Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica.

Ao contrário dos computadores convencionais, o processamento na computação quântica é barulhento e produz taxas de erro dramaticamente mais altas. É por esse motivo que as operações quânticas são repetidas milhares de vezes para fazer com que a resposta correta se destaque estatisticamente de todas as erradas.

Mas executar a mesma operação repetidamente no mesmo conjunto de qubit pode gerar as mesmas respostas incorretas que podem parecer estatisticamente a resposta correta. A solução, de acordo com investigadores do Instituto de Tecnologia da Geórgia, é repetir a operação em conjuntos de qubit diferentes que possuem assinaturas de erro diferentes – e, assim, não produzirão os mesmos erros

“A ideia é gerar uma diversidade de erros“, explicou Moinuddin Qureshi, professor da Escola de Engenharia Elétrica e de Computação da Georgia Tech. “Diferentes qubits tendem a ter assinaturas de erro diferentes. Quando combinamos os resultados de diversos conjuntos, a resposta certa aparece, embora cada um deles individualmente não tenha recebido a resposta certa.”

Swamit Tannu, outro investigador que participou na descoberta, compara esta técnica, conhecida como Conjunto de Mapeamentos Diversos (EDM), ao concurso televisivo Quem Quer Ser Milionário. Nesse programa, os participantes que não tiverem a certeza da resposta a uma pergunta de escolha múltipla, podem pedir ajuda ao público.

“Não é necessário que a maioria das pessoas da plateia saiba a resposta certa”, disse Qureshi. “Se até 20% a souberem, quem estiver a jogar poderá identificá-la.”

De acordo com o Phys.org, o EDM melhora a qualidade da inferência em 2,3 vezes em comparação com os algoritmos de mapeamento de ponta. Ao combinar as distribuições de probabilidade de saída do conjunto diverso, o EDM amplifica a resposta correta, suprimindo as respostas erradas.

A técnica de EDM é contra-intuitiva. Os qubits podem ser classificados de acordo com a sua taxa de erro em vários tipos de problemas, e o curso de ação mais lógico pode ser usar o conjunto mais preciso. Mas mesmo os melhores qubits produzem erros, e esses erros provavelmente serão os mesmos, mesmo que a operação seja feita milhares de vezes.

A escolha de qubits com diferentes taxas de erro – e, portanto, diferentes tipos de erro – protege contra este problema, garantindo que a resposta correta fica da diversidade de erros.

“O objetivo da investigação é criar várias versões do programa. Cada uma pode cometer um erro, mas de certeza que não cometerão erros idênticos”, explicou Tannu. Por sua vez, Qureshi compara a técnica EDM às técnicas de formação de equipas promovidas por consultores de recursos humanos.

O esquema de mitigação de erros quânticos foi apresentado esta segunda-feira no 52º Simpósio Internacional de Microarquitetura do IEEE/ACM.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …