Os rins protegem-nos da malária

Gates Foundation / Flickr

Cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), em Oeiras, encontraram um mecanismo que nos protege da malária… nos rins de ratinhos.

Através de experiências com ratinhos, cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), em Oeiras, encontraram, pela primeira vez, um mecanismo nos rins que está envolvido na proteção contra a malária. Esta descoberta inesperada, que ajuda a explicar o desenvolvimento de problemas renais em pessoas que sofrem de malária grave, foi publicada na Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Há muitos anos que os cientistas se interessam por um fenómeno chamado “tolerância à doença”, conceito que surgiu há 150 anos no estudo das plantas. É o caso de Miguel Soares, cientista do IGC que coordenou a pesquisa.

Segundo o Público, nos últimos anos os cientistas perceberam que este mecanismo de defesa também existe em animais. A equipa de Miguel Soares tem estudado o mecanismo no choque sético ou na malária.

Apesar de haver todos os anos cerca de 450 mil mortes, mais de 98% das pessoas infetadas com malária sobrevivem, em parte devido à tolerância à doença, revela o estudo.

“Apercebemo-nos de que há mecanismos de defesa contra a malária que não têm nada a ver com a capacidade de eliminar o parasita [Plasmodium], mas estão relacionados com a indução destes mecanismos na tolerância à doença”, explica o investigador. No fundo, há mecanismos que fazem com que diferentes órgãos de um animal consigam funcionar quando já está infetado com malária.

Além deste passo, a equipa de Miguel Soares descobriu que o mecanismo que cria esta proteção contra a malária depende da enzima heme-oxigenase-1 – proteína produzida por um certo gene nos tecidos do organismo quando são expostos a stress oxidativo e que tem a capacidade de degradar os grupos heme (que contém átomos de ferro), que existem na hemoglobina.

De acordo com o diário, estes grupos são, normalmente, inofensivos e transportadores de oxigénio na hemoglobina, mas quando são libertados durante a infeção do Plasmodium são tóxicos e causam sintomas graves de malária.

Na prática, quando o parasita da malária consegue entrar na corrente sanguínea, invade os glóbulos vermelhos e multiplica-se. Ao rebentar com os glóbulos vermelhos, expulsa a hemoglobina para a corrente sanguínea.

Aí, a hemoglobina liberta os grupos heme. Mas a heme-oxigenase-1 vai agarrar nesses grupos e extrair o ferro, criando assim uma proteção contra a toxicidade desses grupos, explica.

“Descobrimos que este é um mecanismo de desintoxicação. Se este mecanismo não existir, qualquer pessoa que tem malária morre”, explica Miguel Soares. Isso acontece “porque se desenvolve uma disfunção renal muito grave, que é um dos parâmetros clínicos principais da malária severa”.

“Não se morre porque o parasita piora ou melhora, mas porque se perde tolerância à doença. Este mecanismo de base não exerce qualquer efeito no parasita, mas é absolutamente crítico para que o indivíduo que esteja infetado com malária possa sobreviver”, remata o cientista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Lixo espacial cadente iluminou os céus na Austrália

Na sexta-feira passada, pedaços de lixo espacial de um foguetão russo iluminaram os céus na Austrália. Os especialistas dividem-se na possibilidade de bocados dele caírem na Terra. Na sexta-feira passada, num final de tarde como tantos …

Cientistas criaram uma borracha que até rasga (mas concerta-se sozinha)

Investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, desenvolveram um novo tipo de borracha que consegue regenerar sozinha. A equipa de investigadores da universidade australiana criou um novo tipo de borracha e um catalisador que, em conjunto, podem …

Dez anos depois, voltou a ser avistado um guepardo do noroeste africano

Naturalistas na Argélia filmaram um guepardo do noroeste africano, uma subespécie listada na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como estando em "perigo crítico", pela primeira vez em dez anos. De acordo …

NASA dedica novo telescópio a Nancy Grace Roman, a "mãe" do Hubble

A NASA renomeou o telescópio Wide Field Infrared Probing Telescope (WFIRST) em homenagem a Nancy Grace Roman, a mãe do Hubble. A NASA batizou o seu telescópio espacial de última geração, atualmente em desenvolvimento, - o …

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …