/

Risco de transmissão de covid-19 é maior nas festas de aniversário das crianças

As reuniões sociais pequenas e informais, tais como festas de aniversário de crianças, são uma potencial fonte importante de transmissão de SARS-CoV-2, o vírus causador da covid-19.

De acordo com um novo estudo, publicado na JAMA Internal Medicine em junho, os aniversários estão associados a um aumento do número de casos de covid-19 em áreas com elevada prevalência.

Apesar de muitas políticas serem “criadas para impedir a propagação da covid-19” em reuniões formais — tais como locais de trabalho, refeições, batizados ou casamentos —, os encontros sociais informais são um modo potencialmente importante de transmissão do SARS-CoV-2, lê-se no artigo.

Para perceber o papel das festas de aniversário na transmissão da covid-19, os investigadores analisaram dados de 2,9 milhões de famílias dos Estados Unidos, relativos ao período de 1 de janeiro a 8 de novembro de 2020, para comparar as infeções por covid-19 entre famílias com e sem festas de aniversário nas duas semanas anteriores.

Em áreas do decil superior da prevalência da covid-19, os agregados familiares com um aniversário nas duas semanas anteriores à testagem tiveram mais 8,6 diagnósticos por 10 mil indivíduos, um aumento relativo de 31% acima da prevalência de 27,8 casos por 10 mil indivíduos, em comparação com os agregados familiares sem um aniversário nas duas semanas anteriores.

Já relativamente aos aniversários de crianças, houve um aumento nos diagnósticos de 15,8 por 10 mil pessoas, em comparação com um aumento de 5,8 por 10 mil entre as famílias que tiveram o aniversário de um adulto.

Os resultados sugerem então que os aniversários, principalmente de crianças, estão associados a um aumento da incidência de covid-19, escreve a Univadis.

  Sofia Teixeira Santos, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.