Relatório final sobre as condecorações de Berardo está concluido

Manuel de Almeida / Lusa

Joe Berardo

O ex-presidente da Assembleia da República já entregou o seu parecer ao Conselho das Ordens Honoríficas sobre Joe Berardo, mas a decisão só deve ser conhecida em meados de dezembro.

De acordo com o Expresso, Mota Amaral, relator do inquérito instaurado pelo Conselho das Ordens Honoríficas a Joe Berardo, já terminou o relatório e entregou-o ao conselho presidido pela ex-ministra Manuela Ferreira Leite.

A discussão do relatório final, segundo sabe o semanário, já está agendada para dezembro, mais concretamente na semana que antecede o Natal. O ex-presidente do Governo Regional dos Açores fará a apresentação do trabalho que pode determinar a admoestação ou irradiação do arguido.

O também ex-presidente da Assembleia da República ouviu as várias partes envolvidas, incluindo o empresário madeirense que respondeu à nota de culpa do instrutor no início de outubro.

O processo disciplinar foi iniciado depois de Berardo ter feito declarações no Parlamento consideradas desrespeitosas por vários grupos parlamentares. De acordo com a lei das ordens, o empresário enfrenta uma pena que vai da advertência até à perda das condecorações.

Ao longo da carreira, o empresário foi distinguido pelo Presidente Ramalho Eanes, em 1985, com o grau de comendador da Ordem do Infante D. Henrique e, em 2005, por Jorge Sampaio com a Grã Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.

Em outubro, a defesa do arguido invocou outros casos de personalidades portuguesas que tiveram problemas com a Justiça para que o empresário não perca as condecorações, nomeadamente Cristiano Ronaldo e José Mourinho.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE