Regresso aos voos do Boeing 737 MAX continua sem data marcada

Seis meses depois da imobilização no solo do Boeing 737 MAX, no seguimento de dois acidentes que provocaram 346 mortos, continua sem data marcada o regresso deste aparelho ao ar.

Mais de seis meses depois da imobilização no solo do Boeing 737 MAX, no seguimento de dois acidentes que provocaram 346 mortos, continua sem data o regresso deste aparelho ao ar, indicou esta terça-feira o regulador aéreo dos EUA.

A informação foi avançada pela Agência Federal da Aviação (FAA, na sigla em inglês), cujo presidente, Steve Dickson, indicou que o levantamento da proibição vai ser feito país a país. Esta possibilidade reflete as divergências entre as autoridades da aviação civil mundial.

Por outro lado, Dickson confirmou aos seus pares, durante uma reunião em Montreal, no Canadá, que ele próprio tencionava voar no 737 MAX modificado antes que este volte a ter voos comerciais, segundo o texto do seu discurso transmitido à AFP.

“A FAA continua a seguir um processo minucioso e não um calendário imposto, para recolocar o aparelho ao serviço”, declarou Dickson.

Acrescentou que o regulador continua a examinar as mudanças feitas pela Boeing ao programa informático MCAS, especialmente concebido para o MAX, que foi posto em causa durante inquéritos preliminares nos acidentes da Ethiopian Airlines, de 10 de março último, e da Lion Air, de 29 de outubro do ano passado. O 737 MAX está sem voar desde há mais de seis meses.

A FAA admitiu na segunda-feira que as suas divergências com outros reguladores, designadamente europeus e o canadiano, não iriam permitir que o 737 MAX modificado regressasse aos céus de maneira simultânea.

Cada governo vai tomar a sua própria decisão sobre o regresso do aparelho, fundada sobre o exame aprofundado sobre a segurança”, declarou a FAA, cuja proximidade com a Boeing tem sido criticada, de forma generalizada, desde há vários meses.

Entre as críticas que lhe são dirigidas está a de ter sido a última autoridade a impedir que o aparelho voasse e de ter confiado à própria Boeing a homologação de sistemas importantes do 737 MAX, entre os quais o MCAS.

Um painel de reguladores internacionais, criado pela FAA, deve entregar nas próximas semanas um relatório muito crítico sobre as relações entre a Boeing e o regulador.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …

Asteroide tem nome de astrofísico português Nuno Peixinho

O astrofísico português Nuno Peixinho dá nome a um asteroide, descoberto em 1998 e que tem pouco mais de 10 quilómetros de diâmetro, anunciou esta segunda-feira o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), …

"É inaceitável". Ana Mendes Godinho critica situações de trabalho temporário que "duram décadas"

A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, insistiu esta terça-feira na relevância do combate à precariedade, sinalizando a intenção de restringir o trabalho temporário. "Tem de haver mecanismos mais fortes para combater a segmentação do mercado …

Hitler expulsou os soldados judeus há oito décadas. Agora, um rabino junta-se ao exército alemão

No início da Segunda Guerra Mundial, Hitler expulsou os judeus das Forças Armadas na década de 1930. Agora, Zsolt Balla irá assumir o cargo de rabino-chefe do exército alemão. Mais de 80 anos depois, aquilo que …

Rio critica Governo após "justa indignação" de Merkel

O presidente do PSD acusou esta terça-feira o Governo de estar a fazer Portugal passar “por uma vergonha desnecessária”, considerando que depois da “vexatória desconsideração” do Reino Unido, os portugueses têm que “ouvir a justa …

Amazon acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos

A Amazon foi acusada de destruir milhões de itens não vendidos todos os anos, segundo uma investigação da Newsweek, publicada na segunda-feira. "Uma investigação da ITV News num dos centros de distribuição da Amazon no Reino …

"Sou trans". Jovem português agredido em Inglaterra por ser transexual

"Sou trans". Foi o que bastou Ruan, um jovem português de 21 anos, dizer para ser agredido perto de casa, em Inglaterra. De acordo com o Público, Ruan Filipe, natural de Santa Maria da Feira, terá …