“Revolta” na justiça pode fechar tribunais. Operação Marquês e Ataque a Alcochete em causa

António Cotrim / Lusa

A greve de cinco dias alternados dos oficiais de justiça que arranca nesta terça-feira, 25 de Junho, pode fechar alguns tribunais e põe em causa dois dos processos judiciais mais mediáticos do país, a Operação Marquês e o Ataque a Alcochete.

Os oficiais de justiça começam, nesta terça-feira, uma greve de cinco dias alternados – a paralisação vai verificar-se a 25 e 28 de Junho e a 2, 4 e 12 de Julho – que vai afectar o funcionamento dos tribunais e que pode até fechar alguns deles.

Vários processos poderão mesmo ter diligências adiadas, como são os casos da Operação Marquês e do Ataque à Academia de Alcochete. O Diário de Notícias (DN) repara que está em causa o arranque da fase de instrução do processo do ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, bem como o testemunho do ex-secretário de Estado Fernando Serrasqueiro no âmbito da Operação Marquês.

Em causa neste protesto está a integração no salário de um suplemento que era pago em 11 vezes, o que na prática constitui “uma redução de ordenado”, afiança o Sindicato dos Funcionários Judiciais.

O Estado quer “integrar os 11 meses do suplemento no vencimento, mas dividindo por 14 meses”, explica ao DN o presidente do Sindicato, Fernando Jorge, realçando que “isso vai dar um valor mensal mais baixo” do que aquele que os oficiais de justiça recebem actualmente.

Este suplemento é de “entre 90 e 200 euros, no máximo, enquanto os juízes recebem 775 euros, que vão subir para 875, e, mesmo assim, vão receber 14 meses”, destaca ainda Fernando Jorge.

“No nosso caso, a alteração de pagamento tem de ser feita sem impacto orçamental, mas no caso dos magistrados [juízes e procuradores] já não é assim”, acrescenta, reforçando que o subsídio dos oficiais de justiça “é mais baixo”. “É uma desconsideração” que “provoca uma revolta justificada”, conclui.

“A insatisfação é tanta que há tribunais que vão fechar completamente. Esperamos uma grande adesão”, diz ainda o presidente do Sindicato.

Os oficiais de justiça têm realizado vários protestos desde o ano passado queixando-se das condições de trabalho nos tribunais, da falta de recursos humanos e de materiais, e também da ausência de promoções.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. AvatarSão os oficiais de justiça, a PJ.... anda tudo descontente na Justiça!!! E também quem a precisa!!!

    Também aos inspectores da Polícia Judiciária lhes tinham prometido a revisão dos estatutos com 20 anos de idade e depois apresentaram uma proposta muito pior que os estatutos antigos, com redução efectiva de salários (também menor nos cargos directivos), redução de direitos e aumento de responsabilidades… sem aumento de meios… nada… e com redução dos poderes… que é para não andarem sempre a investigar os políticos e a descobrir negociatas… andam a gozar com as pessoas!! Os ricos vão ter sempre justiça à medida, mas para o resto… é cada vez pior!

  2. Este governo brinca com toda a gente. Mas o interessante é que por trás, os que refilam, são os que na hora lhe dão o voto. Não sei para onde estamos a caminhar.

      • Só por acaso, a proposta foi do CDS!!
        jornaleconomico.sapo.pt/noticias/subida-do-salario-dos-juizes-quanto-e-que-ganham-os-magistrados-face-ao-primeiro-ministro-e-presidente-da-republica-431250

  3. Até ao dia das eleições os de sempre não vão descansar.
    É o quanto pior melhor!!!!
    Trabalhar que é bom, que trabalhe eu!!!

  4. Ainda não percebi qual o desempenho da justiça em prol de uma boa harmonia social. Penso que se não existissem teríamos os mesmos problemas.

  5. Estes funcionários da Justiça não passam de mais uma classe de “mamões” públicos. O erro foi o governo ter dado um aumento milionário aos juízes, permitindo-lhes ganhar mais que o Presidente da República. Agora os segundos na hierarquia também querem mama em troca do voto. O sistema eleitoral está refém dos funcionários públicos. Os restantes, por ignorância, não votam.

    • Não é bem assim:
      “No Parlamento, a proposta do CDS-PP recolheu votos a favor do PS e PCP, enquanto o PSD e o BE votaram contra o aumento salarial dos juízes. No entanto, apesar da medida ter sido aprovada, os magistrados ficam impedidos de auferir vencimentos superiores a 90% do salário do Presidente da República.”
      “Subida do salário dos juízes. Quanto é que ganham os magistrados face ao primeiro-ministro e Presidente da República?”
      jornaleconomico.sapo.pt/noticias/subida-do-salario-dos-juizes-quanto-e-que-ganham-os-magistrados-face-ao-primeiro-ministro-e-presidente-da-republica-431250

RESPONDER

Palácio onde Churchill nasceu muda nome do "Quarto Indiano" (para afastar polémica sobre ligações coloniais)

O Palácio de Blenheim mudou o nome da sua “Sala Indiana” para evitar polémica sobre ligações coloniais numa nova exposição sobre Winston Churchill. Uma exposição intitulada "O Grande Britânico" no local de nascimento do líder do …

militares a cantar hino do Sporting na parada

Exército investiga vídeo de militares a cantar hino do Sporting na parada

O vídeo que mostra recrutas de um quartel do Funchal, na Madeira, a entoar cânticos de apoio ao Sporting durante uma parada militar está a ser investigado pelo Exército. O episódio terá acontecido depois de …

Autoridade Marítima diz que multas nas praias ainda não podem ser aplicadas

A Autoridade Marítima Nacional explicou hoje que a fiscalização das praias se vai pautar pela sensibilização para o cumprimento das medidas de prevenção da covid-19, indicando que as coimas por incumprimento só podem ser aplicadas …

Trabalhadores das cantinas e refeitórios em greve na 2.ª feira por aumentos salariais

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados vão estar em greve na segunda-feira, por aumentos salariais, segundo a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (FESAHT). Além …

469 novos casos, 7 mortes e 386 recuperados em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, sete mortes atribuídas à covid-19 e 469 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde. O número de internamentos continua a descer. …

Limpeza, segurança e discrição. O Monte de Saint Michael procura um "rei" para o seu castelo

O Monte de Saint Michael, uma fortificação histórica na Cornualha, está a procura de um "rei". O trabalho inclui a responsabilidade pela segurança e proteção do castelo.  Abriram as inscrições para um "oficial do castelo" residente …

China cancela subidas ao Evereste por receio de casos vindos do Nepal

A China cancelou as permissões de escalar o Monte Evereste do seu lado do pico mais alto do mundo devido ao receio de importar casos de covid-19 do vizinho Nepal, noticiou a imprensa estatal. O encerramento …

Marcelo e Ferro repudiam identificação “inaceitável” de deputada em notícia da Lusa

O Presidente da República e o presidente da Assembleia da República condenaram a “lamentável notícia” da Lusa na qual se identificava a deputada do PS, Romualda Fernandes, de modo “a todos os títulos inaceitável”. A …

Museu Nacional Soares dos Reis reabre (e revela peças raramente vistas)

O Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto, reabre este sábado com três exposições temporárias e um concerto do Ensemble Vento do Norte, porque é “urgente devolver o Museu à cidade e ao país”, …

Portugal tenta anular decisão de Bruxelas sobre ajudas ilegais na Zona Franca da Madeira

Na mesma altura que prepara a recuperação das ajudas às empresas, Portugal recorreu ao Tribunal para anular a decisão da Comissão Europeia que declarou ilegais as ajudas públicas atribuídas através da Zona Franca da Madeira …