Variações na rigidez das rochas explicam tsunamis devastadores

Chris Wren, Kenn Brown / mondoart.net

A variação na rigidez das rochas, um parâmetro nunca inferido em detalhe até agora, é o principal fator para explicar algumas características observadas em grandes tsunamis.

Uma equipa de cientistas do Instituto de Ciências Marinhas do CSIC, em Espanha, publicou recentemente um artigo científico na Nature que explica que a variação na rigidez das rochas deve ser um fator explorado e incorporado na estimativa de risco associado a terramotos e tsunamis.

De acordo com os cientistas, citados pelo Europa Press, as variações de rigidez permitem a resolução de paradoxos inexplicáveis, como a discrepância entre o movimento sísmico moderado registado na superfície e a grande amplitude de tsunamis que deram origem a vários terremotos históricos.

Em comunicado, Valentí Sallarès, autor principal do trabalho, revelou que esta investigação mostra que as diferenças entre o comportamento de terramotos profundos e rasos “não se devem a variações locais no mecanismo físico que os produz, mas a mudanças sistemática na rigidez das rochas que fraturam e se deformam durante a rutura sísmica”.

Os terramotos rasos propagam-se mais lentamente, duram mais tempo, têm maior escorregamento na falha e causam uma maior deformação no fundo do oceano em comparação com os terramotos profundos de igual magnitude. No entanto, geram vibrações sísmicas menos pronunciadas na superfície.

É por este grande motivo que os cientistas admitem que, muitas vezes, que o risco destes terramotos é subestimado, especialmente a sua capacidade de gerar tsunamis.

(dr) CSIC

Movimento sísmico

Os autores do artigo científico analisaram imagens sísmicas do subsolo e combinaram-nas com modelos tomográficos, de modo a inferir as propriedades das rochas em diferentes profundidades e em diferentes zonas de subducção em todo o mundo.

Os resultados mostram que a rigidez das rochas que repousam sobre a falha entre placas aumenta sistematicamente com a profundidade, seguindo uma tendência universal e bem definida.

Esta tendência explica as diferenças entre terramotos superficiais e profundos, permitindo, por sua vez, prever com precisão a velocidade de propagação e a duração da rutura sísmica, a quantidade de derrapagem na falha, as alterações na amplitude das vibrações sísmicas geradas ou as diferenças de magnitude.

Este é o primeiro modelo que permite prever certas características do terramoto com base na profundidade do seu hipocentro, que, segundo Sallarès, é “a chave para poder estimar com precisão seu potencial tsunamigénico”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …