Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica.

Ao contrário dos computadores convencionais, o processamento na computação quântica é barulhento e produz taxas de erro dramaticamente mais altas. É por esse motivo que as operações quânticas são repetidas milhares de vezes para fazer com que a resposta correta se destaque estatisticamente de todas as erradas.

Mas executar a mesma operação repetidamente no mesmo conjunto de qubit pode gerar as mesmas respostas incorretas que podem parecer estatisticamente a resposta correta. A solução, de acordo com investigadores do Instituto de Tecnologia da Geórgia, é repetir a operação em conjuntos de qubit diferentes que possuem assinaturas de erro diferentes – e, assim, não produzirão os mesmos erros

“A ideia é gerar uma diversidade de erros“, explicou Moinuddin Qureshi, professor da Escola de Engenharia Elétrica e de Computação da Georgia Tech. “Diferentes qubits tendem a ter assinaturas de erro diferentes. Quando combinamos os resultados de diversos conjuntos, a resposta certa aparece, embora cada um deles individualmente não tenha recebido a resposta certa.”

Swamit Tannu, outro investigador que participou na descoberta, compara esta técnica, conhecida como Conjunto de Mapeamentos Diversos (EDM), ao concurso televisivo Quem Quer Ser Milionário. Nesse programa, os participantes que não tiverem a certeza da resposta a uma pergunta de escolha múltipla, podem pedir ajuda ao público.

“Não é necessário que a maioria das pessoas da plateia saiba a resposta certa”, disse Qureshi. “Se até 20% a souberem, quem estiver a jogar poderá identificá-la.”

De acordo com o Phys.org, o EDM melhora a qualidade da inferência em 2,3 vezes em comparação com os algoritmos de mapeamento de ponta. Ao combinar as distribuições de probabilidade de saída do conjunto diverso, o EDM amplifica a resposta correta, suprimindo as respostas erradas.

A técnica de EDM é contra-intuitiva. Os qubits podem ser classificados de acordo com a sua taxa de erro em vários tipos de problemas, e o curso de ação mais lógico pode ser usar o conjunto mais preciso. Mas mesmo os melhores qubits produzem erros, e esses erros provavelmente serão os mesmos, mesmo que a operação seja feita milhares de vezes.

A escolha de qubits com diferentes taxas de erro – e, portanto, diferentes tipos de erro – protege contra este problema, garantindo que a resposta correta fica da diversidade de erros.

“O objetivo da investigação é criar várias versões do programa. Cada uma pode cometer um erro, mas de certeza que não cometerão erros idênticos”, explicou Tannu. Por sua vez, Qureshi compara a técnica EDM às técnicas de formação de equipas promovidas por consultores de recursos humanos.

O esquema de mitigação de erros quânticos foi apresentado esta segunda-feira no 52º Simpósio Internacional de Microarquitetura do IEEE/ACM.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas captam imagens extremamente raras de um peixe a devorar um tubarão inteiro

https://vimeo.com/374136378 Os tubarões são dos animais mais temidos nos oceanos, mas naquela que é uma verdadeira troca de papéis, um tubarão foi devorado por completo por um peixe das profundezas do mar. Um vídeo publicado pela US …

Há uma nova maneira de medir a gravidade da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova forma única de medir a gravidade da Terra. O método anterior envolvia medir a influência da gravidade nos átomos, rastreando a rapidez com que os átomos caíam. O problema …

Detetado pela primeira vez vapor de água na Europa, a lua de Júpiter

Uma equipa internacional de cientistas confirmou a presença de vapor de água na superfície de Europa, um dos quatro satélites naturais de Júpiter, revelou a agência espacial norte-americana (NASA). "Os elementos químicos essenciais (carbono, hidrogénio, …

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …