Arqueólogos descobrem restos de uma terrível batalha da Idade do Ferro

(dr) Ejvind Hertz / Museum Skanderborg

Restos mortais da terrível batalha da Idade do Ferro em Alken Enge, na Dinamarca

Os arqueólogos ainda não sabem ao certo o que aconteceu nesta batalha, na Dinamarca, que ocorreu há dois mil anos. Mas uma coisa é certa: foi violenta.

Uma equipa de arqueólogos apresentou recentemente, num estudo publicado na Proceedings of the National Academy os Sciences (PNAS), as suas descobertas sobre uma das mais espetaculares escavações arqueológicas em Alken Enge, na Dinamarca.

A vala comum encontrada contém os restos mortais de uma batalha, que ocorreu há dois mil anos, onde crianças de 13 anos lutaram ao lado de homens adultos e onde os mortos foram deixados e comidos por animais famintos, avança o Science Nordic.

Até agora, os investigadores descobriram 2.095 ossos e fragmentos. No entanto, como ainda não exploraram toda a zona arqueológica, acreditam que ainda estão por encontrar entre 380 e mil restos mortais.

As análises de radiocarbono mostram que todos os ossos encontrados pertencem a um grande evento do início do primeiro século, período em que houve um aumento significativo da violência em toda a Europa.

A equipa está confiante de que a batalha não foi entre romanos e tribos germânicas e de que “não são pessoas provenientes do sul da Europa”. “Simplesmente ainda não sabemos”, afirma Ejvind Hertz, investigador do Museu Skanderborg e co-autor do estudo.

Contudo, os restos mortais contam uma história única sobre as estruturas da Idade do Ferro, considera a arqueóloga Katrine Balsgaard Juul, investigadora do Museu Vejle mas que não participou no estudo.

“Estamos sempre interessados em descobrir como passámos de pequenas origens para uma estrutura mais formal ou até mesmo um estado. Alken mostra-nos que, nessa época, havia uma forma de organização em grandes regiões geográficas”, explica.

Para construir um exército capaz de partir para a batalha, Juul acredita que seriam precisas várias aldeias, que consistiam em três ou cinco casas, com entre oito a 15 pessoas – homens, mulheres e crianças. Isto significa que seriam entre 24 a 75 pessoas por aldeia, cerca de metade dos quais seriam homens ou rapazes (os potenciais guerreiros).

A maioria dos restos mortais encontrados indica que os guerreiros teriam idades entre os 20 e os 40 anos e apenas cerca de 5% teriam menos de 20. No entanto, os ossos encontrados mostram que os soldados mais novos tinham apenas 13 anos.

A investigação também revelou detalhes sobre os ferimentos sofridos pelos homens. Alguns ocorreram durante a batalha, outros depois e que poderão estar ligados a rituais de sacrifício. Foram encontrados crânios esmagados e sulcos profundos no interior dos ossos pélvicos. “Quase nenhum dos ossos mostrou sinais de fraturas prévias, o que significa que estes homens provavelmente nunca tinham visto a guerra antes“, diz Hertz.

Segundo os cientistas, os mortos terão sido deixados no campo de batalha e por lá ficaram, tendo sido comidos por animais e acabando por entrar em decomposição. Depois da batalha, a população terá ficado muito dispersa e o que antes terão sido terras cultivadas passou a ser floresta.

Alken Enge é um “sonho” para qualquer arqueólogo, sobretudo, porque ainda há muitas coisas por descobrir e muitas perguntas para responder. “Este sítio é único. É a experiência de uma vida para qualquer arqueólogo ter a oportunidade de fazer parte desta escavação”, conclui Hertz.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Assis critica novo Governo do PS. É "muito António Costa" e feito só para dois anos

O ex-eurodeputado do Partido Socialista (PS) Francisco Assis não poupou nas críticas ao novo Governo, que António Costa apresentou ao Presidente da República na terça-feira ao final do dia, considerando que este é um executivo …

PSD considera que não há novo Governo, mas "remodelação" com alargamento

O PSD defendeu na quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Depois do terramoto das legislativas, vem aí um Conselho Nacional difícil para o CDS

O CDS reúne esta noite o Conselho Nacional. Segundo o Público, Assunção Cristas deverá renunciar a lugar de deputada na Assembleia da República. O CDS deverá marcar esta quinta-feira o próximo congresso para janeiro de 2020. …

Rio quer abafar Montenegro ao fazer "multitasking" como líder partidário e parlamentar

Rui Rio pode acumular as funções de líder do partido e líder parlamentar. O objetivo passa por evitar divisões na bancada e esvaziar a oposição de Luís Montenegro. Rio parece já ter uma estratégia delimitada para …

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …

Polícia desmantela rede de pornografia infantil e faz mais de 300 detenções

Pelo menos 337 pessoas de 38 países foram detidas numa operação em que foi desmantelada uma rede de pornografia infantil, que usava um site para comercializar vídeos de abuso sexual de crianças. Num comunicado divulgado esta …

Três coelhos de uma cajadada. Vieira renova contratos a três jogadores

No seu regresso de Angola, Luís Filipe Vieira assegurou a renovação do contrato de três jogadores: Grimaldo, Ferro e Jota. O anúncio oficial deverá estar para breve. Esta quinta-feira, o jornal Record fez manchete com a …

Berardo chama Mourinho e Ronaldo a jogo para não perder condecorações

A defesa de Joe Berardo invocou outros casos de personalidades portuguesas para que o empresário não perca as condecorações que recebeu dos antigos Presidentes da República Ramalho Eanes e Jorge Sampaio, escreve o Eco. De acordo …

Decisão "vergonhosa". Iniciativa Liberal e Chega indignados com distribuição de lugares no Parlamento

Está definida a distribuição de lugares do próximo Parlamento. O Iniciativa Liberal e o Chega não estão contentes e criticam a decisão. A decisão da conferência de líderes do Parlamento sobre os lugares que os novos …

Aos 57 e com Parkison, Damásio criou uma raqueta especial e sagrou-se vice-campeão mundial

Damásio Caeiro fez mais de 50 tentativas para construir a raqueta ideal para jogar ténis de mesa e, quando conseguiu "que mão e raqueta se fundissem", sagrou-se vice-campeão mundial de doentes com Parkinson. "Tinha muita dificuldade …