Em Roma, as viagens do metro podem ser pagas com garrafas de plástico

Se viajar por Roma e não tiver dinheiro suficiente para pagar o bilhete de metro, não se preocupe. Basta recolher algumas garrafas de plástico e colocá-las em máquinas recicladoras instaladas em três estações de metro da cidade.

O programa “+ Ricicli + Viaggi” (em português “+ Recicla + Viaja”) começou no final do mês de julho e vai estar em período experimental durante 12 meses. Se a experiência correr bem, a rede será alargada a outras estações de metro. Para já, as máquinas estão instaladas nas estações Cipro, Piramide e San Giovanni e é necessário instalar as apps myCicero e Tabnet para usufruir do desconto.

O processo é simples: cada utilizador tem um código de barras criado pela app, que deve ser lido pelo scanner da máquina recicladora. Depois, é só inserir garrafas de plástico com capacidade entre os 0,5 e os dois litros. Por cada garrafa depositada, o utilizador fica com cinco cêntimos na sua carteira virtual, que podem depois ser utilizados para comprar bilhetes com desconto.

“Num período em que se fala de criptomoeda, nós temos ‘plástico-moeda’”, disse Paolo Simoni, presidente da Atac, a empresa que opera a maior parte da rede de transportes públicos em Roma, à Lonely Planet. “É um sistema em que os indivíduos reciclam, ao mesmo tempo que fidelizamos o cliente e o recompensamos um comportamento virtuoso.”

Sergio Costa, ministro do Ambiente italiano, escreveu numa publicação do Facebook que “o ideal seria consumir menos plástico descartável”, mas que o programa é uma boa solução quando não há outra alternativa que não comprar uma garrafa de plástico.

A estratégia de economia circular pode também motivar as pessoas a recolher garrafas de plástico atiradas ao chão por toda a cidade — tendo em conta a reputação da capital italiana no que toca a poluição.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Francisco George defende vacinação de crianças com menos de 5 anos contra a covid-19

As crianças maiores de cinco anos devem ser vacinadas contra a covid-19, desde que a segurança e a eficácia da vacina estejam comprovadas cientificamente nestas idades, defende o médico especialista em saúde pública Francisco George. A …

Cientistas imprimiram, pela primeira vez, células cerebrais vivas em 3D

Uma equipa de cientistas usou uma nova técnica laser e conseguiu imprimir em 3D células cerebrais vivas. A maioria dos neurónios sobreviveram durante mais de dois dias após terem sido impressos em 3D, o que significa …

Descoberto antídoto contra agentes nervosos tipo Sarin e Novichok

Uma equipa do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LLNL), nos Estados Unidos, desenvolveu um antídoto que neutraliza a exposição ao envenenamento por agente nervoso. O estudo, que foi publicado na revista Scientific Reports, foi o resultado de …

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …