequenos pedaços de poeira

Uma equipa de investigadores validou uma teoria que pode explicar como é que os planetas crescem a partir de pequenos pedaços de poeira interestelar. O crescimento de um pequeno pedaço de poeira até um planeta inteiro …

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …